Os detalhes do Chevrolet Tracker 2014


A Chevrolet iniciou as vendas do novo Tracker, apresentado na semana passada (veja detalhes do modelo neste link). As fotos da matéria partiram de dois locais: São Paulo (SP), contribuição de Rafael Susae, e Teresina (PI), coincidindo a cor Vermelho Sonoma das unidades. Os preços variam de acordo com a região, mas estão acima da tabela: a versão LTZ1, tabelada em R$ 71 990, é cotada em R$ 75 000. Vale lembrar que o Captiva foi reposicionado com o lançamento do Tracker: a versão 3.6 V6 deixou de ser importada por conta das limitadas cotas de importação via México, restando apenas o 2.4 Ecotec, agora oferecido por R$ 98 990, para evitar canibalismos entre os dois modelos.


Com design que sugere robustez (frente alta, vincos laterais elevados, ampla régua cromada na traseira, rodas aro 18'' similares ao esportivo Camaro e plásticos na parte inferior sem pintura), o Tracker não chega a ser um off-road (especialmente pela falta de tração nas quatro rodas, disponível nos concorrentes EcoSport e Duster), mas aposta na grande lista de equipamentos para os consumidores que irão se aventurar apenas pela cidade.



Seu painel é exclusivo, mas possui elementos em comum com o Sonic (do qual deriva): volante com comandos de som e controlador de velocidade, saídas de ar circulares com cinco raios, comandos do ar-condicionado e o sistema MyLink (com Bluetooth, entradas USB/Auxiliar, rádio MP3/WMA, com GPS e compatibilidade com aplicativos via App Store [iOS] e Google Play [Android]), que vem de série. O Tracker traz ainda direção hidráulica, ar-condicionado  manual, travas, vidros e retrovisores elétricos, chave tipo canivete com controle remoto, bancos em couro sintético (com ajuste lombar elétrico para o motorista), porta-luvas duplo, redes porta-objetos no verso dos bancos da frente, coluna de direção com regulagem em altura e profundidade, descansa-braço traseiro com dois porta-copos, porta-óculos para motorista, sistema ISOFIX de ancoragem de cadeirinhas infantis, maçanetas cromadas, apoio de braço na frente, câmera de ré, faróis de neblina, airbags frontais e freios ABS com EBD (distribuição eletrônica da força de frenagem) e computador de bordo com quatro funções (velocidade média, consumo médio, autonomia e hora) de fábrica. O teto solar elétrico, opcional, ocupa bastante espaço para a cabeça. Faltam controles de tração e estabilidade, presente em modelos mais baratos e muito bem-vindos num carro onde o centro de gravidade é naturalmente mais alto.



O Tracker mede 4,25 metros de comprimento, 1,78 m de largura, 2,55 metros de entre-eixos e 1,65 metro de altura e oferece porta-malas de 306 litros (735 L com os bancos traseiros rebatidos). Seu rack de teto suporta 75 quilos de bagagem; o tanque de combustível comporta 53 litros e o peso é de 1355 quilos.


A motorização 1.8 16v é a mesma adotada nos Cruze Sedan e Sport6, e gera 140/144 cavalos de potência com gasolina/etanol, respectivamente. O torque desenvolvido é de 17,8 kgfm com gasolina e 18,9 kgfm com etanol, fazendo o Tracker ir de 0 a 100 km/h em 11,5 segundos com etanol, alcançando a velocidade máxima de 189 km/h. A transmissão automática de seis marchas (à direita) é utilizada no Sonic, Cruze, Spin, Onix, Prisma e Cobalt.


Além da cor vermelha, há ainda as opções Branco Summit (acrescenta R$ 300 ao valor final), Preto Carbon Flash, Prata Switchblade e Cinza Cyber (por R$ 1200 adicionais). O pacote LTZ2, opcional, agrega airbags laterais e de cortina, além de teto solar, por R$ 3500, fazendo o Tracker chegar ao preço de R$ 77 290, incluindo valor de frete.

Mais imagens do Chevrolet Tracker 2014





Fotos | Júlio Max e Rafael Susae 

Comentários

  1. O objetivo desse vídeo é auxiliar na escolha de quem está pensando em comprar esse carro. A maioria dos vídeos sobre o Chevrolet Tracker 2014 na internet são feitos por sites especializados que não traduzem bem a visão que o usuário acaba tendo do carro. Aqui eu saliento os pontos positivos do veículo. Os próximos vídeos virão tratando do desempenho dele na estrada, na terra, e detalhes do mylink. Obrigado.
    http://www.youtube.com/watch?v=aknfywPTyRA&feature=youtu.be

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por compartilhar o vídeo, Bruno! De fato, alguns detalhes só se tornam perceptíveis com a convivência diária. Boa sorte com o Tracker!

      Excluir
  2. Faltou a opção com tração 4x4!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).