Nissan March e Versa 2019 estreiam novidades na central multimídia

Última homenagem da série Les Légendes de Bugatti


A Bugatti prestou tributo a diversas personalidades que fizeram parte de sua história: Jean-Pierre Wimille, Jean Bugatti, Meo Constantini e Rembrandt Bugatti. Até o modelo Black Bess foi homenageado pela marca. Agora, a série "Les Légendes de Bugatti" chega ao fim, honrando ninguém menos que o patrono e fundador da montadora, Ettore Bugatti. O Veyron Ettore Bugatti estará na edição 2014 da Monterey Car Week - mesmo local onde o primeiro Veyron da série (Jean-Pierre Wimille) foi apresentado. Como os outros desta linhagem, a base é a versão Vitesse (com capota rígida removível) - o superesportivo conversível mais rápido do mundo, com velocidade máxima de 408,84 km/h. Com 1200 cavalos, o tempo de aceleração de 0 a 100 km/h é de 2,6 segundos. 


Ettore Arco Isidoro Bugatti nasceu em 1881, em Milão (Itália). Aos 17 anos construiu seu primeiro triciclo motorizado, e logo depois o primeiro automóvel, tornando-se reconhecido em sua região. Os Bugatti sagraram-se campeões nas pistas, como nas 24 Horas de Le Mans, e surgiram modelos de alto luxo, como o Type 41 royale (à direita). Ettore morreu em 1947, vítima da pneumonia.

Apenas três unidades do Veyron Ettore Bugatti serão produzidas.


Comentários