Chevrolet Cobalt 2018 ganha fixação ISOFIX, lanterna de neblina e nova cor


Está chegando às concessionárias Chevrolet a linha 2018 do Cobalt, que traz discretas novidades. As versões LTZ e Elite passam a trazer de série a luz de neblina na base central do para-choque traseiro as fixações ISOFIX e Top-Tether para cadeirinhas infantis. A cadeirinha é encaixada diretamente em engates soldados à carroceria, posicionados na base dos assentos laterais traseiros. Isto reduz o risco de má instalação da cadeirinha e agiliza a fixação em relação ao método convencional, que utiliza o cinto de segurança do veículo para a amarração. Já o Top Tether funciona como ponto adicional de ancoragem, na tampa que cobre o porta-malas.


A linha 2018 do Cobalt ganha também uma opção de cor metálica para a carroceria, o Cinza Satin Steel, que se junta aos tons Branco Summit, Prata Switchblade, Marrom Mogno Brown, Cinza Graphite, Azul Blue Eyes e Preto Ouro Negro. De forma análoga a Onix, Prisma e S10, o Cobalt passa a trazer o logotipo com seu nome à esquerda na tampa traseira, e o nome da versão à direita (no caso do modelo Elite, nas portas dianteiras).


Desde a versão LTZ, são itens de série: direção elétrica progressiva; ar-condicionado; travas, vidros e retrovisores elétricos; chave tipo canivete com botões de abertura/fechamento de portas e vidros, e também da tampa do porta-malas; velocímetro digital, alerta de baixa pressão dos pneus e de troca de marcha (para o modelo manual de 6 marchas); freios ABS com EBD (distribuição eletrônica de frenagem), airbags frontais, sensor de estacionamento traseiro com gráficos; faróis de neblina; computador de bordo; volante com controle das funções do rádio, telefone e do controlador da velocidade de cruzeiro; bancos e volante revestidos parcialmente em couro; banco do motorista e volante com regulagem de altura; além de rodas de alumínio de 15 polegadas.


Já a versão Elite conta ainda com câmera de ré, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, rodas de liga leve de 16 polegadas e encosto do banco traseiro bipartido.

As duas versões trazem a central multimídia MyLink compatível com Android Auto e Apple CarPlay e o sistema de telemática OnStar, com serviços como o de recuperação veicular em caso de roubo, concierge, resposta automática em caso de acidente, navegação por setas e aplicativo para smartphone com dispositivo de diagnóstico remoto.


Com entre-eixos de 2,62 metros e porta-malas de 563 litros, um dos grandes destaques do Cobalt é justamente o espaço interno. Já o motor é o 1.8 Flex de 8 válvulas com a chancela Eco, que passou por modificações em 2016 para render 111 cavalos e 17,7 kgfm de torque, aliado ao câmbio manual ou automático com conversor de torque, ambos de 6 marchas. O modelo manual acelera de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos e atinge 170 km/h. Em termos de consumo, o modelo obtém, na cidade, as médias de 8,3 km/l com etanol e 12,1 km/l com gasolina. Já na estrada, o modelo alcança 10,4 km/l com etanol e 15,1 km/l com gasolina, segundo o Inmetro.

Comentários