Chevrolet S10 ganha motor 2.5 ECOTEC Flex


Após pouco mais de dois anos de mercado, a Chevrolet S10 Flex abandona nas versões LT e LTZ o antigo 2.4 (oriundo de sua geração anterior) e adota o 2.5 ECOTEC de quatro cilindros e comando de válvulas continuamente variável, que rende 206 cavalos e 27,3 kgfm de torque com etanol. Na tampa da caçamba é aplicada a sigla SIDI (que significa Spark Ignition Direct Injection). Outra novidade é a recalibração das suspensões, para deixar este conjunto mais rígido, e a direção, mais direta.


As versões LT e LTZ da S10 Flex recebem câmbio manual com seis marchas - a última é a ideal para a redução do consumo de combustível e os níveis de ruído e vibração nas estradas. Além disso, a tração 4x4, disponível até então só na S10 a diesel, também passa a estar disponível para a versão Flex, garantindo mais estabilidade em pisos de pouca aderência ou acidentados ou rebocar cargas com mais facilidade, sendo acionada por um seletor no console central.


Na linha 2015, a S10 recebe melhor isolamento acústico da cabine, e na versão LTZ, painel com nova textura, moldura central do painel, das portas e do volante na cor preto brilhante, descansa-braço em couro na cor cinza, Assistente de Partida em Rampas (Hill Start Assist) e Assistente de Descida (Hill Descend Control), além dos controles eletrônicos de tração e de estabilidade (TC e ECS) e controle de balanço de reboque (TSC): caso seja detectado alteração de sua trajetória, os freios são automaticamente acionados e o torque do motor é reduzido.

A S10 2.4 LS continua em linha, vindo com ar-condicionado, computador de bordo, freios ABS, airbag duplo, e sendo a versão mais em conta: R$ 78 200. A S10 LT 2.5 4x2 parte de R$ 86 400 e possui  travas e vidros elétricos, piloto automático, sistema multimídia MyLink, regulagem da altura do volante e rodas de liga leve aro 16'', enquanto a LTZ, também com tração traseira, sai por R$ 97 700 e traz faróis com projetores, luzes traseiras de LEDs, rodas aro 17'', sensor traseiro de estacionamento, GPS, bancos de couro, comandos de som no volante, rack de teto, além dos itens acima. Ao se adicionar tração nas quatro rodas, a versão LT passa a custar R$ 92 400, e a LTZ, R$ 103 700 (modelo das imagens).


As versões LT e LTZ com motor 2.8 Turbodiesel e tração 4x2 saem por R$ 111 500 e R$ 131 000, respectivamente. Com tração 4x4, os preços sobem para R$ 121 800 e R$ 142 400.


Comentários

  1. Srs. Estou querendo comprar uma S10 2015 mas tenho tido muita dificuldade em identificar a cor que quero, pois, no site da Chevrolet, as cores não são reais. Isso dificulta na escolha.
    Gostaria/recomendo uma materia sobre a S10, com fotos reais dos carros, na luz natural. Será possivel?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rodrigo! Por enquanto ainda não tivemos acesso a uma unidade do modelo 2.5 Flex, mas o modelo 2.8 2015 chegou às concessionárias (nesta foto, a cor Carbon Flash: https://2.bp.blogspot.com/-2dTcNcrc7a4/VGVIAiFv5tI/AAAAAAABKMA/EiM4Bil-1wk/s1600/P1160288.JPG)
      Assim que pudermos, faremos uma matéria mais completa sobre a linha 2015 da S10.

      Excluir

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).