Destaques do Auto REALIDADE

quinta-feira, 2 de março de 2017

Novo Ford Fiesta ST conta com motor 1.5 de 200 cavalos


A Ford reservou para o Salão de Genebra (Suíça) o lançamento da nova geração do Fiesta ST, que passa a trazer motor EcoBoost 1.5 de três cilindros e 200 cavalos. Com esta força, o hot-hatch acelera de 0 a 100 km/h em 6,7 segundos. Para melhor desfrutar do carro, estarão disponíveis três modos de condução: Normal, Sport e Track, que intervém na atuação do motor (rendimento e som, através da válvula de controle ativo), direção e controle de estabilidade.



Com lançamento na Europa programado para o início de 2018 (com 2 ou 4 portas), o novo Fiesta ST se destaca pelo visual mais agressivo, marcado pela grade com aberturas hexagonais, rodas de liga leve de 18 polegadas, pinças de freio vermelhas, dupla saída de escape, para-choques mais agressivos e aerofólio traseiro mais protuberante. Por dentro, o modelo conta com bancos Recaro, sistema multimídia SYNC 3 e som de alta definição B&O Play.



Como os demais motores EcoBoost, o 1.5 combina turbocompressor (projetada para evitar o efeito turbo-lag), injeção de combustível em alta pressão e duplo comando independente e variável de válvulas. A arquitetura de três cilindros favorece a distribuição de mais torque em menores rotações. E se parece pouco, o propulsor conta ainda com desativação de cilindros quando não for necessário, interrompendo a entrada de combustível e a operação das válvulas de um dos cilindros do motor quando a demanda não é necessária. Caso necessário, a reativação do cilindro leva ínfimos 14 milissegundos.



No modo de direção Normal, o mapeamento do motor, o controle de tração, o controle eletrônico de estabilidade, o som do escapamento e a direção elétrica são configurados para uma direção mais tranquila. No modo Sport, o mapeamento do motor e a resposta do acelerador são aprimorados e a direção é ajustada para uma tocada mais rápida. A válvula de controle de ruído ativa é aberta para o som do escape falar mais alto, e no modo Track, o motorista experiencia aceleração mais rápida, com o controle de tração desativado e o controle de estabilidade permitindo um deslize maior.



Há ainda o controle de torque vetorial, que reduz a tendência ao subesterço aplicando o freio à roda dianteira interna em curvas. O controle de estabilidade conta com três modos de atuação: intervenção completa, modo de deslizamento amplo com intervenção limitada e desativação total.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).

Curta a página do Auto REALIDADE!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...