Nissan March e Versa 2019 estreiam novidades na central multimídia

Range Rover Velar preenche lacuna entre Evoque e RR Sport

Eis que a Land Rover - que já conta com uma das mais completas linhas de SUVs do mundo - encontrou uma brecha de mercado entre o Evoque e o Range Rover Sport. Teoricamente, o comprador poderia escolher pelo Jaguar F-Pace, uma vez que as montadoras trabalham em conjunto. Porém, o lançamento do Range Rover Velar é a cartada que a montadora de modelos todo-terreno precisava para atrair um público mais novidadeiro, e que não abre mão das capacidades off-road.

 
O Velar traz a carga genética dos outros Range Rover - repare no formato dos faróis (do tipo Full LED), grade, janelas e lanternas, ao melhor estilo "já vi isso em algum lugar..." - mas com formas horizontalizadas e rodas dianteiras bem próximas das extremidades, fatores que lhe renderam um coeficiente aerodinâmico de 0,32 - o melhor já registrado por um Land Rover. Tal qual Evoque e Range Rover Sport, o Velar dispõe de pintura em dois tons e teto panorâmico.



Já o interior tem sua originalidade, a começar ao acesso a ele: as maçanetas, tal qual no F-Type, são embutidas. As telas de alta definição estão presentes no quadro de instrumentos (exceto na versão de entrada), nos comandos do volante, na central multimídia Touch Pro e nos ajustes de ar-condicionado e modos de condução - cada uma das duas telas centrais possui 10 polegadas. A distância entre-eixos de 2,87 metros está mais próxima do Range Rover Sport (2,92 metros) que do Evoque (2,66 m). Os bancos dianteiros possuem 20 opções de ajustes, além de aquecimento, resfriamento e massageadores. Já os assentos traseiros, divididos na proporção 40/20/40, também podem ser aquecíveis e com ajuste elétrico de reclinação.


Como opcional está disponível o ar-condicionado com quatro zonas de temperatura e ionizador. Pela mesma tela seleciona-se o modo de condução do Terrain Response. Nas versões mais completas, o sistema de som Meridian de alta fidelidade conta com 17 ou até 23 alto-falantes.




Comentários