Renault Duster Expression: é melhor do que o EcoSport?


Ele se tornou instantaneamente fácil de se encontrar pelas ruas após o lançamento, em outubro de 2011. E chegou desbancando o líder do segmento de aventureiros urbanos. Eis o Renault Duster, modelo derivado de Logan e Sandero e que tem como principais atributos o design parrudo e o ótimo custo-benefício.

 

Apresentado como Dacia Duster em 2010, o modelo teve algumas alterações (na grade do radiador e no interior), mas manteve seu estilo com muitas linhas retas, onde é perceptível alguns elementos semelhantes ao Sandero (maçanetas, retrovisores e desenho das portas). Particularmente achei o Duster feio (em rodas de conversa, sempre o comparo a um Jeep Cherokee batido), mas é um avanço em relação ao EcoSport, que não consegue mais esconder que foi lançado em 2003.


O interior da versão avaliada (1.6 16V Expression) chama a atenção não pelo acabamento, longe de ser requintado, mas pelo espaço interno: acomoda cinco adultos altos. Este Duster conta com airbags duplos, direção hidráulica, vidros elétricos nas quatro portas, porta-trecos acima do airbag do passageiro, ar-condicionado e assento do motorista com regulagem de altura. Mas as rodas eram de aço e não havia sistema de som – ao menos há espaço para aparelhos Double-DIN.


Curiosamente, o porta-malas varia de tamanho de acordo com o tipo de tração. Os Duster 1.6 e 2.0 4x2 possuem assoalho rebaixado em relação ao 4WD, e levam 475 litros de bagagens. 


Já a versão com tração nas quatro rodas leva 400 – ainda assim uma boa capacidade, especialmente em relação aos 296 litros do EcoSport. Outra vantagem sobre o Ford é a posição do estepe. Tudo bem, ela fica sob o carro, mas é um local melhor do que na tampa traseira – não atrapalha a visão, está menos exposto a danos e roubos e evita amassar o carro de trás. E a tampa do porta-malas abre para cima, livre do peso adicional e dos ruídos oriundos do estepe.


O motor 1.6 16V equipa outros modelos das marcas Renault e Nissan, como Sandero, March, Symbol, Livina e Logan. No Duster, que pesa 1258 quilos, os 110/115 cavalos e 15,1/15,5 mkgf (com gasolina/etanol, respectivamente) são suficientes. O capô é sustentado por amortecedores, livrando o ato desconfortável de segurar a vareta (hábito que ainda é exigido em modelos mais caros).


Os preços estão competitivos. Por R$ 51 800 dá para levar um (abaixo) – com para-choques pretos e rodas de ferro; ar, direção, vidros e travas elétricas, mas sem airbags. 


O Expression avaliado sai por R$ 54 100, com airbag duplo e para-choques parcialmente pintados. ABS, só na versão Dynamique 1.6, por R$ 58 100 (ou R$ 61 800 com motor 2.0, R$ 65 800 com câmbio automático e R$ 66 100 com tração 4x4 e câmbio manual).

Veredicto: o público que até então era atraído pelo EcoSport pode optar seguramente pelo Duster: é um carro mais robusto, mais espaçoso e com mais vantagens que o Ford, que se ressente por ter uma carroceria menor. É verdade que hoje é possível levar o Eco com grandes descontos, mas a dica é que eles sejam de 15% a 20% do valor do carro para compensar a desvalorização acentuada que ele terá quando chegar a nova geração, em meados de 2012. Há outras opções de aventureiros leves no mercado – CrossFox, AirCross, Palio Adventure, e o próprio Sandero Stepway – nenhum com carroceria exclusiva. Mas se você se entusiasmou com o Duster, saiba que a Renault poderá dar descontos quando chegar a nova geração do EcoSport.

Nota Final
8,8



Comentários

  1. Consumidores brasileiros, aprendam: NÃO EXISTE CARRO PERFEITO NO MERCADO, EXISTE UM CARRO QUE SERÁ PERFEITO PARA VOCÊ.

    Eu comprei um Duster e estou muito feliz, foi um expression! Não sinto necessidade de 4×4 onde mooro, é robusto e por onde passo os carros menores dão lado pra passagem dele… imponente, sem dúvida. APROVADO!

    RECOMENDO A TODOS, UM SUPER CARRO!

    ResponderExcluir
  2. GOSTARIA DE COMPRAR UM DUSTER. ESTOU NA DÚVIDA DO DESEMPENHO DO 1.6. O SEU É 1.6 OU 2.O. AGUARDO RESPOSTA. prclebioxavier@oi.com.br

    ResponderExcluir
  3. GOSTARIA DE COMPRAR UM DUSTER. ESTOU NA DÚVIDA DO DESEMPENHO DO 1.6. O SEU É 1.6 OU 2.O. AGUARDO RESPOSTA. prclebioxavier@oi.com.br

    ResponderExcluir
  4. Caro Clébio.
    Tenho um Duster 4x4, naturalmente 2.0.
    O consumo do 2.0 é maior, mas compensa pela força.
    O 1.6 é mais econômico, mas em ultrapassagens e em subidas vai perder folego.

    ResponderExcluir
  5. Tenho um Duster Expression 1.6, o desempenho é compatível com o carro, não deixa a desejar não. Carregada com 4 passageiros e algumas bagagens de final de semana anda muito bem inclusive com o ar condicionado ligado. Eu tinha uma Ecosport XLS 2007, tb andava bem, mas ela consumia muito com o mesmo peso e perdia força com o ar ligado.
    Eu recomendo. Entendam bem meu comentário, compatível com o custo/benefício.

    ResponderExcluir
  6. Alguém pode me dizer qual o consumo cidade/estrada do Duster 2.0 automático? E com câmbio manual?

    ResponderExcluir
  7. Comprei um recentemente e fiz a primeira viagem longa 1200 km direto, com 250 kg totais. Tenho pe pesado, a consumo por tanque ficou em 8,9 km/l, com trechos de terra de 150 km. Não cansa a direção, porem e muito leve em altas velocidades toma da mão. Lama, água e areia aguentou todos os terrenos, nada muito agressivo. Duster 1.6 dinamique. Recomendo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).