Hyundai lança Creta e apresenta versões conceituais da linha HB20



O estande da Hyundai HMB na 29ª edição do Salão do Automóvel de São Paulo traz como principal novidade a versão brasileira do Creta, mas também apresenta três versões-conceito da linha HB20, o híbrido IONIQ e a picape-conceito Creta STC.


O Creta tem detalhes de design exclusivos para o Brasil, como o formato da grade e sua moldura, que encostam nos faróis. Produzido em Piracicaba (SP) e com vendas a partir de 2017, o Hyundai Creta brasileiro conta com as opções motor 1.6 de 130 cavalos ou 2.0 de 166 cavalos.


O HB20 D spec Concept, derivado do modelo de produção R spec, traz pintura fosca na cor dourada em contraste com itens pintados de preto-brilhante, como antena tipo barbatana, aerofólio traseiro, emblemas e contorno da grade dianteira. Outros detalhes diferenciados são: ponteira de escapamento cromada, pinças de freio pintadas de dourado e rodas de liga leve pretas de 17 polegadas.


Já o HB20X JBL Concept se destaca por detalhes como a pintura fosca na cor grafite com detalhes contrastantes em laranja, bancos de tecido em preto e azul, além do forro de teto na cor preta. Como não poderia deixar de ser, o modelo carrega um sistema de som da JBL, com alto-falantes de alta fidelidade e processador de áudio digital.


E o HB20S Limited Concept traz detalhes mais sofisticados, como a cor branca perolizada, rodas de liga leve de 17 polegadas diamantadas, faróis com projetor e luz de posição de LED, além de bancos de couro e painel central e das portas na cor marfim. Durante o Salão, a Hyundai vai acompanhar a resposta do público frente aos três modelos-conceito. Nenhum deles tem previsão de ser produzido em série, mas servem para indicar preferências do consumidor e guiar futuras introduções e até mesmo séries especiais do HB20 no mercado.




Lançado no exterior no início de 2016, o Hyundai IONIQ conta com três opções de propulsão – híbrida, híbrida plug-in e elétrica. O modelo exposto no Salão do Automóvel é o híbrido, equipado com motor 1.6 Kappa GDI a gasolina, com quatro cilindros, 105 cavalos, 15,0 kgfm de torque e injeção direta de combustível, que opera em conjunto com um motor elétrico de 32 kw (o equivalente a 43 cv) e 17,3 kgfm de torque, alimentado por uma bateria de íons de lítio com capacidade de 1,56 kWh. Juntos, os dois propulsores totalizam uma potência combinada de 141 cv e 27,0 kgfm de torque, atingindo a velocidade máxima de 185 km/h e com emissões de CO² abaixo de 79 g/km.




A surpresa ficou por conta do Hyundai Creta STC (Sport Truck Concept), desenvolvido em conjunto pelas engenharias da Coreia do Sul e do Brasil. O modelo não será comercializado, mas o objetivo observar a reação do consumidor brasileiro diante do visual e da possibilidade de a Hyundai entrar, futuramente, no segmento de picapes.


Comentários