Destaques do Auto REALIDADE

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Jeep Renegade 2017 ganha motor 1.8 aprimorado e mais equipamentos


Apresentado pela primeira vez aos brasileiros há exatos 2 anos, durante a edição 2014 do Salão de São Paulo, o Jeep Renegade passa pela primeira mexida significativa em sua linha 2017. O utilitário fabricado em Goiana (Pernambuco), que soma 85 mil unidades emplacadas no País, passa a trazer o motor 1.8 EtorQ Evo Flex com coletor de admissão variável (idêntico ao do Fiat Toro), partida a frio sem reservatório auxiliar, sistema Stop&Start (desligamento do motor em paradas de trânsito para economizar combustível), monitoramento indireto da pressão dos pneus (iTPMS), indicador de troca de marchas no quadro de instrumentos, pneus superverdes, alternador com reaproveitamento de energia cinética, nova bomba de combustível e óleos de baixo atrito para motor e câmbio.


Com isso, o Jeep Renegade 1.8 Flex ficou 5% mais potente (passando a 139 cavalos a 5750 rpm com etanol, 7 cv a mais), e o torque subiu para 19,3 kgfm a 3750 rpm - além disso, esta força é entregue de forma mais linear. Os índices de consumo de combustível e de emissões estão até 10% menores, dependendo da versão.


Antes uma série especial, o Renegade Limited passa a ser versão de produção, trazendo agora pintura prata na grade dianteira, capas dos retrovisores externos e barras de teto (antes, estes elementos estavam disponíveis apenas em outros países). O teto é sempre pintado de preto, e as rodas de 18 polegadas passam a ser totalmente prateadas, ao invés de ter elementos pretos. 


Entre os equipamentos de série a mais que a versão Longitude 1.8, o Limited traz bancos de couro, chave presencial com botão de partida, tela colorida de 7 polegadas do computador de bordo, faróis de xenônio, acendimento automático dos faróis, sensor de chuva, rebatimento elétrico dos retrovisores e espelho interno eletrocrômico


O Renegade Sport 2017 ganha porta-óculos, barras longitudinais de teto, banco do passageiro rebatível e com porta-objetos sob o assento, além, na versão 2.0 Turbodiesel, da central multimídia Uconnect, com tela touchscreen de 5 polegadas, GPS, entradas USB/auxiliar e câmera de ré.


O Longitude ganha porta-óculos e, na versão com motor Turbodiesel, bancos de couro.


E o Trailhawk 2017 passa a contar com airbags laterais dianteiros, de cortina e para os joelhos do motorista, faróis de xenônio, chave presencial com botão de partida, bancos de couro e rebatimento elétrico dos retrovisores. Confira a tabela de preços:
  • 1.8 Flex manual: R$ 72 990
  • Sport 1.8 Flex manual: R$ 79 490
  • Sport 1.8 Flex automático: R$ 85 990
  • Longitude 1.8 Flex automático: R$ 90 990
  • Longitude 1.8 Flex automático com teto panorâmico: R$ 97 790
  • Limited 1.8 Flex automático: R$ 97 990
  • Limited 1.8 Flex automático com teto panorâmico: R$ 104 790
  • Sport 2.0 Diesel automático 4x4: R$ 115 990
  • Longitude 2.0 Diesel automático 4x4: R$ 123 490
  • Trailhawk 2.0 Diesel automático 4x4: R$ 136 990


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).

Curta a página do Auto REALIDADE!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...