Detalhes do Renault Captur 1.6 Life automático, para o público PCD

BMW M4 CS: esportivo de 460 cv chega ao Brasil custando R$ 663 950



O BMW M4 CS desembarca neste mês de fevereiro no Brasil. A versão esportiva traz motor 3.0 de seis cilindros em linha, de 24 válvulas, 460 cavalos e 61,2 kgfm de torque. O mais forte dos Série 4 homologado para rodar nas ruas chega como edição limitada a apenas seis unidades, cada uma delas com preço sugerido de R$ 663 950.



Produzido na fábrica da BMW de Munique, na Alemanha, o M4 CS preenche o espaço entre o BMW M4 Coupé e o M4 GTS, este último desenvolvido para o uso em circuitos fechados. Neste CS, são 29 cavalos a mais que o motor do BMW M4 convencional, o que o faz acelerar de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos. A velocidade máxima pode chegar a 280 km/h (limitada eletronicamente) com o pacote M Driver. Com dois turbocompressores mono-scroll, injeção direta de gasolina, controle variável nas válvulas Valvetronic e controle variável do comando de válvulas Duplo-Vanos, o M4 CS tem câmbio automatizado de dupla embreagem M DKG, de sete marchas e sistema Drivelogic. Banhada em óleo, a transmissão tem modo sequencial, acionado por haste atrás do volante. 


A suspensão Adaptative M do M4 CS tem componentes feitos de alumínio forjado nos eixos dianteiro e traseiro, e sua geometria foi ajustada para oferecer melhor desempenho em curvas. No circuito de Nürburgring Nordschleife, completou uma volta em 7 minutos e 38 segundos.



O M4 CS traz controle de estabilidade dinâmico e diferencial ativo, além de opção de três modos de condução (Comfort, Sport e Sport+). O modo Comfort é adequado às condições normais de rodagem; o Sport garante uma pegada mais esportiva e, para aqueles que preferem pisar fundo em circuitos fechados, o modo Sport+ otimiza a dinâmica do carro.


As rodas de liga leve, de 19 polegadas na frente e 20 polegadas na traseiras, calçam pneus Michelin Pilot Sport Cup 2 semi-slick, homologados para trafegar nas ruas.


O interior do M4 CS traz bancos esportivos revestidos com Alcantara e couro. Há várias iniciativas para aliviar peso: guarnição interna das portas feitas de fibras naturais prensadas, alças de lona no lugar dos puxadores convencionais e tampa do motor e teto feitos de composto de fibra de carbono com plástico reforçado (CFRP).


Mesmo com o alívio de peso, o modelo traz ar-condicionado, sistema de som Hifi Professional com GPS, entre outros itens.


De frente, o CS se destaca pelos faróis de LED, defletor de ar frontal em fibra de carbono e grandes entradas de ar. O aerofólio montado sobre a tampa do porta-malas também usa o material mais leve e resistente. As trazem LEDs orgânicos, usados apenas nos modelos CS e GTS.


Comentários