Destaques do Show Cars Elite 2019: o Honda Civic EG 1993 do Cláudio!


A quinta geração do Honda Civic foi a primeira da linhagem do modelo a ser importada para o Brasil, a partir de julho de 1992. Esta geração chegou com um estilo bem mais aerodinâmico e com dimensões maiores que o modelo anterior, favorecendo o espaço para os passageiros. No ano de 1994, o Civic já era um dos importados mais vendidos do Brasil e perdia só para o Fiat Tipo, que na época fazia muito sucesso. Inclusive, já naquela época a versão completa do Civic Sedan, a EX, vinha de fábrica com câmbio automático, o que ajudou a consolidar essa preferência nacional que só aumentou até os dias de hoje.


Mas nesta matéria não estamos aqui pra falar do sedã, e sim do irmão mais rebelde dele, que é este Hatch EG, ano-modelo 1993, da versão LSi, que era uma opção já com visual esportivo, com para-choque dianteiro com três aberturas e aerofólio traseiro - tanto é que muitas pessoas confundem com o modelo mais forte VTi. 


Este exemplar, que foi recentemente reformado pela RedSun Motors, recebeu a pintura sólida Azul Portofino - tom oferecido para o Fiat Argo HGT. O visual externo segue uma linha clean, apenas com o emblema da Honda na tampa traseira. As rodas de liga leve de 15 polegadas são do Civic 2004 - 2006, pintadas de preto. Na traseira, chama a atenção a enorme ponteira de escape.


Por dentro, esta geração trazia um painel de formas fluidas, com material macio ao toque (também presente na parte superior das portas), e com instrumentos de leitura fácil. Esse exemplar recebeu o volante do Civic de oitava geração, com símbolo central com fundo vermelho. Um charme especial são os bancos, com fixação dos apoios de cabeça em pilares laterais.


É interessante conferir que este exemplar possui teto solar elétrico, direção hidráulica, ar-condicionado, vidros e retrovisores elétricos, entre outros mimos. Outra modificação interessante foi na manopla de câmbio, com os engates bem precisos.


Mais ou menos na época em que o Civic começou a ser importado para o Brasil, a banda The Shamen lançou a música LSI, que representava as iniciais de Love Sex Intelligence. Mas aqui, a sigla dessa versão significa Luxury Sports injection. O motor é o 1.5 "D23", que por ter 16 válvulas, se aproximava do rendimento de motores de maior cilindrada na época.


Este exemplar do Civic Hatch fez uma de suas primeiras aparições públicas durante o evento organizado pelo Show Cars Elite para recepcionar o jornalista e youtuber Márcio Murta em Teresina - Piauí, em agosto. Naquela ocasião, o carro ainda estava sem banco traseiro e cobertura do porta-malas, e os bancos dianteiros eram provisórios. Há cerca de um mês, ele passou para as mãos do Cláudio Bastos, que está dando seus toques no EG - dois dias depois destas fotos, o carro recebeu a instalação de um rádio. Mesmo entre os diversos carros da RedSun Motors, o Civic do Cláudio chamou bastante atenção dentro (e fora!) da quinta edição do Show Cars Elite, realizada este ano no Atlantic City.


Pude dar umas voltas neste EG no estacionamento do shopping center onde foi feita esta sessão de fotos. Apesar de se tratar de um carro de 26 aninhos, a dirigibilidade lembra muito a dos carros atuais, com precisão admirável de direção, transmissão e freios. E o ronco quando o motor está em alta rotação arranca sorrisos largos de qualquer apaixonado por carros!

Confira abaixo mais fotos do Honda Civic EG 1993 do Cláudio!



Comentários