Os detalhes da Chevrolet Spin LTZ 2019 com câmbio automático

Primeiro Honda Civic nacional, de 1997, será exposto no MIAU


A partir desta quarta-feira (13), o Honda Civic de chassi número 1, primeiro modelo produzido no Brasil em 1997 na versão LX automática, estará em exibição para o público no MIAU (Museu da Imprensa Automotiva), localizado em São Paulo. A mostra, que ocorrerá entre os dias 13 e 17 de dezembro, é parte da comemoração dos 20 anos de produção nacional do sedan médio.



Neste período, mais de 630 mil Honda Civic produzidos no Brasil foram comercializados, em cinco gerações (além de algumas reestilizações), além de cerca de 20 mil unidades importadas, incluindo modelos hatch e cupê, de meados dos anos 1990.

6ª geração - 1997


O primeiro modelo do Civic fabricado no Brasil foi um carro moderno para sua época e estava disponível nas versões LXB, LX e EX (manuais), além das automáticas LX e EX. O Civic 1997 trazia suspensão independente, barras de proteção contra impactos laterais nas portas, motor com bloco e cabeçote em alumínio, e, de série, direção hidráulica com regulagem de altura, vidros elétricos nas 4 portas e abertura interna do porta-malas e da tampa do tanque do combustível.


Nas versões mais completas, o Civic oferecia freios ABS e airbag duplo, além de controlador de velocidade de cruzeiro e câmbio automático. Em 1999 o modelo recebia um leve facelift, com estilo mais horizontalizado (fotos abaixo), além de mais equipamentos.


7ª geração - 2000


Em dezembro de 2000 é lançada a sétima geração do Civic no Brasil, praticamente simultaneamente com os Estados Unidos e o Japão, já como modelo 2001, com a mesma gama de versões: LXB, LX e EX manual, além dos LX e EX automáticos. A nova geração do modelo incorporava assoalho plano para os ocupantes traseiros e um design modernizado, ganhando também em espaço para passageiros e bagagem. O motor passava a ser 1.7, de quatro cilindros em linha, com 115 ou 130 cavalos, dependendo da versão. Os airbags frontais passaram a ser de série a partir da versão LX. O Civic fechou o ano de 2001 como líder de vendas no segmento, com 21.402 unidades comercializadas naquele ano.


Em agosto de 2003, a Honda comemorava a produção do Civic nacional de número 100.000, e no final daquele ano, o sedan passava por uma atualização de design, com faróis mais repuxados, assemelhados ao Accord.

8ª geração - 2006


Em abril de 2006 a Honda apresentava em nosso mercado o New Civic. Com design futurista para a época, causou sensação com o velocímetro digital no alto do painel, separado do conta-giros. Em março de 2007, a Honda apresentava o carro mais potente produzido em série no Brasil para a época: o Civic Si, com motor 2.0 i-VTEC de 192 cv, câmbio manual de seis marchas, diferencial de deslizamento limitado e suspensões, freios e rodas e pneus esportivos.

Internamente, o Si incorporava instrumentos com iluminação vermelha e shift light integrado, além dos bancos esportivos com costura vermelha. Em seu primeiro ano de vendas no Brasil, o modelo teve 1935 unidades comercializadas.


Em setembro de 2008, a Honda alcançava o marco de 300 mil unidades fabricadas no Brasil. No início de 2009, o New Civic passava por sua primeira leve atualização visual, enquanto a versão EXS passava a adotar os controles de tração e estabilidade, já presentes no Si desde seu lançamento.

9ª geração - 2011


A nona geração do Civic chegou no fim de 2011 trazendo novos equipamentos, mais espaço interno e um design novo, mas assemelhado ao modelo anterior. O porta-malas cresceu, resolvendo um dos alvos de críticas da geração anterior. Comercializado em três versões (LXS, LXL e EXS), o Civic desta geração introduziu a central multimídia i-Mid, com tela de 5 polegadas, com conexões Bluetooth e USB, direção elétrica, controles de estabilidade e tração na versão EXS (além de airbags laterais), bem como o botão ECON em todas as versões, que permitia uma condução mais econômica.


O sedã teve o comprimento ampliado para 4,52 metros, enquanto a capacidade de combustível aumentava de 50 para 57 litros da 9ª geração. O esquema de instrumentos posicionados em dois níveis foi mantido. Em 2014, o modelo recebeu a motorização 2.0 i-VTEC FlexOne e alcançou a marca de 500.000 automóveis produzidos no Brasil. Em 2015 o modelo recebeu leves retoques visuais e a introdução do recurso de partida a frio FlexOne para toda a linha.

10ª Geração - 2016


Apresentado ao mercado em agosto de 2016 e com estilo mais ousado, o Civic Geração 10 foi o primeiro modelo da Honda no Brasil a introduzir a motorização 1.5 Turbo aliado ao câmbio automático CVT. Em 2018, o sedan produzido em Sumaré (SP) ganhará a companhia da versão Si Coupé importada, com câmbio manual.


Serviço

MIAU - Museu da Imprensa Automotiva
R. Marcelina, 108, Vila Romana, CEP 05040-010, São Paulo, SP

Exibição do Civic Chassi nº1
Entre os dias 13 e 17 de dezembro

Funcionamento
Quarta a sábado das 11h às 19h (entrada até 18h)
Domingo 11h às 17h (entrada até 16h)

Comentários