Os detalhes da Chevrolet Spin LTZ 2019 com câmbio automático

Toyota Camry chega em nova geração por R$ 189.990


A Toyota anuncia a chegada do novo Camry ao mercado nacional no primeiro trimestre de 2018. Apresentada pela primeira vez durante o último Salão de Detroit, a oitava geração do sedã deixa o visual de "tiozão" em favor de linhas mais modernas e mais modernidade em seu conjunto mecânico e na lista de equipamentos. A nova geração conta com faróis de LED nos fachos baixo, alto e luzes de posição, além de novas opções de cores externas e de acabamento interno, rodas de liga leve de 18 polegadas, motor V6 de 310 cavalos aliado ao câmbio automático de oito marchas e nova plataforma modular TNGA. Os pedidos do modelo já podem ser realizados nas 242 concessionárias da marca.


Veja abaixo os momentos na trajetória do Camry pelo mundo:


Primeira geração (1982-1986): Vendido primeiramente apenas no mercado japonês, em 1982, o Camry foi o primeiro veículo produzido em massa da Toyota a ter o motor montado na posição transversal. No ano seguinte, deu-se início às primeiras exportações do modelo.


Segunda geração (1986-1991): As vendas globais da Toyota obtiveram 20% de aumento no período. O Camry teve parcela fundamental neste resultado.


Terceira geração (1991-1996): Primeira geração a apresentar características variadas de acordo com o mercados, marcada por um sistema semiativo de suspensão com lógica de amortecimento contínuo para condução suave em diversos terrenos. Essa foi a primeira geração do Camry a chegar ao Brasil, em 1992.


Quarta geração (1996-2001): Foi neste período que o Camry se consolidou como o sedã mais vendido de sua categoria em toda a América do Norte.


Quinta geração (2001-2006): O Camry estreou uma nova edição Prestige para mercados asiáticos, além da Austrália e Oriente Médio.


Sexta (2006-2011) e sétima gerações (2011-2017): O sedã é hoje responsável por cerca de 20% das vendas da marca no mundo, com mais de 18 milhões de unidades vendidas até 2015.



O Camry 2018 é o terceiro modelo da Toyota a ser desenvolvido sobre a plataforma TNGA, além do crossover C-HR e do híbrido Prius. Isto permitiu uma aumento em sua rigidez torcional na ordem de 30% em relação ao modelo antigo, além de ganhos em estabilidade, controle direcional e redução de ruídos e vibrações dentro da cabine. O sedã ficou 35 milímetros mais comprido, 15 mm mais largo e com entre-eixos 50 mm maior. O modelo ainda moveu seu centro de gravidade para uma posição mais baixa, ficando 25 mm mais próximo do solo. A altura do banco do motorista foi reduzida em 22 mm e recuada em 49 mm, e o capô, rebaixado em 40 mm.



Internamente, o painel também está em uma posição mais rebaixada, enquanto o console central está cerca de 30 mm mais largo e 40 mm mais alto. O acabamento traz detalhes prateados e cromados, revestimentos de madeira "Tiger Eye Stone" e superfícies com material macio ao toque. O quadro de instrumentos possui iluminação em LED. O sistema de áudio e controles de ar-condicionado ficam integrados, com botões redesenhados. Os bancos da frente foram remodelados e o espaço para ombros está mais largo.



O novo Camry traz o motor 3.5 V6 de 24 válvulas de ciclo Atkinson com o VVT-iW, temporizador de válvula variável para admissão, e VVT-i para o escape, além da injeção direta D-4S, com ângulo dos injetores otimizado, visando aumentar a pressão interna do combustível. Assim, o modelo entrega 310 cavalos e torque de 37,7 kgfm a 4700 rpm. De acordo com o INMETRO, o sedã faz 8,3 km/l na cidade e 11,5 km/l na estrada.



A oitava geração do Camry recebeu ainda o câmbio de oito marchas com novo conversor de torque. Os conjuntos de suspensão dianteiro do tipo MacPherson e traseiro do tipo Double Wishbone receberam adaptações para maior estabilidade e amortecedores recém-desenvolvidos.



A lista de itens de série inclui: sistema multimídia com tela de 8 polegadas, compatível com DVD player, CD-R/RW, MP3, WMA e AAC, rádio, GPS, câmera de ré, Bluetooth, entradas USB/auxiliar e seis alto falantes; volante com controles de áudio, telefone, velocidade de cruzeiro e computador de bordo (agora com tela colorida de 7 polegadas), indicador de condução econômica ECO Driving, chave presencial e botão de partida do motor, ar-condicionado de três zonas com S-Flow (capaz de identificar quais bancos estão ocupados e direcionar o fluxo de ar corretamente)...



...regulagem elétrica de altura e profundidade da coluna de direção, banco do motorista com ajuste elétrico (altura, lombar, distância e reclinação) e banco do passageiro com ajuste elétrico de distância e reclinação do encosto; novo apoio central com superfície aumentada em aproximadamente 20%, equipado com novo painel de controle sensível ao toque para regulagem de ar-condicionado, áudio, reclinação de encosto por meio de regulagem elétrica e acionamento das cortinas elétricas de privacidade traseira (cortinas manuais para os vidros laterais traseiros também estão disponíveis)...



...retrovisor interno anti-ofuscante e espelhos externos eletricamente rebatíveis com luzes de seta em LED e aquecimento; vidro traseiro com desembaçador e temporizador; além de iluminação do porta-luvas e luzes de leitura individuais em LED.


O sedã ganhou freio de estacionamento elétrico, assistência de arranque em subidas e novos faróis de neblina de LED com lâmpadas de direcionamento. O Toyota mantém os controles de tração e estabilidade, além de sete airbags (frontais, laterais, de cortina e para os joelhos do motorista), cintos de segurança de três pontos com retração de emergência, enquanto os traseiros também contam com pré-tensionador e limitador de força, além de aviso luminoso e sonoro no caso da não-utilização dos cintos dianteiros. O modelo também traz dois pontos de ancoragem ISOFIX na traseira, limpador de para-brisa intermitente com sensor de chuva e aviso sonoro para faróis acesos, além de sensores de estacionamento dianteiros e traseiros.


O novo Camry poderá ser encomendado nas opções de cores externas Prata Galáctico, Vermelho Emoção, Marrom Grafite, Preto Atitude, Prata Lumina, Azul Noturno e Branco Lunar. O interior traz como novidade o revestimento na nova cor bege, além da cor preta já existente na geração anterior.


Comentários