Latin NCAP avalia Fiat Toro: picape obtém 4 estrelas para adultos e crianças


A segunda série de resultados do ano 2018 do Latin NCAP foi apresentada com bons resultados para o Fiat Toro, que foi certificado com quatro estrelas para a proteção dos adultos e crianças.





O Fiat Toro, lançada em 2016 e produzida no Brasil, conseguiu quatro estrelas para proteção a adultos (29,40 de 34 pontos possíveis) e quatro estrelas de proteção a crianças (36,90 de 49 pontos possíveis). Nos testes de impacto frontal e lateral, o Toro ofereceu boa proteção para as cabeças dos adultos, com estrutura considerada estável, além de proteção adequada para o tórax no impacto frontal (porém a proteção foi marginal no impacto lateral). O teste foi feiro considerando os equipamentos de série da versão Freedom 1.8 Flex: airbags frontais, controles de tração e estabilidade, cintos de segurança dianteiros com pré-tensionadores, além das ancoragens ISOFIX com fácil instalação das cadeirinhas infantis e da desativação do airbag do passageiro dianteiro caso seja necessário levar uma criança na frente.



O Latin NCAP também avaliou a versão com os airbags opcionais (laterais dianteiros, de cortina e para os joelhos do motorista) do Toro no impacto de poste, comprovando que proporciona a proteção suficiente para obter as cinco estrelas no Latin NCAP, apresentando boa proteção para quase todas as partes do corpo.



Alejandro Furas, Secretário Geral do Latin NCAP, disse:
"É alentador encontrar cada vez mais modelos no mercado como o Toro, que mostra um bom desempenho quanto à segurança de sua versão mais básica de equipamento. A Fiat pode e deve levar esses níveis de desempenho de segurança para todos seus modelos, especialmente para os mais populares. Alentamos a Fiat a aumentar os equipamentos básicos de segurança do Toro, visando atingir as cinco estrelas.


O Latin NCAP demonstrou que a avaliação e a publicação de seus resultados são as ferramentas mais poderosas e eficientes para melhorar a segurança dos veículos no mercado da América Latina e do Caribe antes e além de qualquer regulação governamental regional. O Latin NCAP solicita a todos os governos da América Latina a adotarem urgentemente os padrões de testes de impacto frontal e lateral das Nações Unidas, ESC e proteção de pedestres e permitam, enquanto isso, que os testes do Latin NCAP sejam obrigatórios para todos os carros do mercado. Ao fazer isso, todos os consumidores terão informação clara acerca da segurança proporcionada pelo modelo que planjam comprar”.


Ricardo Morales Rubio, Presidente da Comissão Diretiva do Latin NCAP, comentou:
“O poder do consumidor está se tornando mais forte na região da América Latina e do Caribe, fazendo que os fabricantes de carros reajam e ofereçam modelos de segurança cada vez melhores. A mudança é real, mas ainda há muito mais para fazer. Os consumidores necessitam o compromisso de todos os fabricantes e, também, dos governos para poderem salvar mais vidas na região”.

A próxima série de resultados de testes do Latin NCAP será apresentada no mês de maio.

Comentários