Expedição Nissan Frontier visita as riquezas arqueológicas do Pará

Suzuki Jimny estreia série especial Desert, por R$ 85 990



Prestes a estrear nova geração, o jipe Suzuki Jimny estreia no Brasil a série especial Desert, com elementos visuais e acessórios diferenciados, tais como: bagageiro do tipo cesta no teto, cor Bege Jizan da carroceria (inspirada na areia dos desertos), plásticos da grade e faróis na cor grafite, estribo lateral tubular e pneus Pirelli Scorpion 215/75 MTR, que calçam as rodas de 15 polegadas.



O Jimny ainda teve sua altura em relação ao solo ampliada em 6,8 centímetros, além de trazer protetores para transmissão, caixa de transferência, braços de suspensão, amortecedores traseiros, amortecedor de direção, e o snorkel, que possibilita encarar de forma mais segura terrenos alagados.



O tom grafite também está nas capas dos retrovisores, para-choques, rodas e molduras laterais e dos para-lamas. Já o mapa-mundi aparece nos adesivos aplicados às laterais traseiras, e mostram onde estão os mais desafiadores desertos do mundo.


Internamente, o modelo recebeu bancos com revestimento parcial em couro com costuras em bege, logotipo Desert, texturas que remetem a marcas de pneus e bolsos nas laterais e na parte frontal. A plaqueta “Desert”aparece no porta-objetos aberto acima do porta-luvas. As molduras das saídas de ar e as laterais da parte central do painel também recebem a cor bege jizan. Já o assoalho é revestido em borracha, o que facilita a limpeza.



O modelo vem com sistema multimídia com tela touchscreen de 7 polegadas com espelhamento de conteúdo de celulares Android e Apple, além de estar preparada para receber câmera de ré e TV digital. Já o quadro de instrumentos, recentemente remodelado, passa a trazer uma tela digital monocromática para informações como relógio, hodômetro parcial A e B, hodômetro total, temperatura do fluído de arrefecimento e nível de combustível no tanque.



A tração é selecionada por botões no painel: o 2WD mantém a força nas rodas de trás e é indicada para uso urbano; o 4WD ativa a tração nas quatro rodas e o 4WD-L (reduzida) dobra o torque para encarar melhor terrenos acidentados. Por meio do sincronizador da caixa de transferência é possível realizar mudanças entre os modos 2WD e 4WD em velocidades de até 100 km/h.



O Jimny segue a velha guarda dos jipes, sendo construído sobre chassi e adotando suspensão com eixo rígido na dianteira e traseira. A suspensão tem molas helicoidais na dianteira e Trilink na traseira. Seu raio de giro de 4,9 metros facilita o uso na cidade.



O motor 1.3 DOHC 16 válvulas em alumínio, movido a gasolina, com corrente de comando e comando variável de válvulas, rende 85 cavalos a 6000 rpm e torque de 11,2 kgfm a 4100 rpm, e está aliado ao câmbio manual de cinco marchas. Seu peso é de 1060 quilos.



O Jimny traz airbags frontais, freios ABS, barras de proteção lateral, coluna de direção retrátil, cintos de três pontos e encostos de cabeça ajustáveis para os 4 ocupantes, além de banco traseiro com pontos de fixação ISOFIX e dois ajustes de inclinação do encosto. Os freios a disco na dianteira possuem as pinças em posição mais elevada, evitando o acúmulo de água, terra ou lama. Na traseira, o freio é a tambor com válvula sensível, e a direção, hidráulica progressiva.



O Suzuki Jimny Desert tem garantia de três anos, revisões com preço fixo e valor de R$ 85 990. O utilitário é produzido no Brasil desde 2012, e está disponível também nas versões 4All, 4Sport, 4Work e 4Work Off Road.

Comentários