Os detalhes do Audi A4 com motor 1.8 TFSI


A partir do modelo 2015, o Audi A4 passa a contar com o motor 1.8 no lugar do 2.0, uma medida que visa reduzir o consumo e que deverá ser a última atualização antes da chegada da nova geração, que será provavelmente apresentada no próximo Salão de Frankfurt. Externamente, o sedan manteve intocado seu design, mas pode ser identificado pelo logotipo na tampa traseira. A versão de entrada Attraction, nas imagens, conta com rodas aro 17'' de cinco raios, faróis de bi-xenônio com regulagem automática de altura e limpadores, lanternas com LEDs e saída dupla de escape traseira.



Por dentro, o A4 manteve o layout interno, agora com o acabamento Platinum (com detalhes prateados) e quatro opções de cores dos revestimentos: forro de teto prata, bege ou preto e bancos (de couro sintético) nas cores marrom, preto, prata ou cinza. O volante aplanado na base conta com os comandos de som, revestimento em couro e shift-paddles para trocas de marcha sequenciais; de série, esta versão traz ar-condicionado automático, sensores de luminosidade e chuva (e, agora, sensor de estacionamento traseiro), banco do motorista com regulagem elétrica, apoio de braço dianteiro (com interior acarpetado, tomada 12 Volts e entrada auxiliar), controlador automático de velocidade, freio de estacionamento eletromecânico, espelho interno antiofuscante e Audi sound system com Bluetooth, disqueteira para 6 CDs e tela de 6,5 polegadas.

Em termos de segurança, o A4 traz airbags frontais, laterais dianteiros e de cortina, cintos de segurança com sensor de afivelamento, controle eletrônico de estabilidade, ancoragem ISOFIX para cadeirinhas infantis e alarme com travamento central por controle remoto.


Há bom espaço interno para quatro adultos - mesmo com o assento reduzido, a quinta pessoa precisa tem menos espaço por causa do túnel no assoalho e do console, que nesta versão traz apenas um porta-objetos sem tampa. O porta-malas tem capacidade de 480 litros.


O motor 1.8 TFSI (sigla para Turbo fuel stratified injection), abastecido a gasolina, gera 170 cavalos entre 3800 e 6200 rpm, e torque de 32,6 kgfm de 1400 a 3700 rpm. O desempenho é satisfatório (aceleração de 0 a 100 km/h em 8,3 segundos e velocidade máxima de 225 km/h - dados da Audi), mas na prática, o consumo não chega ao aumento alardeado na teoria: faz 8,7 km/l na cidade e 11,3 km/l na estrada, de acordo com o Programa de Etiquetagem Veicular do Inmetro.

Para conter o consumo, o A4 traz sistema Start-Stop (desliga o motor quando o carro é parado, dando novamente a partida assim que o motorista solta o pedal do freio) e regeneração da energia cinética (ao aumentar a tensão do gerador, a energia cinética é convertida em energia elétrica quando o veículo estiver freando ou desacelerando, utilizada para auxiliar o gerador durante a aceleração, o que pode economizar até 3% de combustível). O câmbio, Multitronic CVT, conta com oito marchas.


Em duas opções de cores sólidas (Branco Ibis e Preto Brilhante), nove metálicas (Azul Luar, Azul Scuba, Branco Geleira, Cinza Monsão, Marrom Teca, Prata Cuvée, Prata Florete, Preto Mito e Vermelho Vulkano) e na tonalidade perolizada Cinza Lava, o A4 2015 parte de R$ 138 990 sem itens adicionais, enquanto a versão Ambiente custa R$ 147 990.



Comentários