Toyota apresenta Corolla 2016, em novas versões


Completando seu primeiro aniversário em território brasileiro, a atual geração do Toyota Corolla chega à linha 2016 em três versões GLi (subdivididas em manual, Multi-Drive e Upper), além da XEi e da Altis. Os GLi manual - com seis marchas - e Multi-Drive perderam vários itens em relação ao GLi 2015, como sistema de som (e por extensão, seus comandos no volante), indicador "ECO" de direção econômica, rodas de liga leve (substituídas por rodas de aço e calotas aro 16''), banco traseiro bipartido (agora inteiriço) e apoio de braço central traseiro.


De série, estas versões contam com ar-condicionado manual, cinco airbags (dois frontais, dois laterais nos bancos dianteiros e um de joelho para o motorista), sistema ISOFIX para fixação de cadeirinhas infantis, travamento automático das portas a 20 km/h, cintos de segurança com pré-tensionador e limitador de força, freios ABS com EBD (distribuição eletrônica da força de frenagem), direção eletroassistida com ajuste de altura e profundidade, chave com comandos de alarme, travas das portas e abertura do porta-malas; banco do motorista com regulagem de altura manual, descansa-braço dianteiro com dois compartimentos, computador de bordo (com funções de consumo médio, autonomia, velocidade média, ajuste da intensidade de iluminação, tempo de condução e indicador de temperatura externa), regulagem elétrica dos retrovisores externos, com luzes de seta; iluminação do porta-luvas, espelho no para-sol do passageiro, relógio digital e abertura interna do tanque de combustível e do porta-malas. O motor se mantém o 1.8 16v Dual VVT-i DOHC Flex, que rende 139/144 cavalos a 6000 rpm e torque de 17,7/18,4 kgfm a 4200 rpm (com gasolina/etanol, respectivamente).


Já o Corolla GLi Upper 2016, mais assemelhado ao GLi 2015, manteve o revestimento de couro cinza nos bancos, painéis de portas e descansa-braço dianteiro, além de descansa-braço traseiro com porta-copos e acesso ao porta-malas através do rebatimento 60/40 dos bancos. Ao preço de R$ 75 600, esta versão vem com câmbio CVT Multi-Drive de sete marchas virtuais, direção elétrica progressiva, ar-condicionado manual, chave-canivete com comandos do alarme integrados, sistema de som com entradas USB/iPod e Bluetooth, vidros e retrovisores elétricos, volante com comandos de som, entre outros itens.



A versão intermediária XEi passa a contar com retrovisores externos retráteis eletricamente, para-sois com espelhos e luzes de cortesia para motorista e passageiro (finalmente!), além de acendimento automático dos faróis. Já o topo-de-linha Altis, passa a contar com limpador de para-brisa variável e intermitente com ajuste de velocidade. Nestas versões, o motor é o 2.0 16v Dual VVT-i DOHC Flex, que rende 143/154 cavalos @ 5600/5800 rpm e 19,4/20,3 kgfm @ 4000/4800 rpm (utilizando gasolina/etanol, nesta ordem), e o câmbio, Multi-Drive CVT. O tempo de aceleração de 0 a 100 km/h é de animadores 9,6 segundos (com etanol), em testes conduzidos pelo Instituto Mauá de Tecnologia, em simulação de uso regular, com ar-condicionado ligado e dois passageiros a bordo.

Na linha 2016, o Corolla GLi 1.8 manual parte de R$ 69 690, e o GLi com câmbio Multi-Drive sai por R$ 69 990. O GLi Upper pula para R$ 75 600, enquanto o XEi passa para R$ 86 900, e o Altis chega a estratosféricos R$ 99 990.

Comentários

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).