Destaques do Auto REALIDADE

sábado, 26 de março de 2016

Em detalhes: as versões da linha 2017 dos Volkswagen Gol e Voyage


Após certo mistério, chegam às lojas as unidades da linha 2017 dos Volkswagen Gol e Voyage, que mudam no intuito de se restabelecerem no radar do público brasileiro. À primeira vista, as mudanças externas aplicadas às versões Trendline, Comfortline e Highline foram bem discretas, mas ao lado de um modelo anterior, as mudanças ficam mais evidentes.

Os faróis mantiveram o formato e ganharam novo estilo interno, passando a ser do tipo parábola única em todas as versões, com máscara negra. Grade e para-choque também foram redesenhados, assim como as molduras dos faróis de neblina, que passam a ser redondos. Lateralmente, a novidade está nas rodas e calotas. O Voyage permanece como esteve desde a reestilização promovida em julho de 2012, enquanto o Gol trouxe novidades no recorte da tampa do porta-malas, no formato do vidro traseiro e nas lanternas, mais retas e profundas ao centro, como em seu "muso inspirador", o Polo comercializado na Europa.


A versão Trendline, que passa a contar com o motor 1.0 MPI três-cilindros de 75 cavalos com gasolina e 82 cv com etanol, aliado ao câmbio mecânico de 5 marchas, parte de R$ 34.890, enquanto o modelo 1.6 é tabelado em R$ 40.190. Clique aqui para ver detalhes mais aprofundados deste modelo. Entre os itens de série, estão: direção hidráulica, banco do motorista com ajuste de inclinação, rebatimento do encosto do banco de trás, limpador, lavador e desembaçador traseiro, porta-revistas no encosto do banco do passageiro, tomada 12 Volts no console central, além de travas e vidros dianteiros elétricos.


O Gol Trendline branco das imagens traz: ar-condicionado (+ R$ 2800) e o pacote Interatividade Composition Touch (R$ 1755), que inclui tanto a central multimídia (RCD330G) quanto o suporte flexível para celulares, além de 4 alto-falantes e 2 tweeters. As rodas são acessório de concessionária, oferecidas originalmente no Gol Track. A pintura metálica representa um acréscimo de R$ 1310.


O Composition Touch traz tela sensível ao toque de 5 polegadas, CD Player, entradas USB, auxiliar e para cartão SD, Bluetooth para streaming de áudio e chamadas telefônicas (com teclado para chamadas, acesso à agenda) e o MirrorLink, que espelha aplicativos de smartphones compatíveis: HTC M8, Sony Xperia Z1, ZQ, Z2, Z3, Z3 Compact, e Samsung Note 4, Note Edge, S5, S6 e Série A. Os aplicativos reproduzidos na tela são: News OnBoard, Rockscout, NPR One (via Rockscout), Vanilla Music (via Rockscout), Voice Infos (via Rockscout), My Guide, Shared Audio, Call & Remind, Spotify (via Rockscout), Aupeo, miRoamer, Audioteka, Car Navigation - Sygic Car, Glympse for Auto, Parkopedia e WeatherPro.


Versões mais em conta trazem as opções de rádio "Media" (R$ 835, na versão Trendline) e "Media Plus" (de série a partir no Comfortline), sendo que a diferença essencial entre eles é a presença de CD Player neste último. Com formato double-DIN, trazem as mesmas funções do Fox: tela monocromática, Bluetooth, MP3 Player e entradas USB, auxiliar e para cartão SD.


O suporte para celular acomoda aparelhos de até 6 polegadas, ajustando um dos braços para agarrar o smartphone, que pode ficar na horizontal, na vertical, voltado para o motorista ou ao passageiro. Na base destes suportes há uma entrada USB que pode carregar o aparelho.


A versão Comfortline também já foi mostrada no Auto REALIDADE em detalhes (clique aqui para ver). Está disponível nas motorizações 1.0 (R$ 42.690), 1.6 manual (R$ 47.490) e 1.6 com câmbio automatizado I-Motion de cinco marchas (R$ 50.790). Esta versão traz de série ar-condicionado com filtro de poeira e pólen, direção hidráulica, chave tipo canivete, limpador, lavador e desembaçador traseiro, capas dos retrovisores, frisos laterais e maçanetas externas na cor do veículo, porta-revistas no encosto do banco do passageiro, destravamento elétrico da tampa do porta-malas, tomada 12 Volts no console central, travas e vidros dianteiros elétricos, faróis de neblina, iluminação no porta-malas e o rádio Media Plus, com 4 alto-falantes e 2 tweeters. 


Já o Voyage 2017 acompanha as mudanças do Gol na parte frontal - a traseira segue a mesma da reestilização apresentada em 2012. A versão Trendline das fotos está disponível com motor 1.0 (partindo de R$ 40.990) ou 1.6 (R$ 44.590). A versão mais simples é caracterizada pelos detalhes plásticos pretos e rodas aro 14'' com calotas "Xisto". O pacote de equipamentos é o mesmo do Gol equivalente: direção hidráulica, airbags frontais, freios ABS com EBD, alerta luminoso de frenagem brusca, banco do motorista com ajuste de inclinação, travas e vidros dianteiros elétricos.


O interior segue as novidades pelas quais o Gol passou. O volante passa a ter o estilo "global" da marca, com base achatada. Esta versão Trendline traz marcador do nível de combustível e da temperatura do líquido de arrefecimento do motor na tela digital, que marca a quilometragem, o relógio e mostra avisos, como "desligar as luzes" ao tirar a chave do contato. As saídas de ar horizontais são inspiradas em modelos mais recentes da VW e a preparação para som passa a permitir aparelhos do tipo double-DIN ou centrais multimídia. Para arrematar, o porta-luvas está cinco litros mais espaçoso e os revestimentos dos bancos e das quatro portas apresentam nova padronagem.


Em termos de espaço interno, tanto Gol quanto Voyage seguem trazendo as mesmas medidas desde o lançamento da atual geração, em 2008. O porta-malas manteve a capacidade de 480 litros - no Gol, são 285 litros.


A adoção do motor 1.0 MPI, de três cilindros e 12 válvulas - utilizado nas versões aspiradas do up! e nos Fox Trendline, Comfortline e Track - fez com que Gol e Voyage abandonassem o tanquinho de partida a frio (uma conveniência ainda não encontrada na versão 1.6 de oito válvulas). Em relação ao antigo 1.0, a potência subiu de 72 para 75 cavalos com gasolina, e de 76 para 82 cv com etanol. Já o torque é de 9,7/10,4 kgfm, entre 3000 e 3800 rpm.


Com este motor (e segundo dados da Volkswagen), o Voyage 1.0 acelera de 0 a 100 km/h em 12,7 segundos usando etanol e 12,9 s com gasolina; a velocidade máxima é de 175 km/h com etanol e 173 km/h com gasolina. Vale destacar o baixo peso da versão de entrada: 947 quilos.


A versão Comfortline do Voyage também está disponível com motorizações 1.0 (R$ 46.490) e 1.6 (R$ 49.790), além do modelo com o câmbio automatizado I-Motion de 5 marchas, que custa R$ 53.090. A partir deste modelo, o ar-condicionado é item de série, bem como sistema de som Media Plus com CD/MP3 Player, Bluetooth, entradas USB/Auxiliar/para cartão SD, 4 alto-falantes e 2 tweeters; aerofólio na cor do veículo fixado à tampa do porta-malas, direção hidráulica, retrovisores externos com luzes de seta integradas, faróis de neblina, rodas de aço aro 15" com calotas "Gabro", além de travas e vidros dianteiros elétricos.




Como opcionais, o Voyage traz: detalhes azuis no friso central do painel e nos bancos (R$ 0), suporte para celular (R$ 290), pacote Urban completo (aplicado ao carro das imagens; por R$ 3360, inclui computador de bordo, chave-canivete com acionamento do alarme, sensor de estacionamento traseiro, duas luzes de leitura dianteiras e duas luzes de leitura traseiras, retrovisores elétricos com função tilt-down no lado do passageiro, rodas de liga leve aro 15" "Marga", tampa do porta-malas com destravamento elétrico, tapetes em carpete e vidros elétricos nas quatro portas), pacote Urban completo com rodas de liga leve de 16 polegadas (R$ 3660), sistema Composition Touch com suporte de celular (também disponível no Voyage destas fotos, por R$ 1100) e Discover Media com GPS (R$ 2360).


O motor 1.6 8v rende 101/104 cavalos a 5250 rpm e torque de 15,4/15,6 kgfm a 2500 rpm. A Volks declara que o Voyage com este motor acelera de 0 a 100 km/h em 9,9 segundos com etanol e 10,1 s com gasolina, alcançando 192/190 km/h de velocidade máxima (com etanol/gasolina, respectivamente).


E o Gol Highline assume a condição de modelo topo-de-linha, ao menos enquanto não sai a definição oficial da Volkswagen em dar uma nova chance para o modelo de roupagem aventureira Rallye. Disponível unicamente com o motor 1.6 de 101/104 cv, custa R$ 51.990 na versão manual de 5 marchas e parte de R$ 55.290, com o câmbio automatizado I-Motion.


Em relação ao Gol Comfortline, o Highline traz a mais: revestimentos dos bancos em tom mais claro, som Composition Touch com tela sensível ao toque de série, lanternas escurecidas, frisos cromados e pedaleiras esportivas. Como opcionais, estão disponíveis: suporte para celular (R$ 290), central multimídia Discover Media com o suporte (R$ 1815) e o pacote Highline completo (R$ 3240, que agrega controlador automático de velocidade, três apoios de cabeça traseiros, encosto do banco traseiro bi-partido,retrovisor interno antiofuscante, faróis com função Coming & Leaving home, rodas de 16 polegadas "Varvito" com pneus 195/50, bancos revestidos em couro sintético Native e os sensores de chuva e crepuscular).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).

Curta a página do Auto REALIDADE!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...