Destaques do Auto REALIDADE

segunda-feira, 28 de março de 2016

Mercedes lança GLC Coupé e C 63 AMG Cabriolet


A Mercedes-Benz segue promovendo a diversificação de seus modelos (haveria público para adquirir todos eles?). Insatisfeita com os bons resultados do BMW X4 - apesar da controvérsia entre os entusiastas quando o assunto é SUV com estilo traseiro de cupê - a montadora alemã acaba de lançar seu arqui-inimigo, o GLC Coupé. 

Baseado no utilitário que chegou recentemente ao Brasil e substituiu o GLK, o SUV-cupê-de-4-portas possui 4,73 metros de comprimento, distância entre-eixos de 2,87 m e altura de 1,60 metro, ou seja, 8 centímetros mais longo e cerca de 4 cm mais baixo que o modelo que o deu origem. O coeficiente aerodinâmico é de 0,31. O design bebe da fonte do GLE Coupé, assim como o X4 puxou ao irmão mais velho X6.


Se por fora o GLC Coupé tem apelo visual maior, por dentro é o GLC "SUV" praticamente sem tirar nem por, que por sua vez é bastante semelhante ao Classe C, com o qual compartilha a plataforma. Isto significa que ele conta com o sistema multimídia que lembra um tablet pregado acima das três saídas de ar centrais, comandado pelo touchpad estiloso onde normalmente fica a alavanca de câmbio (que por sua vez está situada na coluna de direção, onde normalmente está o limpador de para-brisa...).


As versões oferecidas serão: 220 d (170 horsepower), 250 d 4MATIC (204 horsepower), 250 4MATIC (quatro-cilindros a gasolina, de 211 HP), 350 e 4MATIC (híbrido plug-in, com autonomia elétrica de 30 quilômetros, potência combinada de 320 horsepower), que acelera de 0 a 100 km/h em 5,9 segundos e atinge a velocidade máxima de 235 km/h, além do topo-de-linha 43 AMG 4MATIC, com motor V6 Biturbo de 367 horsepower, câmbio automático de 9 marchas e que vai de zero a 100 km/h em menos de 5 segundos.


Já o Mercedes-AMG C63 AMG Cabriolet é o expoente máximo da esportividade na linhagem sem-capota do recém lançado conversível baseado no Classe C cupê, que por sua vez compartilha plataforma com o sedan... O irmão menor do Classe S Cabrio (especialmente se levarmos em consideração a semelhança entre a traseira dos modelos) traz dois níveis de potência em seu motor 4.0 V8 Biturbo: 476 ou 510 horsepower, no caso da versão C63 S.

A força extra permite ao modelo acelerar de 0 a 100 mais rapidamente em... 0,1 segundo (4,1 s, ante 4,2 segundos do C63 "sem S"). Ambos são eletronicamente limitados a 250 km/h, mas com o AMG Driver's Package, pode-se alcançar 280 km/h.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).

Curta a página do Auto REALIDADE!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...