Destaques do Auto REALIDADE

sábado, 5 de março de 2016

Uma volta ao passado com os clássicos da Mercedes-Benz


No último sábado (05), a concessionária Newsedan expôs em seu showroom modelos da Mercedes-Benz que há pelo menos trinta anos não punham suas rodas em um estande de carros zero-quilômetro. Modelos dos dias atuais, como GLC, GLE, Classe C e GLA, abriram espaço para quatro exemplares de sedans que precederam as atuais Classes E e S, preservando a história, as peculiaridades e o status do passado.


O Mercedes 280 S 1969 prata (W108), de especificação americana (perceptível em detalhes como os refletores laranjas), sucedeu o clássico "Fintail" e foi produzido de 1967 a 1972, acumulando 93 666 unidades. Seu motor, como indicava o nome, era um 2.8 de seis cilindros que rendia 140 cavalos e o levava a 185 km/h. O modelo das imagens traz câmbio manual de 4 marchas.

 


Seu sucessor, o Mercedes 280 S azul (W116), foi produzido entre 1973 e 1980 (este é um exemplar do último ano de produção). Com motor 2.8 de seis cilindros em linha com carburador Solex - havia também uma versão já com injeção eletrônica - esta versão teve mais de 122 mil unidades produzidas. Foi o primeiro automóvel de série a contar com freios antitravamento como opcional e suspensão hidropneumática auto-regulável. Sua transmissão é automática de 4 marchas.


Já o Mercedes 300 E 1986 branco, da geração W124 (1985 - 1995), que este ano pode receber a placa preta, trazia itens inovadores para um carro de sua época. O modelo das imagens conta com airbag para o motorista, brake-light traseiro, comandos de regulagem elétrica do banco do motorista na porta, limpadores de faróis... o motor era um 3.0 de seis-cilindros em linha, e o câmbio, automático de 4 marchas.


E o Mercedes 230 1973 verde é pertencente à geração W114. Com motor 2.3 de seis-cilindros em linha e câmbio mecânico de 4 marchas, este é um modelo anterior à reestilização pela qual passaria ainda em 1973. Curiosamente, neste mesmo ano também passou a ser produzido um 230 com motor quatro-cilindros. Mais inusitado ainda é saber que, a partir de sua carroceria, foi construída em série a picape (!) 220D na Argentina.

*****************************

E não teve só Mercedes antigo, não! Convidados fizeram questão de chegar à autorizada com modelos antigos: Ford Landau, Volkswagen Fusca e Ford Mustang.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).

Curta a página do Auto REALIDADE!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...