Uma volta com o Volkswagen Jetta 1.4 TSI Comfortline


Já mostramos em detalhes o Volkswagen Jetta Comfortline equipado com o novo motor 1.4 TSI, agora é chegada a hora de andar no modelo de test-drive - rigorosamente igual ao modelo do showroom mostrado anteriormente, com pacote completo de equipamentos. Externamente, é possível identificar o sedan com novo motor através do logotipo "TSI" com as duas últimas letras grafadas em vermelho (no modelo Highline, que utiliza o propulsor 2.0 TSI de 211 cavalos, apenas o "I" está na cor vermelha).


O Jetta começou a ser fabricado nacionalmente em 2015, e a montagem do sedan segue o padrão de seu homônimo mexicano, que continua a ser trazido para cá. Isto significa que o acabamento do painel é do tipo emborrachado, e as texturas e encaixes são uniformes. Nesta versão, são de série itens como ar-condicionado com saídas de ar traseiras, banco do motorista com apoio lombar manualmente ajustável, ajuste de altura dos bancos dianteiros, apoio de braço dianteiro com porta-objetos e regulagem longitudinal e de altura, direção elétrica, computador de bordo, retrovisores externos aquecíveis elétricos com luzes de seta integradas, faróis e lanterna de neblina, gaveta sob o banco do motorista, luz da placa traseira em LED, focos de leitura na frente e atrás, porta-revistas no encosto do banco do passageiro, tomadas de 12 Volts dianteira e traseira, vidros elétricos com acionamento por um toque, acendedor de cigarros e cinzeiro (coisa rara hoje em dia...), banco traseiro bipartido, porta-luvas iluminado, porta-óculos central, volante revestido em couro com comandos do rádio, computador de bordo, controlador automático de velocidade e shift paddles para trocas de marcha sequenciais.



Em termos de segurança, o Jetta traz cintos de segurança de 3 pontos para todos os passageiros, fixação de cadeirinhas infantis (ISOFIX), freios a disco (ventilados na frente) com ABS e EBD, controles eletrônicos de estabilidade e tração, alarme com comando na chave, alerta da não-utilização do cinto de segurança, assistente de partida em ladeiras, bloqueio eletrônico do diferencial, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, controlador automático de velocidade e quatro airbags (dois frontais, com desativação do lado do passageiro, e dois laterais nos bancos dianteiros).



De série, o sistema multimídia desta versão é o "Composition Media", composto de CD Player, tela touchscreen de 6,3 polegadas, Bluetooth, entrada para cartão SD, App-Connect e sistema de som com oito alto-falantes. Já o Jetta das imagens traz o "Discover Media", que incorpora GPS com atualização gratuita durante a vida útil do veículo, além da possibilidade de espelhar a tela de smartphones compatíveis, através da conexão via entrada USB ou auxiliar, no console central.


Com 1395 centímetros cúbicos, o propulsor conta com turbocompressor, injeção direta de gasolina, coletor de escape integrado ao cabecote e outros recursos que o fazem render 150 cavalos a 5000 rpm e 25,5 kgfm de torque já a 1500 rpm. Assim, o Jetta Comfortline agora acelera de 0 a 100 km/h em 8,6 segundos e chega à velocidade máxima de 203 km/h.



Ao volante, o Jetta transmite solidez ao rodar que lembra seu meio-irmão Golf, com baixo nível de ruído (resultado do bom isolamento acústico) e um bom nível de conforto ao rodar em pisos mal-conservados - a suspensão traseira é do tipo multilink. O câmbio automático de 6 marchas mostra passagens muito suaves. Sua direção com assistência elétrica permite manobrar sem sufoco - e também existe o auxílio dos sensores de estacionamento na frente e atrás. O melhor é sentir que o motor 1.4 é bem disposto mesmo em baixas rotações. 



O porta-malas possui a capacidade de 510 litros e traz acesso interno (pela portinhola atrás do apoio de braço traseiro), alavanca anti-sequestro e divisórias laterais para a acomodação de pequenos objetos, além de pneu sobressalente (205/55 aro 16).


No mais, o Jetta permanece com seus 4,66 metros de comprimento, distância entre-eixos de 2,65 m, largura de 2,02 m, altura de 1,47 metro, peso em ordem de marcha de 1298 quilos e reservatório de combustível com capacidade de 55 litros.



Atualmente partindo de R$ 90.890, esta unidade traz como opcionais a pintura metálica (Prata Sargas, R$ 1232), teto solar elétrico (R$ 4171) e o Pacote Exclusive (R$ 6540, incluindo ar-condicionado digital de duas zonas com refrigeração no porta-luvas, retrovisor interno anti-ofuscante, retrovisores externos eletricamente rebatíveis e com função Tilt down ao engatar a ré, faróis com acendimento automático e funções Coming & Leaving Home (as luzes se acendem momentos antes da partida e após o desligamento), bancos revestidos em couro sintético Native, rodas de liga leve de 17 polegadas "Queensland" com pneus de perfil 225/45, sensor de chuva, chave Kessy (destravamento sem inserção da chave e botão de partida do motor), além da central multimídia Discover Media).



Comentários

  1. Matéria digna de aplausos!!!
    Fotos perfeitas, riqueza de detalhes em vários ângulos.
    Agora, esse jetta, golf higline 1.4, e toro freedon flex...
    Qual merecia minha garagem???
    Jetta discreto maravilhoso, mas não é flex...
    Golf perfeito, mas precificado além da conta...
    Toro, novidade, cabe tudo e mais um pouco, bem equipado...
    Acho que vou de Toro pelo conteúdo agregado.
    Parabéns ao blog pelas matérias fotos e conteudo.
    Abraços!!

    Alexandre Nunes

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).