Nissan March e Versa 2019 estreiam novidades na central multimídia

Queridinho dos EUA, Toyota Camry se renova por inteiro na linha 2018


Automóvel mais vendido dos Estados Unidos por mais de 15 anos, o Toyota Camry mudou para valer na linha 2018, passando a adotar a nova arquitetura modular TNGA, que dará origem a diversos modelos da montadora no futuro. Se no Brasil o Camry tem um jeitão conservador, nos Estados Unidos o modelo adota linhas sinuosas e ousadas, que lembram representantes europeus da marca, como o Avalon e o C-HR. Capô e teto estão ligeiramente mais baixos, acentuando um caráter mais esportivo. Nos States, o sedan será comercializado nas versões LE, XLE, SE e XSE, sendo que o pacote Sport estará disponível para as duas versões de topo e integra para-choques mais esportivos (com emulação de difusor de ar na traseira), spoilers laterais, grade frontal mais agressiva e, para o modelo XSE, rodas de liga leve pretas de 19 polegadas.





Por dentro, o Camry ganha um ambiente todo novo, com superfícies macias ao toque e mais espaço para os ocupantes. São três os displays interligados: um head-up display que projeta informações no para-brisa, uma tela colorida de 7 polegadas no quadro de instrumentos e a tela touchscreen central de 8 polegadas, com GPS e comandos de ar-condicionado, aquecimento e resfriamento. De série, o sedã traz o Toyota Sense System P, que inclui alerta de colisão frontal com detecção de pedestre, alerta de saída não intencional da faixa de rodagem com intervenção no volante, faróis altos automáticos e controlador automático de velocidade adaptativo. Os modelos mais completos virão com detecção de veículos em pontos cegos e alerta de tráfego cruzado traseiro.

O Camry 2018 terá três opções de novos motores: um 3.5 V6 com injeção direta de combustível, um 2.5 a gasolina de quatro cilindros em linha (ambos aliados ao novo câmbio automático Direct Shift de 8 marchas) e o Hybrid, que alia o motor 2.5 de 4 cilindros ao conjunto elétrico, enquanto o câmbio CVT simula 6 marchas para maior responsividade ao motorista. A expectativa é de que o novo Camry esteja nas concessionárias norte-americanas a partir do final do terceiro trimestre deste ano.


Comentários