Os detalhes da Chevrolet Spin LTZ 2019 com câmbio automático

Chevrolet Tracker estreia versão topo-de-linha Premier


Depois de lançar o Equinox na versão única Premier, é a vez da Chevrolet apresentar a opção mais completa do Tracker, que visa competir com as versões recheadas de seus oponentes (Honda HR-V Touring, Nissan Kicks SL e Jeep Renegade Night Eagle são alguns exemplos). Finalmente, nesta versão o Tracker incorpora os importantes controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistente de partida em aclives, além, opcionalmente, de alerta de colisão frontal iminente, alerta de saída de faixa não-sinalizada e airbags laterais e de cortina. A versão Premier substitui a LTZ, permanecendo como opção de entrada a LT, que incorpora duas novidades: luzes de seta incorporadas aos retrovisores externos e nova opção de cor metálica, Vermelho Glory.



Desde a versão LT, o Tracker conta com direção elétrica com ajuste de altura e profundidade, câmbio automático de seis marchas, Stop/Start (desligamento automático do motor em paradas de trânsito para economizar combustível), freios ABS com EBD, rodas de alumínio, controlador de velocidade de cruzeiro, assistência OnStar, central multimídia MyLink com tela touchscreen e espelhamento de tela de celulares compatíveis com Android Auto e Apple CarPlay, ar-condicionado manual, fixação ISOFIX para cadeirinhas infantis, som com 6 alto-falantes e tweeters, além de retrovisores elétricos, travas e vidros elétricos com acionamento pela chave e computador de bordo com indicador da vida útil do óleo em percentual.


O Tracker possui 4,26 metros de comprimento, 1,78 m de largura e 2,55 m de distância entre-eixos. Porém o vão-livre de 16,2 cm em relação ao solo é um dos menores do segmento. O porta-malas também está entre os menores da categoria, levando 306 litros com os bancos em posição normal e 735 L com o rebatimento do banco traseiro. A linha 2018 do utilitário chega às concessionárias neste mês de novembro em cinco opções de cores: Branco Summit, Preto Ouro Negro, Prata Switchblade, Cinza Graphite e a inédita Vermelho Glory. A garantia é de três anos.


Apesar de ser a versão mais completa, o Tracker continua abusando de muito plástico duro em seu interior, a exemplo do Equinox Premier, com alguns insertos de couro no painel e nas portas para disfarçar, além de porta-objetos do console central emborrachados. O tom predominante do interior é o preto "Jet Black", com costuras alaranjadas dos bancos, volante e painel.


A versão Premier vem equipada com câmera de ré com alerta de movimentação traseira e alerta de ponto cego, que auxilia o motorista em mudanças de faixa: uma luz acende no retrovisor externo alertando da presença ou aproximação de outro veículo em tráfego lateral. Já o alerta de movimentação traseira ajuda nas manobras de marcha a ré, como nas de saída de garagem, quando a visibilidade é limitada. Sensores detectam a aproximação de veículos vindos na direção perpendicular.


O alerta de colisão frontal atua ao se estabelecer uma distância mínima em relação ao veículo à frente. Caso o outro automóvel sofra uma redução de velocidade repentina, luzes vermelhas piscam na base do parabrisa e um alarme soa pelos alto-falantes. Já o alerta de saída de faixa conta uma câmera na parte superior do para-brisas que monitora as faixas da via e emite um aviso toda vez que perceber que o veículo está saindo involuntariamente da pista - se o pisca estiver acionado, o mecanismo entende que a manobra é intencional e não entra em ação.



A versão Premier também vem equipada com faróis com projetores e luz diurna em LED (as lanternas também possuem LEDs), sensor de estacionamento traseiro, regulagem de altura dos faróis, banco do motorista com regulagem elétrica apenas na região lombar e apoio de braço, banco dianteiro do passageiro com encosto rebatível, descansa braço traseiro com porta-copos, chave presencial e partida por botão, porta-objetos embaixo do banco do passageiro, porta-óculos no teto, para-sois com espelho e iluminação, tapetes em carpete, OnStar pacote Exclusive (com todas as funcionalidades), rodas aro 18'' e teto solar elétrico.


Externamente, a versão Premier se destaca pelos cromados na base dos vidros laterais, na moldura acima da placa na traseira e nas maçanetas. Um logotipo na base direita da tampa traseira identifica a nova versão.


Todas as versões do Tracker trazem o mesmo conjunto mecânico: motor 1.4 Turbo Flex, que rende 153 cavalos e 24,5 kgfm de torque (sendo 90% dessa força disponível a partir de 1500 rpm) e câmbio automático de 6 marchas, com conversor de torque e trocas sequenciais pela alavanca. O utilitário acelera de 0 a 100 km/h em 9,4 segundos e chega próximo dos 200 km/h, segundo a Chevrolet.

Com o auxílio do desligamento automático do motor em paradas de trânsito, o Tracker chega às médias com gasolina de 10,6 km/l na cidade e 11,7 km/l na estrada. Com etanol, o consumo é de 7,3 km/l em percurso urbano e 8,2 km/l em ciclo rodoviário (dados do INMETRO).


Comentários