Detalhes do Renault Captur 1.6 Life automático, para o público PCD

Em detalhes: Volkswagen Passat Highline, o porta-estandarte da marca no Brasil


Figura rara nas concessionárias brasileiras, o Volkswagen Passat Highline é o segundo modelo mais luxuoso na linha de automóveis oferecidos pela marca no Brasil - abaixo somente do SUV Touareg. Esta versão Highline é a mais completa - há ainda o modelo Comfortline, com o mesmo conjunto mecânico, mas com lista de equipamentos tecnológicos mais limitada.



O preço do modelo aqui mostrado, na cor sólida Branco Puro, é de R$ 177.432 - o único opcional é o teto solar elétrico, por mais R$ 5800. Pode-se escolher entre os tons bege ou preto no interior sem custo. Já as cores Azul Harvard, Azul Night, Cinza Indium, Marrom Oak, Prata Sargas, Prata Tungstênio e Vermelho Crimson representam acréscimo de R$ 1893, e a tonalidade perolizada Preto Mystic, R$ 2711.


Ao entrar no Passat, tem-se a sensação de estar num Golf - pela familiaridade de algumas peças - com padrão de qualidade similar ao Audi A4. Pelo volante - similar ao do hatch - alterna-se entre os modos de visualização do quadro de instrumentos digital Display Active, que também estará disponível como opcional no Polo Highline e emula um quadro de instrumentos analógico, podendo alternar para um modo de visualização que dá destaque aos mapas de GPS e demais informações do computador de bordo. Já as saídas de ar centrais visualmente unidas com as do passageiro fazem lembrar do sedan da Audi. Houve o cuidado de utilizar plásticos macios ao toque em boa parte do painel e portas - estas trazem iluminação de cortesia. O couro Nappa vem de série e os bancos dianteiros trazem ajustes elétricos e aquecimento; no caso do motorista, também há memória de posição.


A lista de itens de série é bastante recheada e inclui: controle automático de distância do veículo à frente e velocidade com função de frenagem de emergência, chave presencial e botão para partida do motor, alarme, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, 6 airbags (2 frontais, com desativação do passageiro; 2 laterais dianteiros e 2 de cortina), acendedor de cigarros e cinzeiro (raridade nos dias de hoje...), apoios lombares dos bancos dianteiros com ajuste elétrico e lado do motorista com função de massagem, ar-condicionado digital automático de 3 zonas, banco traseiro com encosto bipartido, rebatível (na proporção 1/3 e 2/3) e descanso de braço central com porta-copos e abertura de acesso ao porta-malas; bloqueio eletrônico do diferencial...


...câmera de ré, apoio de braço com porta-objetos revestido, entradas USB/auxiliar e regulagem longitudinal e de altura; detector de fadiga, direção elétrica, retrovisores externos elétricos, aquecíveis e com recurso anti-ofuscamento automático (com memória no lado do motorista), espelho interno eletrocrômico, luzes de neblina, faróis em LED com assistente dinâmico de farol alto e luz de condução diurna, fixação ISOFIX para cadeirinhas infantis, freio de estacionamento eletrônico com função Auto Hold ("segura" o carro em paradas, sem necessidade de pisar no freio), iluminação ambiente na região dos pés dos ocupantes dianteiros, indicador de perda de pressão dos pneus, lanternas escurecidas com iluminação em LED, limpador com temporizador e sensor de chuva, quatro luzes de leitura, quadro de instrumentos digital Display Active, porta-copos dianteiro com cobertura retrátil, relógio analógico no centro do painel...


...rodas de liga leve aro 18'' "Dartford" com pneus 235/45 auto-selantes, seleção do perfil de condução (Normal/Esporte/Eco/Conforto) com regulagem adaptável do chassi, acendimento automático dos faróis com função "Coming & Leaving Home", proteção proativa dos passageiros (em iminência de acidente, prepara cintos e fecha vidros para minimizar as consequências de uma colisão), freios a disco nas 4 rodas (ventilados na frente) com ABS, desligamento automático do motor Start-Stop com recuperação de energia de frenagem, sistema multimídia Discover Pro com tela touchscreen de 8 polegadas, App-Connect, Bluetooth, sensor de aproximação, GPS, 4 alto-falantes e 4 tweeters; soleiras nas portas em aço inox, tampa do porta-malas com acionamento elétrico por sensor sob o para-choque traseiro, tapetes de tecido, tomada 12 Volts no console central e no porta-malas, além de volante em couro com comandos do som, computador de bordo, controlador automático de velocidade e aletas para troca de marcha.


O Passat utiliza o já consagrado motor 2.0 TSI com calibração para render 220 cavalos (nove a mais que a geração passada) entre 4500 e 6200 rpm e torque de 35,7 kgfm a 1500 rpm, aliado ao câmbio automatizado de dupla embreagem DSG, de 6 marchas, com função Tiptronic (trocas feitas pelo motorista nas aletas atrás do volante ou na alavanca). Assim, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 6,7 segundos (ante 7,6 segundos da geração anterior) e atinge a velocidade máxima de 246 km/h (contra 210 km/h). Abastecido unicamente com gasolina, alcança as médias de 10,4 km/l na cidade e 12,9 km/l na estrada. O porta-malas comporta 506 litros, e o tanque de combustível, 70 litros.


Comentários