Confira as novidades da linha 2020 dos Renault Sandero, Logan e Stepway


A Renault apresenta ao Brasil os novos Sandero, Logan e Stepway, reestilizados para o ano modelo 2020 - melhor dizendo, uma "linha 2020 parte 2", uma vez que em março deste ano, estes modelos já haviam estreado novidades, como a inclusão do sistema multimídia Media Evolution (com espelhamento de tela de smartphones através do Android Auto e Apple CarPlay) e também das fixações ISOFIX para cadeirinhas infantis. É a primeira modificação visual que a linha recebe desde que chegou ao Brasil em nova geração (o Logan chegou no último trimestre de 2013, o Sandero estreou em meados de 2014 e o Stepway mudou no último trimestre de 2014).


O estilo foi desenvolvido pelo Renault Design Center São Paulo. Externamente, os faróis mantêm o formato mas contam com luzes diurnas em LED em todas as versões. O para-choque é novo e conta com grade redesenhada e alojamentos redesenhados para os faróis de neblina. Nas laterais, os destaques são as novas rodas e calotas para todas as versões.


Todas as versões com câmbio CVT trazem de série rodas de 16 polegadas (de aço com calotas ou de liga leve) e molduras pretas nas caixas de rodas e para-choques, os diferenciando das versões com câmbio manual.


Vistos de traseira, Logan, Sandero e Stepway trazem a novidade comum das lanternas com LEDs. Mas o sedã permanece com o mesmo formato do conjunto ótico traseiro, enquanto Sandero e Stepway passam a trazer prolongamentos das lanternas para a tampa do porta-malas, que também acendem. O losango da Renault passa a abrigar o botão de abertura da tampa traseira.


No Sandero R.S. 2.0, as mudanças foram menores. A frente permanece inalterada, com para-choque exclusivo que conta com luzes diurnas de LEDs. Pelo visto, a marca não quis arriscar e mexer no conjunto frontal desenvolvido pela divisão esportiva Renault Sport. As novidades estão nas faixas laterais (agora mais discretas), estilo das rodas e na traseira. O volante permanece o mesmo.


No interior, há boas novidades. O volante segue o novo estilo adotado no exterior e conta com botões do controlador automático de velocidade. No quadro de instrumentos, a tela do computador de bordo, que trazia fundo azul, passa a trazer fundo preto e caracteres brancos. Os bancos estão mais largos, com novo formato e espumas mais espessas, e agora as portas passam a trazer inserto de tecido ou couro conforme a versão. E o forro de teto passa a ser preto.


Uma boa nova que proprietários de Sandero vão aplaudir é a "centralização" dos botões dos vidros elétricos. Agora, os 4 comandos estão na porta do motorista. Antes, só havia os botões dos vidros elétricos dianteiros na porta: o controle dos vidros elétricos traseiros ficava no painel. Outra novidade em todas as versões é a chave tipo canivete (similar à do Kwid), com comando de abertura e fechamento das portas e destravamento do porta-malas.


Agora, todas as versões trazem 4 airbags de fábrica (frontais e laterais embutidos nos bancos dianteiros) e cintos de três pontos para todos (o central fica ancorado no teto). A Renault também mencionou que a estrutura da carroceria foi reforçada - um alento depois do pífio resultado de uma estrela de proteção a adultos nos mais recentes testes de colisão promovidos pelo Latin NCAP.


A nomenclatura das versões passa a seguir a mesma usada globalmente pela Renault: Life, Zen, Intense e Iconic (esta última disponível apenas para Stepway e Logan).

Sandero 1.0 Life (R$ 46.990)
O mais simples dos Sandero vem de fábrica com quatro airbags, fixações ISOFIX, direção eletro-hidráulica, ar-condicionado, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas, chave-canivete e rodas de aço de 15 polegadas com calotas (as que eram do Sandero Expression).


Sandero 1.0 Zen (R$ 49.990)
Vem com os itens versão Life, mais sistema multimídia Media Evolution (que inclui comandos satélite fixados na coluna de direção), novas calotas de 15 polegadas, sensor de estacionamento traseiro, ajustes de altura para o banco do motorista e o volante; computador de bordo, alarme e vidros elétricos dianteiros com função um-toque.

Sandero 1.6 Zen manual (R$ 55.990)
O diferencial do modelo 1.6 Zen em relação ao 1.0 é o Start&Stop, que faz o desligamento momentâneo do motor em paradas. Este sistema, que não existe na versão com câmbio automático, pode ser desativado ao apertar um botão no painel. Segundo a Renault, pode proporcionar uma economia de combustível de até 5%.

Sandero 1.6 Zen automático (R$ 62.990)
Vem com os itens da versão Zen manual, além de câmbio automático CVT X-Tronic, controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistente de partida em subidas, rodas de 16 polegadas Flexwheel (de aço, mas com estilo que harmoniza com as calotas) e molduras nas caixas de roda.


Sandero 1.6 Intense automático (R$ 65.490)
Traz como diferenciais: ar-condicionado automático, câmera de ré, faróis de neblina, vidros traseiros elétricos, retrovisores elétricos, controlador e limitador automático de velocidade, além de rodas de liga leve de 16 polegadas diamantadas.


Sandero 2.0 R.S. (R$ 69.690)
Apesar de representar expectativa de participação de apenas 1% nas vendas da família Sandero, o modelo esportivo R.S. é mantido em linha. Vem com assistente de partida em ladeiras, controles eletrônicos de estabilidade e tração, ar-condicionado automático, câmera de ré, retrovisores elétricos, vidros traseiros elétricos, controlador e limitador de velocidade e rodas de liga leve de 17 polegadas na cor preta com face diamantada. A pintura branca é de série.


Logan 1.0 Life (R$ 50.490)
A versão de entrada do sedã vem com direção eletro-hidráulica, ar-condicionado, travas e vidros dianteiros elétricos, além de fixação ISOFIX para cadeirinhas. Como novidades, passa a ter luzes de posição dianteiras e traseiras em LED, chave-canivete, 4 airbags (frontais e laterais dianteiros), 3 apoios de cabeça atrás e cintos de 3 pontos para todos de série, além de rodas de aço de 15 polegadas (com as calotas reaproveitadas da versão Expression).

Logan 1.0 Zen (R$ 53.490)
A versão intermediária traz de série o sistema multimídia Media Evolution com tela sensível ao toque de 7 polegadas, comandos-satélite e espelhamento de conteúdo de celulares através do Android Auto e Apple CarPlay, além do sensor de estacionamento traseiro e vidros dianteiros com função one-touch.

Logan 1.6 Zen manual (R$ 59.490)
Traz os mesmos itens do 1.0 Zen, além do Start&Stop (desligamento e religamento do motor em paradas).

Logan 1.6 Zen automático (R$ 66.490)
Além do câmbio automático CVT, esta versão possui controles eletrônicos de tração e estabilidade, bem como o assistente de partida em subidas. Visualmente, traz rodas Flexwheel de 16 polegadas (as mesmas do Stepway básico), molduras plásticas pretas e suspensão elevada.


Logan 1.6 Intense automático (R$ 68.990)
Esta versão vem com ar-condicionado com modo automático, faróis de neblina, câmera de ré, retrovisores elétricos, vidros elétricos nas 4 portas, além de controlador e limitador de velocidade.


Logan 1.6 Iconic automático (R$ 71.090)
A versão topo-de-linha traz diferenciais como revestimentos em couro, acendimento automático dos faróis e sensor de chuva.


Stepway Zen 1.6 manual (R$ 61.190)
A versão de entrada do Stepway conta com computador de bordo, sensor de ré, LEDs nos faróis e lanternas, 4 airbags, fixações ISOFIX para cadeirinhas, sistema de som "double-DIN", chave-canivete, rodas Flexwheel de aço com calotas de 16 polegadas, Start&Stop, além de apoios de cabeça e cintos de três pontos para todos os ocupantes.

Stepway Intense 1.6 automático (R$ 70.990)
Possui, além do câmbio CVT, itens como controles de tração e estabilidade, central multimídia Media Evolution, ar-condicionado automático, rodas de liga leve de 16 polegadas e câmera de ré.


Stepway Iconic 1.6 automático (R$ 73.090)
O mais caro da família possui bancos de couro, rodas de 16 polegadas com face diamantada, acendimento automático dos faróis e sensor de chuva como diferenciais.


Todas as versões são vendidas em pacotes fechados, cabendo ao consumidor escolher apenas a pintura. As opções de cores para o Sandero são as novas azul Iron (exclusiva do hatch) e cinza Cassiopée, além de branco Glacier, prata Étoile, preto Nacré e vermelho Vivo. Para o esportivo Sandero R.S. 2.0 as opções são vermelho Fogo, branco Glacier, prata Étoile e preto Nacré.


Entre as opções de cores para o Logan estão a nova cinza Cassiopée, além de branco Glacier, prata Étoile, preto Nacré e vermelho Vivo. O bege Dune estreia como cor exclusiva do Stepway, que também é oferecido nas cores cinza Cassiopée, branco Glacier, prata Étoile, preto Nacré e vermelho Vivo.

Os motores permanecem os mesmos: 1.0 SCe 12 válvulas de três cilindros com duplo comando de válvulas variável na admissão e no escape, tecnologia inédita entre os motores de entrada, 82 cavalos e 10,5 kgfm com etanol; 1.6 SCe 16V de quatro cilindros com duplo comando de válvulas variável na admissão, 118 cv e torque de 16 kgfm com etanol, e 2.0 que entrega 150 cv e 20,9 kgfm com etanol, associado a um câmbio manual de 6 marchas, exclusivo do Sandero R.S., que atinge a velocidade máxima de 202 km/h e vai de 0 a 100 km/h em 8,0 segundos.


A novidade mecânica é o câmbio automático X-Tronic CVT, que passa a poder ser associado ao motor 1.6. Continuamente variável, ele possui modo sequencial na alavanca e simulação de 6 marchas. Esta transmissão traz o sistema Lock-up com Active Slip Control: a polia é liberada de forma gradual para que o torque seja transmitido de forma linear. 


Comentários