Nissan March e Versa 2019 estreiam novidades na central multimídia

Fiat Palio Fire, por R$ 23 990, recebe mudanças para 2014


Lançado em 2006, com base na segunda reestilização promovida três anos antes, o Fiat Palio Fire respondeu por boa parcela nas vendas do Palio, especialmente no período da quarta ''geração'' (2007 - 2011), na qual o visual não foi unanimidade entre os consumidores. Agora que o Mille se despede do mercado, o Palio Fire ganha modificações para se manter como o mais barato da marca e enfrentar o VW up!. Externamente, pouca coisa mudou. Os faróis ganham de volta os aros prateados, a grade superior é a mesma adotada no Fiat Albea (variação do Siena produzido na Turquia) e o logotipo Economy foi removido da tampa traseira.


As mudanças mais significativas estão no interior. O painel é similar ao do Siena EL, com quadro de instrumentos adaptado do Uno, saídas de ar circulares vindas do Doblò (que contrastam com os espaços retangulares em volta delas), novo rádio com entrada USB (sem leitor de CD) e bancos com novos tecidos.

Airbag duplo, freios ABS, indicador digital do nível de combustível, retrovisores com regulagem interna, relógio digital, luz de leitura dianteira e vidros verdes são de série. A boa notícia é a significativa redução de preços, mesmo incluindo a nova alíquota do IPI: a versão duas portas custa R$ 23 990 sem opcionais, enquanto o quatro portas sai por R$ 25 990. O ar-condicionado, opcional, custa R$ 2 350, 28% mais em conta.


Comentários