Detalhes do Renault Captur 1.6 Life automático, para o público PCD

Ford revela Explorer de polícia no Salão de Chicago



Nos Estados Unidos, a tolerância com criminosos é praticamente zero. E a Ford apresenta, nesta edição do Salão de Chicago, o Police Interceptor Utility 2016. Trata-se de um SUV Explorer adaptado "para proteger e servir". O modelo policial é produzido desde 2002, circula em aproximadamente 80 países e ajuda a Ford a dominar nada menos que 55% do mercado de viaturas norte-americanas. Externamente, as mudanças estão nos faróis, lanternas, grade, para-choques e iluminação (as luzes azul e vermelha estão nos faróis de neblina, nas capas dos retrovisores externos e na parte superior da grade).


Por dentro, o Police Interceptor Utility conta com blindagem nível III nas portas frontais (resiste a tiros de armas calibre 22, 38, pistola 9 mm, Magnum .44 e submetralhadora Uzi), sistema SYNC com tela colorida de quatro polegadas e comandos de voz, câmera de ré (que pode ter seu visor acoplado ao espelho interno), recursos como o Blind Spot Information System (alerta sobre a presença de veículos em pontos cegos da carroceria) e o sensor de estacionamento, além de iluminação interna especial.

Existem duas opções de motorização para o utilitário policial: 3.7 V6 de 304 horsepower e 38,6 kgfm de torque, além do 3.5 EcoBoost V6 de 365 HP e 48,4 kgfm.

O câmbio automático com seis marchas e alavanca na coluna de direção traz dois modos adaptativos ao estilo de direção: normal (poupa combustível) e Pursuit (realiza trocas mais rápidas), considerando a pressão exercida no pedal do freio e a aceleração lateral. Este modo de perseguição prevê inclusive a realização da manobra "J-turn" - engatar a ré, fazer uma derrapagem de 180 graus e continuar a perseguição no outro sentido.


Comentários