Detalhes do Renault Captur 1.6 Life automático, para o público PCD

Nissan apresenta o conceito elétrico IMx, e confirma Leaf para o Brasil


O principal destaque da Nissan para o Salão de Tóquio (Japão) é o carro-conceito IMx, elétrico autônomo que pode rodar mais de 600 quilômetros com uma recarga. O crossover traz uma atualização do auxílio autônomo de direção ProPILOT: ao ser ativado, o volante fica recolhido no painel e os bancos são reclinados para os passageiros relaxarem; quando o modo de condução manual é selecionado, o volante volta a ser operável e os assentos retornam à posição original, transferindo o controle ao motorista.




No Nissan IMx, o piso foi pensado para ser plano, ampliando o espaço disponível para cabine, mas com um centro de gravidade baixo em comparação a outros SUVs. São dois motores elétricos e tração integral. Combinados, os propulsores produzem 320 kW (equivalentes a 435 cavalos) e torque de 71,4 kgfm.



Depois de transportar seu proprietário a algum local, o IMx pode se estacionar e conectar à rede elétrica local, atuando como uma pequena usina de força ao retornar eletricidade para a rede, funcionalidade que já está presente atualmente no Nissan Leaf. 


Por fora, o IDx não nega os genes semelhantes a outros Nissan, como o forte vinco em V frontal que flui para capô e traseira. Os tons monocromáticos preto e branco são quebrados pelo vermelho aplicado nos filetes frontais e em raios das rodas.


Internamente, o quadro de instrumentos OLED se estende por todo o campo de visão dos ocupantes frontais. Impressoras 3D foram utilizadas para moldar peças como os apoios de cabeça. No lugar dos botões, controla-se o carro com movimentos oculares e gestos de mão.


Falando no Leaf, o hatch elétrico que nunca saiu totalmente dos planos da montadora no Brasil - lembra que até já fizemos um test-drive com o modelo em 2011? - finalmente poderá ser comercializado por aqui, após o fim das cotas de importação que condicionaram a atuação das montadoras automotivas durante a vigência do plano Inovar-Auto, que será descontinuado a partir de 2018. O provável é que seu lançamento ocorra no último trimestre do próximo ano, com apresentação no Salão do Automóvel de São Paulo.


IDx


Comentários