Project Car: o Peugeot 206 Soleil 1.6 do Victor!


Texto e Fotos | Júlio Max
Colaboraram | Airton Santos, José Moisés, Gabriel Cardoso, Evandro Lucas

Quem jogou Need For Speed Underground (tanto o primeiro, lançado em 2003, quanto o 2, de 2004) com certeza tem memórias com o Peugeot 206, um dos carros iniciais dos NFS com a maior possibilidade de personalização dos carros, no auge da era tuning. Nós do Auto REALIDADE encontramos em Teresina o 206 do Victor, um Project Car em andamento com detalhes bem interessantes e que lembram bastante o carro do game.


O Peugeot 206 foi apresentado ao mundo no ano de 1998, e já em 99 começou a ser vendido no Brasil - de início, importado da França e sempre com motor 1.6 8 válvulas de 90 cavalos. A partir de junho de 2001, ele passou a ser produzido nacionalmente em Porto Real (RJ). Contava com opções de carroceria de duas ou quatro portas, mas o 206 duas-portas era mais raro de se ver por aqui. E passou a ter duas opções de motor: 1.0 ou 1.6, este com 16 válvulas, 110 cavalos e 15 kgfm. A versão desde 206 é a Soleil, topo-de-linha entre os modelos de fabricação nacional na época (o nome significa "sol" em francês).


O estilo externo do Peugeot 206 foi considerado revolucionário na época em que foi lançado, com arrojos que não existiam nem mesmo em outros modelos da marca naquele tempo. Só anos depois viriam o 607 e o 307 na mesma linha de estilo. De frente, os faróis esticados se destacavam, assim como o capô com duas entradas de ar no canto direito, que se tornou uma de suas marcas registradas de estilo, junto com a luz traseira de neblina oval e central.


Este exemplar teve a pintura refeita, recebeu lanternas com lente transparente e fundo cromado (no estilo que se popularizou como "Altezza", em referência ao modelo da Toyota que também trazia lanternas assim) e ganhou rodas de 14 polegadas KR com pneus Pirelli e pinças de freio pintadas. Aqui, vale lembrar que o 206 já trazia freios a disco nas 4 rodas.


Este Peugeot também traz escape de inox (de 2 polegadas), abafador esportivo da Racechrome, downpipe, manta térmica, filtro de ar esportivo/intake em inox, e recebeu troca de óleo do motor e filtro + aplicação do condicionador de metais Militec.


Por se tratar de um carro com mais de 15 anos de idade, também se fez necessário trocar os rolamentos dianteiros, conter vazamentos do cabeçote e cárter, trocar os retentores de óleo, da correia dentada e dos amortecedores dianteiros, além de fazer a limpeza da sonda lambda e a regulagem no corpo de borboleta, e ainda a reativação do ar-condicionado, a troca do display superior do painel (que exibe data e hora) e o ajuste para os ponteiros dos instrumentos funcionarem, assim como a troca da buzina e dos amortecedores da tampa do porta-malas.


O interior conserva a originalidade, com alguns detalhes feitos pelo Victor - como a pintura da moldura central do painel e das maçanetas em prata (similar à versão Quiksilver, lançada em 2002), além da troca da manopla de câmbio e das costuras do volante. A lista de equipamentos inclui airbag duplo, direção hidráulica, rádio e ar-condicionado, entre outros itens. 


Entre as curiosidades da parte interna estão os revestimentos dos bancos e portas em tecido azul (inclusive a tampa do porta-luvas tem o mesmo acabamento), as alças para deitar os bancos dianteiros e os botões dos vidros elétricos, que ficam entre os bancos para facilitar a produção com volante à esquerda e à direita. Já as janelas de trás basculam - um detalhe já raro naquela época.


Victor garante que outros upgrades estão a caminho. Estaremos no aguardo para conferir as próximas modificações!

Vem conferir mais fotos do Peugeot 206 Soleil abaixo!











Comentários