Novo Peugeot 208: marca confirma o elétrico e-GT para o Brasil


Prestes a ser lançada no Brasil, a nova geração do Peugeot 208 tem detalhes revelados pela marca. No início da semana, a montadora havia antecipado a disponibilidade do quadro de instrumentos digital configurável i-Cockpit 3D com projeção holográfica de algumas informações. Agora a marca antecipa imagens externas do novo hatch, que pretende ser tão disruptivo no segmento quanto foi o 206 em sua chegada ao País em 1999.





A marca confirma o que alguns flagras feitos durante gravações do comercial de lançamento entregaram: o Peugeot 208 será vendido aqui também em sua versão elétrica, a e-GT. Ele será vendido aqui como uma opção ecológica e esportiva, já que acelera de 0 a 100 km/h em 8,1 segundos. Sua força é equivalente a 136 cavalos e 26,5 kgfm de torque. As demais versões do novo 208 terão o mesmo motor 1.6 16v Flex (gasolina e etanol) já existente na geração anterior, que deixará de existir.



A nova carroceria é mais longa, mais larga e mais baixa que a do antecessor. De frente, o principal destaque está nos faróis "Full LED" com prolongamentos no para-choque, inspirado nos dentes de um sabre. O para-choque dianteiro se destaca pela grade ampla e que acomoda o logotipo da marca e a placa do veículo. Já o nome do carro vem grafado na parte superior, perto do capô. Já a traseira possui uma faixa em preto brilhante que atravessa a tampa do porta-malas e une as lanternas – por sua vez, com luzes que simulam três garras.

O quadro de instrumentos traz a tecnologia holográfica em três dimensões, para que algumas informações sobre a condução do veículo sejam projetadas em destaque à frente do visor principal. A tela diante do volante possui cinco modos de visualização, sendo dois deles personalizáveis.

O interior manterá o volante de dimensões compactas, com os instrumentos por cima do volante, para minimizar distrações ao tirar a visão da estrada. Ao centro haverá a tela sensível ao toque do sistema multimídia, com teclas logo abaixo que oferecem acesso direto às principais funções do veículo.

Fabricado em El Palomar, na Argentina, o novo Peugeot 208 marca a estreia da plataforma CMP (Common Modular Platform) no segmento de hatches. Tal plataforma permitiu que o 208 elétrico usasse a mesma arquitetura das versões com motor tradicional. A marca também promete que o novo hatch terá novidades tecnológicas de assistência à direção e segurança.

Comentários

  1. Tenho um 208 2017 1.2 esperava o turbo 1.2 não vem para o Brasil. Fiquei chateado eu acho que a peugeot pisou na Bola agora vou mudar de planos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).