Destaques do Auto REALIDADE

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Mudar, mesmo vencendo [Alta Roda]


Quando a GM decidiu renovar toda sua gama de produtos no Brasil no intervalo de praticamente um ano, em 2012, sabia que quatro anos depois, em 2016, teria que repetir a maratona de lançamentos. Foram seis, em sete meses. Estreiam agora, de uma só vez, Onix e Prisma 2017 com duplo desafio: aperfeiçoar o visual e, ao mesmo tempo, atender as normas obrigatórias de eficiência energética de outubro próximo.


A renovação de estilo do Onix, atual líder de vendas do mercado, apesar de não acentuada, é fácil de reconhecer em razão de mudanças no capô, grade, para-choque e faróis. Um par de lanternas dianteiras no formato de fileira de LEDs pode até ser confundido com um farol DRL verdadeiro. No caso, se trata apenas de “assinatura visual” e, pela nova lei, obrigará o motorista a ligar os faróis baixos convencionais. Caberá às concessionárias explicar aos compradores, para evitar multas.


Quanto ao Prisma, além das mudanças na parte dianteira, recebeu novas lanternas traseiras e um discreto defletor na tampa do porta-malas. Foi uma solução de compromisso, pois sedãs compactos costumam dar mais trabalho aos desenhistas pelo desbalanceamento de volumes entre frente e traseira. Ajudou no equilíbrio de linhas e dinâmico do Onix/Prisma a diminuição de 1 cm na altura total por meio de mudanças nas suspensões. Isso é muito raro de acontecer em modelos produzidos para o país dos quebra-molas ou lombadas. A maioria dos carros fica mais alta aqui do que no exterior.


Porém, como esperado, a marca Chevrolet também embarcou na onda “aventureira” dos hatches compactos e apresentou o Onix Activ. A fórmula é a de sempre: altura de rodagem (3 cm maior, incluindo suspensões e pneus), acabamento diferenciado, barras de teto e mais equipamentos. Esta versão ainda não tem preço anunciado. O Onix começa em R$ 44.890 com motor de 1 litro e vai a R$ 59.790, de 1,4 L; Prisma entre R$ 53.690 e 64.690, de 1,4 L. A empresa ainda não divulgou também o preço do sedã com motor de 1 L. O sistema OnStar oferece mais um pacote de serviços. Há, também, monitoramento de pressão de pneus.


A GM surpreendeu os competidores ao diminuir o consumo de combustível, obrigatório no programa Inovar-Auto, sem lançar nova família de motores. Avaliou o automóvel como um todo. Começou pela fórmula tradicional de pneus verdes e direção eletroassistida. Diminui o peso total do Onix em 32 kg e do Prisma em 34 kg, o que seria, mais ou menos, o ganho de massa se utilizasse um propulsor de três cilindros. Manteve os quatro cilindros e fez vários aperfeiçoamentos internos. Adotou câmbio de seis marchas, tanto manual (agora) quanto automático (já existente e reprogramado para menor consumo), além de ajudar na diminuição de rotações e nível de ruído a bordo.


Os modelos Chevrolet foram os últimos a aderir ao Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV). Neste período a engenharia estudou o ciclo de medição de consumo em laboratório e concluiu que estava apta a atender ao prazo fatal, com nota A no segmento, a preço conveniente. No entanto, não vai “escapar”, adiante, do motor de três cilindros já existente na Europa, quando se anunciar a segunda rodada do PBEV, a partir de 2018.



RODA VIVA


HONDA mudou de estratégia em relação à décima geração do Civic (quinta, no Brasil). Manteve o motor flex de 2 litros em três versões tradicionais. Lança uma quarta versão, Touring, para concorrer com modelos mais caros das marcas alemãs. O motor de 1,5 litro turbo, injeção direta, 175 cv e 22,4 kgfm, inicialmente apenas a gasolina, será flex quando nacionalizado.


PRIMEIRAS unidades chegam ao mercado no final de agosto. O Civic cresceu em dimensões internas e ganhou espaço no banco traseiro. Ficou mais baixo e aerodinâmico sem afetar o conforto dos ocupantes. O motorista tem melhor visibilidade e resposta mais direta da direção. Câmbio automático CVT, de sete marchas virtuais, tem trocas até aceitáveis.


PREÇOS do novo Civic subiram bastante. Começam em R$ 87.900 e vão a R$ 124.900. Provavelmente, a Honda decidiu segurar a demanda inicial via preço até o mercado voltar a crescer e permitir abrir a segunda fábrica, que está pronta. Como a situação pode perdurar mais um ano, o preço ficaria “congelado” e a inflação afetaria os concorrentes.


OUTRO modelo que recebeu impacto da desvalorização cambial e do imposto adicional de importação dos EUA é a nova geração do SUV médio-grande Ford Edge. O preço da versão única alcança R$ 229.900. Tem tração 4x4 e pacote tecnológico que inclui controle de cruzeiro adaptativo, câmara frontal de visão 180° e cintos de segurança infláveis no banco traseiro.

ESTUDOS feitos na Alemanha indicam que uso de cintos de segurança traseiros por crianças pode diminuir em mais de 50% lesões graves e/ou fatais em acidentes. Mesmo que os cintos, projetados para adultos, não sejam adequados para crianças, melhor ter essa proteção mínima do que nenhuma. Certo é seguir a legislação pela idade da criança.

Fernando Calmon (fernando@calmon.jor.br), jornalista especializado desde 1967, engenheiro, palestrante e consultor em assuntos técnicos e de mercado nas áreas automobilística e de comunicação. Sua coluna automobilística semanal Alta Roda começou em 1º de maio de 1999. É publicada em uma rede nacional de 98 jornais, sites e revistas. É, ainda, correspondente no Brasil do site just-auto (Inglaterra).


quarta-feira, 27 de julho de 2016

Chevrolet Onix Activ, com apelo aventureiro, chega partindo de R$ 57.190



A partir de agosto, chega às concessionárias Chevrolet a opção com visual aventureiro o Onix, batizada Activ, como a Spin. Confiante nos bons resultados de vendas de modelos com pegada off-road, trata-se do primeiro hatch da GM que aposta nesta vertente. Por fora, o Onix Activ aposta em para-choques com molduras prateadas ao centro e apliques sem pintura nas laterais, que se estendem para as caixas de roda e se prolongam pelas laterais. Os faróis combinam máscara negra e filetes de LEDs, disponíveis na versão LTZ, na qual se baseia.


Outros detalhes estéticos do Onix Activ são: rack de teto com suporte longitudinal traseiro, capas dos retrovisores pintadas de preto, adesivos foscos na coluna B e rodas com acabamento de superfície usinada, dez raios e 15 polegadas, calçadas em pneus 195/65. Maiores, os pneus e a suspensão recalibrada tornaram esta versão 3 centímetros mais alta e melhoraram o ângulo de ataque (do para-choque frontal) em 20%, o que para a Chevrolet é suficiente para superar terrenos mais acidentados e transpor pequenos alagamentos.



Serão seis opções de cores para a carroceria, entre elas o Laranja Burning das imagens (metálica). As outras são: Branco Summit, Prata Switchblade, Cinza Graphite, Vermelho Carmim e Preto Ouro Negro.


Por dentro, com a elevação da carroceria, o campo de visão do condutor foi ampliado em 40 milímetros em relação às outras versões. No interior, a cor laranja convive com os tons pretos nos revestimentos de porta, nos bancos e no painel. Há ainda uma plaquetinha "Activ" no porta-luvas.


A lista de equipamentos de série engloba direção elétrica progressiva com ajuste de altura (com recurso que compensa a inclinação da via em longos percursos e reduz as trepidações geradas pelo desbalanceamento das rodas), ar-condicionado, câmera de ré (reservada ao Prisma LTZ), banco do motorista com regulagem de altura, sensor de chuva com ajuste automático de intensidade do limpador de para-brisa, sensor de estacionamento traseiro, painel com velocímetro digital, bússola e indicador de mudança de marcha; cintos dianteiros com regulagem de altura, ajuste elétrico dos retrovisores, travas e vidros com acionamento remoto pela chave, entre outros.


Também é de série a segunda geração do sistema multimídia MyLink com tela de 7 polegadas sensível ao toque, espelhamento da tela de smartphones compatíveis com as tecnologias Android Auto e Apple CarPlay, além da central de atendimento OnStar, que permite, por meio de aplicativo no celular, conferir a quilometragem total percorrida e a pressão dos pneus, além de solicitar auxílio na recuperação veicular em caso de furto ou roubo - o carro pode ser monitorado e ter seu motor bloqueado remotamente pela Central de Atendimento, facilitando o trabalho da polícia - e as seguradoras costumam oferecer descontos para donos de carros equipados com esse tipo de tecnologia.


O OnStar também recebe orientações de navegação por setas e/ou instruções de voz pelo sistema multimídia. Pressionando um botão no retrovisor interno, contacta-se a uma central com atendimento humano que oferece serviços como pesquisas rápidas na internet, além de assistência mecânica, elétrica ou médica. No caso do hatch Activ, a Chevrolet oferecerá o OnStar em cortesia por um ano no pacote de serviços Exclusive (que inclui Diagnóstico, App/Web, Segurança, Emergência, Concierge e Navegação).


As teclas de avançar e retroceder do MyLink foram deslocadas do visor para a parte direita do aparelho e o botão do volume passa a ser giratório - há ainda comandos no volante. Além disso, a entrada USB permite agora conectar - por meio de um hub - externo dois dispositivos USB e um iPod, por exemplo, enquanto até 20 celulares podem ser emparelhados com o Bluetooth, sendo que somente um celular pode ser conectado de cada vez. O aparelho informa data, hora e temperatura externa, permitindo configurar vários parâmetros, como se o travamento das portas será automático ou qual período os faróis deverão permanecer acesos após o acionamento do alarme.


O Onix Activ incorpora as mudanças mecânicas pelas quais passaram Onix e Prisma. O motor 1.4 SPE/4 ECO é o mesmo, porém com adaptações para economizar combustível. Seu conjunto de pistões e bielas foi redesenhado, e o tipo de óleo lubrificante também sofreu alteração, enquanto o módulo eletrônico, responsável por controlar as diversas funções do motor, está mais ágil. Novo sistema de arrefecimento, freios de baixo arrasto e novo sistema de gerenciamento de cargas elétricas completam o pacote. Além disso, tanto o câmbio manual como o automático são de seis marchas.


O 1.4 desenvolve 98/106 cavalos de potência a 6000 rpm e 13,0/13,9 kgfm de torque a 4800 rpm (quando abastecido com gasolina com 22% de álcool e etanol, respectivamente). O Onix Activ 1.4 manual consome, com gasolina no tanque, 12,3 km/l na cidade e 13,8 km/l na estrada. Com etanol, faz 8,4 km/l (cidade) e 9,4 km/l (estrada).



Com garantia de 3 anos, o Onix Activ 1.4 manual tem preço de tabela de R$ 57.190. Já a versão das imagens (automático + pintura metálica) custa R$ R$ 64.540.




Renault Koleos, que será vendido no Brasil, é revelado em detalhes


A Renault pretende explorar o potencial do segmento de utilitários esportivos atuando em várias frentes de ataque. Até o final do ano, o Clio será substituído pelo Kwid, compacto com estilo aventureiro (ao estilo de Mobi Way e cross up!). Já no segmento premium, a aposta é o Koleos, lançado em 2007 e que este ano estreia sua segunda geração, inteiramente nova e que carrega as diretrizes que nortearam o desenvolvimento dos mais recentes modelos da montadora francesa.


O Koleos se propõe a ser um SUV autêntico, com tração nas quatro rodas, distância em relação ao solo de 21 centímetros, ângulo de ataque de 19º e âmgulo de saída de 26 graus. Externamente, o modelo se destaca pelos faróis e lanternas bastante prolongados, que aumentam a impressão de largura da carroceria (de 1,84 metro sem retrovisores), além da grade com filetes cromados, molduras de proteção nas portas, rodas de até 19 polegadas, barras de teto em alumínio e detalhes de estilo curiosos, como o aplique cromado que nasce nos faróis e se estende até as portas dianteiras.



Estarão disponíveis sete opções de cores - Ultra Silver, Universal White, Metallic Grey, Metallic Black, Mineral Beige, Meissen Blue e Solid White - além de quatro opções de rodas: Silver Grey Esquis (17 polegadas), Silver Grey Taranis (18 polegadas), Erbé Grey Argonaute (18 polegadas, com acabamento diamantado) e Erbé Grey Proteus (19 polegadas, com acabamento diamantado).



Por dentro, o Koleos acena com um interior espaçoso e que traz tecnologias aplicadas em modelos como o Talisman. Em comparação com um sedã tradicional, a posição de dirigir do Novo KOLEOS é 15 centímetros mais alta, fator diretamente ligado à sensação de segurança proporcionada pelos SUVs. Já a distância entre-eixos de 2,705 metros (o comprimento total é de 4,67 m) garante amplo espaço interno - como exemplo, os ocupantes dos bancos traseiros têm 28,9 cm de espaço para os joelhos. O console central é emoldurado por dois pilares.


Entre os acessórios disponíveis, estão: jogo de soleiras, engate de reboque removível, linha de acessórios de carga para o teto, incluindo as barras de teto QuickFix, capas cromadas para os retrovisores externos, defletores de ar dianteiros e traseiros, além de protetores para as soleiras das portas e do porta-malas, organizadores de porta-malas e acessórios para proteção da carga.



Os bancos do Koleos trazem espuma de densidade variável; nas versões mais completas, estão disponíveis assentos dianteiros com seis opções de ajustes por comando elétrico, ajuste elétrico do encosto, assentos e encostos aquecidos, com duas opções de temperatura, ventilação integrada, também com duas opções de temperatura, além de acabamento em tecido (Titan Black ou Platine Grey), tecido misto / TEP (Titan Black), ou couro (Titan Black, Platine Grey ou Siena Brown).


Na traseira, a parte posterior do banco possui forma de concha e os assentos podem ser aquecidos em duas opções de temperatura. Já o porta-malas traz capacidade de 600 litros, com assoalho plano, alças para rebater o banco traseiro em 60/40 de forma rápida (liberando espaço de carga de 1690 litros), abertura da tampa elétrica por movimento do pé sob o para-choque, além de 35 litros de espaço adicional, incluindo um porta-luvas de 11 litros e um recipiente de 7 litros no console central.



O interior lança mão de materiais resistentes a riscos, como o cromado acetinado presente no volante, na alavanca de marchas e nas molduras das saídas de ar. Painel e portas possuem superfícies macias ao toque, enquanto os revestimentos de couro dos bancos e dos apoios de braços exibem pespontos em tons contrastantes. Há ainda a seleção de luzes ambiente, que vai do verde e azul ao vermelho alaranjado e violeta. Também para promover o bom convívio entre os passageiros, está disponível o teto solar elétrico com área de 0,80 m².



A versão de entrada do Koleos vem de fábrica com um sistema de som que conta com uma tela de 4.2 polegadas em formato paisagem, oferecendo Bluetooth para chamadas telefônicas e streaming de áudio, além de rádio digital (conforme o mercado), entradas USB e auxiliar. A partir da versão intermediária, o modelo vem com o sistema multimídia R-LINK 2 (disponível com tela de 7 polegadas, em disposição horizontal, ou de 8,7 polegadas posicionada na vertical), que traz GPS com representação de construções em três dimensões, funções táteis de tablet (zoom com dois dedos, rolagem de página, arrastar e soltar, etc.), Bluetooth, entradas USB e auxiliar, tomada de 12 Volts e, dependendo da versão, entrada para cartão de memória, além de comandos de voz, quatro telas customizáveis, com widgets para um acesso rápido às funções mais utilizadas, opção de som Bose com 13 alto-falantes acesso a aplicativos disponíveis através da loja R-LINK Store e dados de condução (velocidade, rotações por minuto, consumo de combustível etc.) exibidos no computador de bordo em uma tela colorida personalizável de 7 polegadas.



As portas contam com ângulos de abertura de 70 e 77 graus na frente e atrás, e o design delas evita que as soleiras fiquem sujas. Por se tratar de um modelo a ser vendido em diversos locais do mundo, há recursos para determinados países, como volante e o para-brisa aquecidos, além da partida remota pela chave. Até o filtro de cabine é um opcional a depender da região.



Em termos de segurança, o Koleos traz airbags frontais adaptativos, airbags laterais para os passageiros dianteiros, airbags de cortina, encostos de cabeça que protegem contra lesões (o chamado "efeito chicote"), bancos dianteiros anti-mergulho, fixação ISOFIX e cintos de segurança equipados com pre-tensionadores e limitadores de carga, além dos controles eletrônicos de estabilidade (ESC) e de tração, assistência à frenagem, distribuição eletrônica da frenagem e assistência de partida em ladeiras. A depender do mercado, há ainda o sistema de Frenagem Automática de Emergência (AEBS), o Alerta de Saída de Faixa (LDW), Alerta de Pontos Cegos (BSW), Detector de Fadiga (UTA), câmera de ré, acendimento automático dos faróis baixo ou alto (AHL), sensores de estacionamento (traseiro e laterais) e sistema de estacionamento semi-automático (Easy Park Assist).


A depender do mercado, o Koleos terá duas motorizações movidas a gasolina e outras duas a diesel. O 2.0 a gasolina de quatro cilindros e 16 válvulas, duplo comando de válvulas e injeção direta entrega 145 cavalos a 6000 rpm e torque de 20,4 kgfm a 4400 rpm, com mais de 80% do torque disponível a partir de 2400 rpm, podendo ser associado a um câmbio manual de 6 marchas (apenas nas versões 2WD) ou ao automático X-Tronic CVT (versões 2WD ou 4WD).



Já o motor 2.5 a gasolina de 16 válvulas, 4 cilindros e duplo comando de válvulas rende 170 cv a 6000 rpm, com torque de 23,8 kgfm a 4000 rpm - mais de 20 kgfm disponíveis a partir de 1800 rpm. Terá opções de tração em duas ou quatro rodas, esta última com câmbio CVT.



Os motores a diesel atendem à norma Euro 6 e são equipados com Stop & Start (desligamento automático em paradas para poupar combustível), catalisador-acumulador de NOx e filtro de partículas. O 1.6 dCi rende 130 cavalos a 4000 rpm e torque de 32,6 kgfm de 1750 a 2250 rpm, com tração dianteira e câmbio manual de 6 marchas ou CVT, enquanto o 2.0 com turbo de geometria variável, injeção direta common rail e injetores piezelétricos rende 175 cv a 3750 rpm e torque de 38,8 kgfm disponível entre 2000 e 3000 rpm, também com opções de transmissão automática X-Tronic (versões 2WD e 4WD) ou do câmbio manual de 6 velocidades (apenas para as versões 4WD), conforme o mercado. 


Curta a página do Auto REALIDADE!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...