Nissan March e Versa 2019 estreiam novidades na central multimídia

Renault apresenta linha 2015 do Kangoo


A Renault reestiliza mais uma vez o Kangoo - é a terceira intervenção na mesma carroceria em 14 anos de mercado. As modificações são similares às adotadas na versão Sportway argentina (veja aqui): o furgão ganha novo para-choque dianteiro parcialmente pintado (compare com a versão anterior, à direita), nova grade (semelhante à do Clio) e novos logotipos na traseira. Internamente, o Kangoo conta com novos tecidos dos bancos, quadro de instrumentos idêntico ao do Clio, além dos agora obrigatórios freios ABS e airbag duplo de série.


O Kangoo traz capacidade de carga de 800 quilos (como comparação, o Fiat Fiorino leva 650 kg) e as portas traseiras assimétricas com amplo ângulo de abertura de 180º.

O furgão da Renault fechou 2013 com 17,5% de participação de mercado, crescimento de 4,7% em comparação com 2012, resultado recorde desde o seu lançamento no Brasil.


Seu motor segue idêntico: é o 1.6 16V Hi-Flex de 95/98,3 cavalos (utilizando gasolina/etanol, nesta ordem) @ 5000 rpm e torque de 15,1/15,3 kgfm (também utilizando gasolina/etanol, respectivamente) @ 3750 rpm. O tanque de combustível comporta 52 litros.


As rodas do Kangoo 2015 são aro 14" são de aço, sem calotas. O Renault traz barra dupla de proteção para motorista contra invasão de carga, repetidor de pisca lateral, protetor de cárter do motor e transmissão, regulagem elétrica dos faróis com comando interno, pontos de fixação de carga internos, brake ligh, ar quente e porta-objetos no console central.


O Kangoo 2015 tem preço de R$ 40 850. Sua porta lateral direita é opcional (por R$ 1000 a mais). As cores metálicas Cinza Quartz e Prata Etoile adicionam R$ 1200. A direção hidráulica é paga a parte (R$ 2100); já o Pack Conforto, que engloba ar-condicionado e direção hidráulica, custa R$ 4700. O CD Player é um acessório oferecido nas concessionárias.


Comentários