Nissan March e Versa 2019 estreiam novidades na central multimídia

Confira 10 dicas para eliminar os riscos e preservar a pintura de seu carro


Quando o assunto é conservação do automóvel, uma das principais preocupações do proprietário é em relação à pintura. Os riscos interferem na aparência do veículo e afetam o valor de revenda. No entanto, pintar o carro deve ser a última opção. Hoje há inúmeras alternativas mais simples e baratas. Pensando nisso, a ChipsAway, especializada no reparo rápido de riscos e amassados em latarias ou para choques, listou dez dicas para preservar a cor do seu carro.



1 - Limpeza

Antes de qualquer coisa, o proprietário deve lavar e secar bem o veículo. A área do risco merece atenção especial. Borrife água no local para retirar grãos de areia, cascalho ou poeira que possam ter se alojado no risco.


2 - Lixamento

Utilize a lixa de grão 2000 com cuidado, pois o objetivo é a retirada apenas da primeira camada da pintura, o verniz. Lixe somente na direção do risco. Durante o lixamento, enxágue a área trabalhada em intervalos regulares. Isso servirá para ver se o risco diminuiu.


3 - Combinação de lixas

Se o risco for mais profundo que o verniz, comece o trabalho com a lixa 1500. Após nivelar a superfície, passe para a de grão 2000. Esta removerá os riscos gerados pela lixa mais grossa. Jamais permita que qualquer sujeira fique entre a lixa e a pintura, já que poderá causar danos maiores.


4 - Água

Enxágue a área até que ela fique completamente limpa e seca. Utilize sempre tecidos novos e de qualidade para secar o local. Nunca use aquele pano velho que fica na garagem pegando poeira. Ele pode causar novos danos à pintura.

5 - Hora da massa

Aplique a massa de polimento na área previamente preparada. Use o disco da politriz para espalhar o produto no local que foi lixado. Por conta de seu efeito abrasivo, a massa deixará a superfície lisa, pronta para receber a cera automotiva.


6 - Polimento

Acione a politriz em velocidade baixa, movimentando o equipamento na área por cerca de 10 segundos. Eleve a velocidade para 2.000 rpm e continue polindo por mais um minuto. Faça movimentos laterais com a máquina. Depois, mova o equipamento para baixo. Essa etapa do trabalho pode levar até cinco minutos, dependendo da potência da politriz e da profundidade do risco. E lembre-se de manter a máquina em movimento constante.


7 - Mais água

Nova lavagem da área. Dessa vez, utilize uma toalha para a retirada dos resíduos de massa. Isso deve ser feito imediatamente, pois os restos do produto podem aderir à lataria.


8 - Cera

Chegou a hora de encerar a área. A cera funciona como selante da pintura. Aplique o produto com uma máquina orbital de polimento.


9 - Último banho

Para encerrar, lave mais uma vez a área reparada. Veja se todos os riscos foram realmente removidos.


10 - Dica final

Como forma de preservar a pintura, tenha especial cuidado com a chuva, pois ela contém elementos abrasivos. O ideal é após parar de chover, o proprietário jogar sobre o carro água da torneira. Isso vai ajudar na retirada desses agentes corrosivos. Lembre-se que, caso esses riscos sejam muito profundos.

A ChipsAway salienta que esse passo a passo é destinado a pequenos riscos. Para danos maiores e uma solução definitiva será necessária a repintura. E para esses casos a empresa oferece os serviços em lojas dentro de shoppings centers, de rua ou até mesmo móveis, em que é possível visitar o seu trabalho ou na sua casa. Os serviços custam a partir de R$ 390. Para mais informações, acesse: www.chipsaway.com.br.

Comentários