Fiat Grand Siena Tetrafuel volta ao mercado custando R$ 55 680


A Fiat está se especializando em trazer de volta carros que todos achavam que já tinham saído de linha. Depois de ressuscitar o Uno Way em outubro de 2018 (após ter retirá-lo de catálogo em junho), agora reinicia a produção do Grand Siena 1.4 Tetrafuel, preparado de fábrica para aceitar gasolina brasileira (com 27% de etanol), gasolina pura, etanol e gás natural (GNV). O sedã possui garantia de um ano para kits de GNV de quinta geração instalados por convertedores certificados pelo INMETRO. A garantia do carro inteiro permanece sendo de 1 ano, mas motor e câmbio são cobertos por 3 anos.


Com os cilindros de gás instalados no porta-malas (reduzindo a capacidade útil de 520 para 390 litros), o Fiat Grand Siena Tetrafuel é baseado na versão Attractive 1.4. O cabeçote do motor tem válvulas e sedes de válvulas que são produzidos com material mais resistente e com geometria diferenciada para a versão. Já o coletor de aspiração foi projetado para receber na posição correta os bicos injetores de gás.


Com preço de R$ 54 990, o Grand Siena demanda mais R$ 690 para receber a preparação para GNV, fora o valor dos cilindros. Mas segundo a marca, pode haver recuperação do valor investido no kit GNV a partir de seis meses – para quem três mil quilômetros por mês, e dependendo do preço dos combustíveis. 


A lista de equipamentos de série inclui ar condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros com função um-toque e recurso anti-esmagamento, lane change (um leve toque na chave de seta aciona a luz de direção 5 vezes), computador de bordo, preparação para rádio, alertas de limite de velocidade e manutenção programada, faróis biparábola e follow me home (faróis permanecem acesos segundos após o desligamento do motor).


Comentários