Um tour pelo novo Audi Center Teresina


Em meados de abril, o Audi Center Teresina, que antes operava em um espaço compartilhado com os Volkswagen na autorizada Alemanha (Volkswagen) da avenida João XXIII, ganha independência com uma loja inédita, de frente para a Canadá (Chevrolet) e com ampla área envidraçada, destacando o ambiente e aproveitando a iluminação natural. As obras iniciaram em meados de 2014, e agora, recebe os modelos da marca alemã. Uma curiosidade é que a entrada da concessionária não fica à frente da fachada, e sim pela lateral esquerda (foto abaixo). 



No showroom do Audi Center Teresina, todos os carros estão direcionados para a entrada principal; com bem mais espaço disponível (livres da necessidade de dividir espaço com Golf, Passat, Tiguan, Jetta...), há exemplares do A1 ao R8 - e os modelos mais bem-sucedidos, A3 Sedan e Q3, estão em maior quantidade e em diferentes versões. 


O A1 Sportback Attraction é o Audi em embalagem econômica (de 3,95 metros de comprimento, 1,75 m de largura e 1,42 metro de altura), que já oferece câmbio S tronic de dupla embreagem e 7 marchas, teto solar panorâmico "Open Sky" (opcional do pacote Style), além de itens como ar-condicionado manual, banco do motorista com regulagem de altura, banco traseiro bipartido, teto com forração de tecido, faróis de bi-xenônio com ajuste automático de altura e rádio MMI (com entrada para cartão SD, rádio/CD Player, conectividade com celular e informações sobre o carro, com imagens na tela colorida retrátil manualmente).



Em termos de design, é mais recatado que o saudoso A1 Sport de duas portas (em especial pelas rodas aro 15''), mas conserva o arco lateral em pintura contrastante. Seu preço de tabela é de R$ 95 990, com motor 1.4 TFSI de 122 cv, mas há uma versão mais completa (Ambition) que custa R$ 105 990.


O A3 Sportback Attraction, irmão do Golf VII, conta com o motor 1.4 TFSI de 122 cavalos e o câmbio S tronic. Entre os itens de série, freio de estacionamento elétrico (ausente nos Golf mexicanos e no A1), volante revestido em couro com shift-paddles para trocas manuais de marcha, direção eletromecânica, rádio MMI com tela eletricamente retrátil, bancos dianteiros com regulagem de altura e airbags frontais, laterais e de cortina. Esta versão sai por R$ 99 900.


Sucesso em Teresina, o A3 Sedan está disponível com motores 1.4 ou 1.8 TFSI, e nas versões Attraction 1.4 e Ambition 1.8 (este último traz pacote completo de equipamentos: ar-condicionado digital dual-zone, bancos de couro sintético, teto panorâmico, volante de três raios com comandos de som e shift paddles, banco do motorista com ajustes elétricos, computador de bordo com tela colorida no quadro de instrumentos e cintos de segurança com sensor de afivelamento). Em breve começam a chegar à lojas as unidades fabricadas em São José dos Pinhais (PR), com motor flex-fuel. A versão 1.4 de entrada é tabelada em R$ 96 990; já a versão topo-de-linha sai por R$ 138 990.




O A5 Sportback, que recentemente estreou a motorização 1.8 de 170 cavalos (uma tentativa de reduzir o consumo de combustível sem penalizar tanto o desempenho da versão 2.0), é o A4 na carroceria "cupê de quatro portas". Seu câmbio é o Multitronic CVT com oito marchas virtuais; entre os itens de série, da versão Attraction, estão: sistema de som multimídia com comandos em "joystick", duas entradas para cartão SD e uma para cartão SIM, ar-condicionado automático, pacote de luzes internas e rodas aro 17''. O preço é de R$ 155 990, sem incluir as rodas do modelo das imagens...


SUV mais vendido da Audi no Brasil, o Q3 está disponível unicamente com o motor 2.0 TFSI de 170 cavalos (ou 211 cv no modelo topo-de-linha) e nas versões Attraction, Ambiente e Ambition, em ordem crescente de nível de equipamentos. Desde a versão de entrada, o Q3 vem com seis airbags, sistema de som com 8 alto-falantes, comandos no volante e tela central colorida manualmente escamoteável, computador de bordo, controle de estabilidade e freio de estacionamento elétrico. A versão Ambiente traz a mais itens como teto panorâmico elétrico, ar-condicionado com duas zonas de temperatura e saídas de ar para quem senta atrás, controlador automático de velocidade e sensor crepuscular, entre outros. Os preços partem de R$ 141 990.



No Brasil, o Q5 é oferecido em três versões: Attraction, Ambiente (ambas com o motor 2.0 TFSI de 225 cavalos e câmbio tiptronic) e Ambition 3.0, com 272 cavalos. O modelo das fotos, Ambiente, conta com rodas aro 19'', teto solar elétrico panorâmico, tração integral, tela de 7 polegadas com navegação e conectividade com telefone, câmbio de oito marchas e 11 alto-falantes. Preço de tabela: R$ 222 700.


Em breve, o TT estreia nova geração no Brasil - mas o cupê, lançado em 1998 e reestilizado em 2006, conserva a fórmula "carroceria compacta + esportividade" que o consagrou. O modelo 2014 está tabelado em R$ 209 500 e traz motor 2.0 TFSI de 211 cavalos e 35,7 kgfm, dados semelhantes a modelos como o Jetta TSI. O Audi, entretanto, traz uma carroceria curta (4,2 metros de comprimento) e relativamente leve (1355 quilos), o que favorece o desempenho: aceleração de 0 a 100 km/h em 6,0 segundos e velocidade máxima de 245 km/h. Internamente, apesar dos bons materiais, a idade pesa em detalhes como o sistema de som, com tela monocromática vermelha e que exige uma senha de 4 dígitos para ter acesso - como no rádio do Volkswagen up!.




O R8 é outro que já está completamente renovado na Europa, e em breve a segunda geração ganha a versão Spyder. Apesar disso, o atual modelo - lançado em 2010 e que passou por apenas um face-lift - é dono de um estilo com forte personalidade. Esta é a versão V10 quattro, que é equipada com o motor 5.2 de 532 cavalos e 54 kgfm de torque. Tabelado em R$ 911 990, só não é mais caro que a versão R tronic (R$ 958 990), mas pechinchando você pode levar o Spyder por R$ 810 mil - ainda assim, valor que o posiciona como um dos automóveis 0km mais caros de todo o Piauí.



Por fim, o SQ5 é a versão furiosa do Q5 e está em um espaço à parte, à direita da entrada principal. Trazido do Audi Lounge em São Paulo (leia mais clicando aqui), seu motor 3.0 rende 354 cavalos (ante 272 cv do Q5 mais potente), 47,9 kgfm de torque, e a tração é integral. Discreto, o SQ5 se destaca pelo desempenho: acelera de 0 a 100 km/h em 5,3 segundos e alcança velocidade máxima de 250 km/h, limitada eletronicamente. Preço? R$ 331 990.




Comentários