BMW M5 chega mais forte à sexta geração


Produzido desde 1985, o BMW M5 estreia este ano sua sexta geração, mais eficiente e com apresentação pública marcada para o Salão de Frankfurt, em setembro. O novo M5 será a estrela do novo jogo Need For Speed: Payback. Com carroceria que emprega fibra de carbono e alumínio para diminuir peso, o sedan esportivo vem com o motor 4.4 V8 Biturbo M TwinPower, de 600 cavalos (entre 5600 e 6700 rpm) e torque de 76,5 kgfm disponível de 1800 rpm até 5600 rpm. Ou seja: de série, a potência do M5 é idêntica à das séries limitadas 30 Jahre M5 e Competition Package da geração que agora se despede. 

O câmbio é o automático M Steptronic de oito marchas, substituindo a transmissão automatizada de dupla embreagem e 7 marchas. Este conjunto leva o M5 de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos e de 0 a 200 km/h em 11,1 segundos, enquanto a velocidade máxima é limitada eletronicamente a 250 km/h, podendo ser elevada para 305 km/h com o pacote opcional M Driver.


Um dos principais diferenciais da nova geração é a tração integral em suplemento à tradicional distribuição de força só para as rodas traseiras. Com isso, a marca visa melhorar a dinâmica de condução e garantir maior praticidade no dia a dia. Mesmo com a tração nas 4 rodas, o novo M5 é cerca de 40 quilos mais leve que o anterior. É possível alternar entre modos de condução, como Comfort, Sport e Sport Plus. Dois botões vermelhos no volante (M1 e M2, referências a dois esportivos da marca) estão reservados para armazenar as preferências do motorista em relação a motor, transmissão, suspensão e Head-Up-Display. O M5 começa a ser vendido ano que vem na Europa, pelo preço base de 117 900 euros, e terá uma edição especial de lançamento limitada a 400 unidades (First Edition, por 137 400 euros).

Comentários