Enfim, Volkswagen revela o T-Roc: SUV tem tudo para se dar bem no Brasil


A Volkswagen revela seu quarto SUV, o T-Roc, que se junta ao Tiguan, ao Touareg e ao Atlas, comercializado nos Estados Unidos. Baseado sobre a plataforma modular MQB, que também serve a Polo e Golf, o T-Roc tem estilo bem-resolvido, com inspirações no carro-conceito homônimo que apareceu no Salão do Automóvel de São Paulo em 2016. A primeira aparição pública do novo crossover ocorre no Salão de Frankfurt, em setembro, e ao que tudo indica, o modelo deverá ser uma das atrações no próximo Salão de SP, em 2018.


Com opções de pintura em dois tons e cores que se estendem para o interior, o T-Roc se propõe a levar 5 pessoas e 445 litros no porta-malas. Rebatendo-se o encosto do banco traseiro, dividido na proporção 60/40, a capacidade de carga é ampliada para 1290 litros.


Todas as versões contarão com Front Assist (monitoramento frontal de veículos e pedestres com City Emergency Braking, que freia automaticamente na iminência de um acidente), frenagem automática pós-colisão (numa batida, reduz automaticamente a velocidade até 10 km/h), assistente de permanência na faixa de rodagem, ar-condicionado, central multimídia Composition Colour, além de luzes dianteiras e traseiras de LED.


Haverão ainda os pacotes visuais Sport, com estilo mais esportivo e bancos dianteiros com abas pronunciadas, e Style, com quatro opções de cores para o painel. Opcionalmente, o T-Roc poderá receber: controlador de velocidade adaptativo (ACC), câmera de ré, alerta de tráfego traseiro, monitoramento de veículos em pontos cegos, Park Assist para manobras com função de freio, Traffic Jam Assist (para condução autônoma em congestionamentos), Emergency Assist, teto solar, tampa do porta-malas com acionamento elétrico e chave presencial com botão de partida.


O T-Roc terá três opções de motores turbinados a gasolina (TSI) e três movidos a diesel (TDI). Haverão opções com câmbio manual ou automatizado de dupla embreagem DSG de sete marchas, além de tração dianteira ou 4Motion. Com chegada às concessionárias europeias prevista para novembro, o modelo de entrada do T-Roc custará cerca de 20 mil euros.




Comentários

  1. Depende muito do preço dele, com o upgrade do Duster e outros que chegarão, a vida desse SUV/GOLF, não será nada fácil.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).