Volkswagen Jetta estreia versão básica 250 TSI por R$ 99.990


A Volkswagen passa a oferecer no mercado brasileiro uma terceira versão do Jetta (em complemento aos modelos Comfortline e R-Line). É a opção básica 250 TSI, que está chegando às mais de 500 concessionárias da marca com preço de R$ 99.990, ou exatos 10 mil reais a menos que o modelo Comfortline.


Evidentemente, o Jetta 250 TSI precisou perder vários equipamentos para chegar a este valor. Por fora, a nova versão é caracterizada pela ausência de faróis de neblina e câmera de ré. As rodas de 17 polegadas foram substituídas por outras de 16 polegadas (estilo "Sakado"), com pneus 205/60.


Por dentro, a ausência que se sente de cara é a falta dos revestimentos de couro no volante e bancos, bem como a iluminação ambiente. Para ligar o carro, abandona-se o cômodo esquema da chave presencial e partida por botão, sendo necessário girar a chave no tambor de ignição. O Jetta 250 TSI também não dispõe de retrovisor interno eletrocrômico, apoio de braço no banco traseiro nem GPS integrado ao sistema multimídia.

Mas, fora isso, a versão 250 TSI traz todas as outras características da nova geração do Jetta. O motor é o 1.4 TSI Total Flex (que rende 150 cavalos a 5000 rpm e 25,5 kgfm de torque de 1400 a 3500 rpm, com gasolina ou etanol) aliado ao câmbio automático de seis marchas, com conversor de torque e trocas sequenciais em um trilho na alavanca. Com esse conjunto mecânico, o Jetta 250 TSI acelera de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos e tem velocidade máxima de 210 km/h, independentemente do combustível.


O modelo de entrada mantém itens como faróis e lanternas com LEDs, ar-condicionado automático digital de duas zonas, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, sensor de chuva, seis airbags (dois frontais, dois laterais e dois do tipo cortina), controles de estabilidade e tração, bloqueio eletrônico do diferencial, sistema Start/Stop (para desligamento e religamento automático do motor em paradas), função de frenagem de manobra (freia o carro caso haja iminência de colisão traseira em manobras de marcha-à-ré), freio de estacionamento eletromecânico, assistente de partida em subidas, vidros, travas e retrovisores externos elétricos, volante multifuncional e o sistema multimídia Composition Media, que se difere fundamentalmente do Discover Media por não trazer o GPS nativo (e abandonar dois dos alto-falantes, mantendo os das portas). Com tela de 8 polegadas sensível ao toque e resolução de 800 x 400 pixels, traz comandos de voz, Bluetooth, duas entradas USB e o App-Connect, que permite espelhamento com smartphones (Android Auto, Apple CarPlay e Mirrorlink).

O Jetta possui 4,70 metros de comprimento, 1,80 m de largura (sem os retrovisores) e 1,47 m de altura. A distância entre-eixos é de 2,69 metros, e o porta-malas tem 510 litros de capacidade.


Assim como o Virtus e o Tiguan Allspace, o Volkswagen Jetta traz o Manual Cognitivo – que usa IBM Watson para responder aos motoristas perguntas sobre o veículo, incluindo informações contidas no manual do carro. 

A nova versão (assim como as demais) conta com 3 anos de garantia de fábrica, sem limite de quilometragem, e tem as três primeiras revisões gratuitas. O Jetta é oferecido em cinco opções de cor: três sólidas (Branco Puro, Preto Ninja e Vermelho Tornado) e duas metálicas (Prata Snow e Cinza Platinum).

Comentários

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).