Renault Duster com motor 1.3 Turbo e tração 4x4 chega à Argentina

No Brasil, a atual geração do Renault Duster foi lançada em março de 2020. Só agora, quase um ano e meio depois, o mercado argentino está conhecendo o novo modelo. Mas lá ele já chega com uma configuração que não temos no nosso mercado: contará motor 1.3 Turbo, tração integral (4WD) com seletor giratório no console entre os bancos e câmbio manual de seis marchas. Vale lembrar este mesmo motor estreia no Brasil no novo Renault Captur, com lançamento confirmado para o dia 7 de julho. Porém, no nosso mercado este motor é Flex, o que possibilita que o Captur tenha maiores números de potência (170 cv) e torque (27,5 kgfm). Já o Duster 4WD argentino, que roda apenas com gasolina, terá 155 cavalos e 25,5 kgfm de torque. Ainda assim, são números maiores que os do antigo motor 2.0 aspirado "F4R", de 143 cavalos e 20,2 kgfm de torque.

Externamente, o Duster 4WD é praticamente idêntico ao modelo Iconic 1.6 CVT brasileiro, com exceção da plaqueta "TCe 4WD" afixada do lado direito da tampa traseira. Antes alocado na parte vertical do início do console central, o seletor de tração (com modos de tração dianteira, distribuição automática de torque para o eixo traseiro caso necessário ou tração 4x4 blocada) passa a ficar em posição horizontal, atrás da alavanca de câmbio. Outra diferença do Duster 4WD é o menu de informações 4x4 do sistema multimídia, que exibe inclinômetros (transversais e longitudinais) e bússola. O Duster 4WD já é comercializado em outros mercados latino-americanos, como na Colômbia, mas ainda não existe previsão de quando o Brasil recebe esta versão.


Comentários

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).