Destaques do Auto REALIDADE

sábado, 16 de janeiro de 2016

Chrysler Pacifica: a sucessora da Town & Country


Após uma trajetória de mais de 25 anos como minivan, a Chrysler Town & Country deixa de ser produzida nos Estados Unidos, deixando para a linha 2016 uma série de 90 anos da marca. A sucessora atende pelo nome "Pacifica" - utilizado em um carro-conceito de 1999 que deu origem a um não tão bem-sucedido crossover produzido entre 2003 e 2007, e terminou sendo substituído pelo Dodge Journey. Agora, a Pacifica 2017 - com linhas vagamente baseadas no Chrysler 700C Concept - terá inclusive uma versão híbrida.

Visualmente, a Pacifica incorpora o estilo dos faróis que se unem à grade superior, visto no Chrysler 200C. Grandalhona por natureza, os vincos laterais e as formas fluidas das janelas e lanternas dão ar moderno ao design e colaboram em sua aerodinâmica - o Cx é de 0,30. A nova minivan também está até 113 quilos mais leve.

Rodas aro 17'', 18'' ou 20'' estarão disponíveis, assim como 10 opções de cores para a carroceria: Billet Silver Metallic Clear Coat, Brilliant Black Crystal Pearl Coat, Bright White Clear Coat, Molten Silver Metallic Clear Coat, Velvet Red Pearl Coat (nas imagens), Dark Cordovan Pearl Coat, Jazz Blue Pearl Coat, Tusk White Pearl Coat, Granite Crystal Metallic Clear Coat e Silver Teal Pearl Coat (este último exclusivo para a versão Hybrid).


Por dentro, aquele jeito diferentão de ser da Town & Country foi modernizado, com sistema Uconnect com tela de 5 ou 8,4 polegadas, teto solar panorâmico com seção fixa (todos os passageiros têm visão do céu), quadro de instrumentos com visor colorido de 7 polegadas e espaço para até 8 ocupantes. Existem cinco tipos de combinações de revestimentos, que homenageiam localidades dos Estados Unidos: Santa Monica (Califórnia), Soho (Nova York), Sonoma County (Califórnia), Santa Fe (Novo México) e Juneau (Alasca).


Há conveniências como destravamento das portas via chave presencial, ignição remota do motor, aquecimento e ventilação dos bancos, portas laterais elétricas acionadas por um movimento de chute na porta (válido também para abrir o porta-malas) e o Stow'N'Vac, aspirador portátil de fácil acesso a todos os cantos do habitáculo.


O recurso de rebatimento dos bancos Stow'N'Go permanece, inclusive na versão híbrida. Entre os itens de segurança, destaque para: assistente automático de estacionamento em vagas paralelas e perpendiculares, Forward Collision Warning-Plus (ativa os freios em caso de iminência de colisão à frente), LaneSense (caso o carro saia da faixa sem uso da seta, é aplicado torque à direção elétrica para manter o carro na faixa de rolagem), monitoramento de veículos em pontos cegos, câmera de ré, freio de estacionamento elétrico e controle eletrônico de estabilidade. Cinco assentos possuem a ancoragem LATCH para cadeirinhas infantis.



O sistema Uconnect, mais intuitivo, incorpora o sobrenome Theater nas versões dotadas de dois monitores traseiros de 10 polegadas, onde as crianças podem assistir filmes, brincar com jogos instalados na memória interna e acessar a Internet. O Access permite encontrar informações facilmente, como os preços dos combustíveis ou a listagem de filmes nos cinemas. De série há seis alto-falantes e o recurso Active Noise Cancellation, que reduz o nível de ruído interno, mas para quem é "audiófilo" vai partir para os sistemas de som opcionais da Alpine (13 alto-falantes) ou Harman Kardon (20 alto-falantes).


O novo motor 3.6 V6 Pentastar passa a render 287 horsepower e 36,2 kgfm de torque (10,9% mais torque que na Town & Country), associado ao câmbio automático de 9 marchas TorqueFlite e ao Start/Stop, que desliga o motor em paradas e o religa assim que se tira o pé do freio.


A Pacifica Hybrid se distingue pelo estilo do para-choque e das rodas, além de contar com um bocal no para-lama dianteiro para recarregar as baterias. Nesta versão, o quadro de instrumentos emite uma luz que indica o nível de carga. 


Esta versão será equipada com motor 3.6 V6 Pentastar a gasolina, que opera em ciclo Atkinson, um pouco menos potente (248 HP), associado à bateria de íon-lítio de 16 kWh e à nova transmissão EVT - continuamente variável e com dois motores que realizam a conversão elétrica do torque. Em modo elétrico, a minivan pode percorrer até 48 quilômetros. A Chrysler espera que a Pacifica Hybrid seja capaz de fazer mais de 34 km/l na cidade.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).

Curta a página do Auto REALIDADE!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...