Destaques do Auto REALIDADE

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Citroën Aircross 2016: detalhes das versões Live e Feel


No mercado desde setembro de 2010, o Citroën Aircross passa por intervenções estéticas para reconquistar sua clientela e atrair os órfãos do C3 Picasso. A maior mudança está na frente, com faróis mais delgados, que incorporam refletor elíptico para os fachos baixo/alto, além de luzes de pisca incorporadas à grade e seis pontos de LED para iluminação diurna.

O novo para-choque, com ângulo de ataque de 33 graus, lembra o ousado C4 Cactus. As lanternas ganham máscara escurecida, e o adesivo das portas traz novo grafismo.


A versão Live (que aparece na cor branca nestas imagens), tabelada em R$ 58 990, é a que traz estepe interno, assim como era no C3 Picasso. Dotado de motor 1.6 e câmbio automático, esta versão traz de série direção elétrica de assistência variável, ar-condicionado, airbags frontais, freios ABS com REF (Repartidor Eletrônico de Frenagem), rodas de liga leve aro 16'' "Tuco" com pneus Fuel Saver 195/55, volante com regulagem de altura e profundidade, retrovisores externos e vidros elétricos, banco do motorista com regulagem manual de altura, banco traseiro com encosto bipartido, computador de bordo, limpador e lavador traseiro, abertura e travamento remoto das portas, dois apoios de cabeça traseiros, protetor de cárter, barras de teto longitudinais, luzes diurnas de LED e, como opcional, a central multimídia com tela touch screen com sensor de estacionamento (R$ 60 390).


Já o Aircross Feel (R$ 63 290), com estepe na tampa traseiro, também traz estepe com roda de aço 16'' coberto por capa de proteção estilizada, pneus de uso misto 205/60, faróis de neblina, alarme ultrassom e, como opcionais central multimídia, câmbio automático e sensor de estacionamento traseiro, chegando a R$ 66 080 incluindo a pintura metálica.


A tela do sistema multimídia passa a estar mais ao alcance das mãos, com tela sensível ao toque de 7 polegadas. Ela traz rádio, Bluetooth (com reprodução de áudio), entradas USB (com corrente de um ampère) e auxiliar, calculadora, calendário, duplicação da tela do smartphone na tela da central multimídia através dos recursos Android Auto e Apple CarPlay, disco rígido com 16 GB de memória para armazenagem de músicas, reconhecimento de voz por meio de smartphone e, nas versões mais completas, câmera de ré. 


Pelo aplicativo Link MyCitroën, é possível conferir pelo celular informações como consumo de combustível, localização, percurso realizado, quilômetros percorridos, próxima revisão, entre outros. O GPS traz pontos de interesse (restaurantes, postos de gasolina e concessionárias Citroën), além de indicação de limites de velocidade em vias, modo dia/noite (de acordo com o relógio) e memória de trajetos, com modos de exibição em duas ou três dimensões e mapas de vários países da América do Sul (Brasil, Argentina, Chile, Peru, Uruguai, Colômbia, Venezuela e Guiana Francesa). 


Seu motor 1.6 passa a atender pela nomenclatura 120 VTi Flex Start, rendendo 115 cavalos a 6000 rpm com gasolina e, com etanol 122 cavalos a 5800 rpm. O torque é de 15,5 kgfm com gasolina e 16,4 kgfm com etanol, a 4000 rpm. Segundo a Citroën, 80% do torque está disponível a partir de 1500 rpm. O propulsor passa a utilizar óleo de baixa viscosidade e novos retentores para diminuir o consumo de combustível e, por consequência, as emissões de poluentes. 


Já o câmbio automático de quatro marchas traz modo sequencial (com trocas sequenciais nos Paddle-Shifts, modo Sport e função Eco Drive (que reduz o consumo de combustível urbano em até 5%).


O porta-malas acomoda 403 litros nas versões com e sem estepe interno, com volume que chega a 1500 litros com o rebatimento do banco traseiro.


Há seis opções de cores para a carroceria (Blanc Banquise, Blanc Nacré, Gris Aluminium, Gris Grafito, Perla Nera e Rouge Rubi). O Aircross possui 3 anos de garantia contratual e conta com plano de manutenção com preços fixos para as revisões em intervalos regulares de 10.000 quilômetros. A primeira revisão pode ser parcelada em até 4 vezes de 117 reais; na revisão de 20 mil quilômetros, o valor é de 4 x R$ 181; aos 30 000 km, paga-se 4 x R$ 161, na revisão de 40 mil km, são 4 parcelas de R$ 185; aos 50 000 km, 4 x R$ 185, e aos 60 mil quilômetros, 4 x R$ 263.


Versão Feel



Versão Shine



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Na seção de comentários do Auto REALIDADE você está livre para escrever o que você achou da matéria.

Caso você queira fazer perguntas maiores, incluir fotos ou tirar dúvidas, envie e-mail para blogautorealidade@hotmail.com

Sua opinião é muito importante para o Auto REALIDADE! Estamos a disposição no Facebook (http://www.facebook.com/AutoREALIDADE), no Instagram (http://www.instagram.com/autorealidade e no Twitter (@AutoREALIDADE).

Curta a página do Auto REALIDADE!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...