Volkswagen apresenta Jetta 1.4 TSI, partindo de R$ 78.230


Após anunciar a produção nacional do Volkswagen Jetta com motor 1.4 TSI, a montadora apresenta oficialmente o sedan à imprensa. As versões Trendline (de entrada) e Comfortline (intermediária) abandonam o motor 2.0 oito-válvulas aspirado de 120 cavalos em prol do propulsor menor, porém turbinado e com injeção direta de gasolina, rendendo 150 cavalos a 5000 rpm e torque 38% maior, de 25,5 kgfm já a partir de 1500 rpm.


Resultado: além de consumir menos combustível, o Jetta 1.4 TSI acelera de 0 a 100 km/h em 8,6 segundos e alcança a velocidade máxima de 203 km/h. O desempenho é igual tanto para o modelo Trendline com câmbio manual de seis marchas quanto para as versões equipadas com o câmbio automático de 6 marchas Tiptronic, com opção de trocas sequenciais pelo motorista. 

O Jetta manteve suas dimensões e conta com porta-malas com capacidade de 510 litros.


De série, todas as versões do Jetta trazem itens como controle eletrônico de estabilidade (ESC) e tração (ASR), bloqueio eletrônico de diferencial (EDS) com XDS, Hill-Holder (em aclives com inclinação acima de 5%, este recurso mantém o carro freado por até 2 segundos, após o motorista soltar o pedal do freio), direção elétrica e suspensão traseira do tipo multlink. No Trendline (R$ 78.230), vem de série o sistema multimídia Composition Touch para espelhamento de smartphones Android pela plataforma MirrorLink, com tela colorida sensível ao toque de 5 polegadas, rádio, CD e MP3 Player, Bluetooth e entradas USB, auxiliar e para cartão SD.

A versão Trendline também traz bancos revestidos em tecido preto, ar-condicionado manual com saída de ar traseira, rodas de liga leve Sedona aro 16'' com pneus 205/55, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, alarme com comando remoto, apoio de braço frontal com tomada de 12V adicional, iluminação da placa de licença em LED, volante com ajustes de altura e profundidade, além de freios ABS com distribuição das força de frenagem e assistente em frenagens de pânico. Com câmbio automático Tiptronic, o Jetta Trendline custa R$ 83.630.


Disponível exclusivamente com o câmbio automático de seis marchas, a versão intermediária Comfortline (R$ 89.750) traz volante revestido de couro com shift paddles e comandos do computador de bordo e dos sistemas de som e de telefone; acabamento interno em couro sintético native (preta ou bege), rodas de liga leve aro 16'' Atlanta e controlador automático de velocidade de cruzeiro (cruise control). Também é de série o Composition Media, com tela de 6.3 polegadas, sensível ao toque, colorida e de alta resolução.


Seus itens opcionais são o teto solar elétrico e o pacote Exclusive, que inclui central multimídia Discover Media, faróis com recurso Coming & Leaving Home, sensor de chuva, rodas Queensland de 17 polegadas e pneus 225/45, sistema Kessy (que permite abertura das portas por aproximação da chave e partida do motor por meio de botão) e ar-condicionado digital de duas zonas de temperatura (Climatronic).


Topo de linha, o modelo Highline (R$ 103.990) vem equipado com o motor 2.0 TSI, também com turbocompressor e injeção direta de combustível, com 211 cavalos associado ao câmbio de dupla embreagem DSG, de seis marchas. motor 2.0 TSI de 211 cv e transmissão automática DSG. Com este conjunto, o sedan acelera de 0 a 100 km/h em 7,2 segundos e chega à velocidade máxima de 241 km/h. O modelo traz rodas Lancaster, de 17 polegadas.

Em termos de equipamentos, traz como opcionais teto solar panorâmico e dois pacotes de equipamentos. O Exclusive acrescenta bancos de couro Vienna (com aquecimento para os assentos dianteiros, em opções de cores preto ou bege), sensores de chuva e de luminosidade, retrovisor interno eletrocrômico, retrovisores externos rebatíveis, porta-revistas no encosto dos bancos dianteiros e função Coming & Leaving Home, que acende a farol temporariamente ao entrar ou sair do carro.

Já o pacote Premium traz todos os itens do Exclusive, além do sistema multimídia Discover Media com GPS, comandos de voz, sistema Kessy (que permite abertura das portas por aproximação da chave e partida do motor por meio de um botão), faróis de xenônio nos fachos baixo e alto com luzes diurnas de LED e ajuste elétrico do banco do motorista.


O Discover Media (opcional) traz CD Player e duas entradas para cartão SD no porta-luvas, entrada auxiliar e USB (ambas à frente do câmbio, cobertos por uma tampa, como no Golf VII), pareamento de dois celulares no Bluetooth com operação de chamadas telefônicas, reprodução de áudio, locução de mensagens de texto (SMS) do celular e possibilidade de responder por meio de comando de voz a mensagem. Há também visualizador de fotos, vídeos e músicas, além do GPS com MapCare, que permite a atualização dos mapas gratuitamente.


O Volkswagen App-Connect, disponível para as versões Comfortline e Highline, permite espelhamento do smartphone com as plataformas MirrorLink (Android), CarPlay (Apple) e também com o sistema Android Auto (já preparado para futuros lançamentos de smartphones da Google). 


O Jetta também traz o mérito de obter cinco estrelas nos crash-tests (frontal e lateral) promovidos pelo Latin NCAP e no IIHS, instituto norte-americano de segurança viária que envolve duas simulações de colisão frontal ("small overlap" e "moderate overlap"), uma colisão lateral, outra de traseira e uma simulação de capotamento. De série, os Jetta Trendline e Comfortline trazem 4 airbags (frontais e laterais dianteiros), enquanto o Highline vem com 6 airbags (incluindo os de cortina), e todas as versões contam com fixação ISOFIX para cadeirinhas infantis.


Comentários