Nissan March e Versa 2019 estreiam novidades na central multimídia

Nissan conquista prêmios de "Marca Digital" e "Marca Verde do Ano"


A revista Autoesporte anunciou a montadora Nissan como vencedora das premiações "Marca Verde do Ano" e "Marca Digital do Ano", categorias que fazem parte do prêmio "Carro do Ano". A premiação digital foi justificada pela qualidade de prestação de serviço on-line, disponibilidade de informações sobre os modelos, facilidade de acesso, navegação, grafismo, frequência nas atualizações, canal prático e rápido para comunicação com a empresa, atuação nas redes sociais, interação com o público, entre outros aspectos.

Esta análise foi feita pelas equipes da redação da revista e do site da Autoesporte, que apontaram os finalistas - em seguida, um colegiado de profissionais do setor que apontaram a marca campeã.



Destacando-se com campanhas como a Quarta Atrevida e em publicações em sua página do Facebook, os próprios automóveis da Nissan trazem conectividade com smartphones através do Nissan Connect, que após o cadastro do consumidor vinculado ao número de chassi de cada carro, permite a conexão com a Pesquisa do Google e as atividades no Facebook. O sistema multimídia do March SL traz ainda CD Player, GPS, câmera de ré, além de tela sensível ao toque de 5,8 polegadas e comandos no raio esquerdo do volante.


Outra premiação da revista, que elege os destaques automotivos do ano desde 1966, foi o de marca mais engajada com a preservação do meio ambiente no Complexo Industrial da Nissan em Resende (Rio de Janeiro), e também os índices de emissões de poluentes e consumo de combustível dos modelos no sistema do Ministério do Meio Ambiente e do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).


Além de March, Versa e Sentra obterem a nota A no Programa de Etiquetagem Veicular do Inmetro, a Nissan demonstra interesse em comercializar no Brasil o elétrico Leaf, modelo que esteve presente no Inova Show e roda no país como táxi nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. A marca já havia vencido na categoria Marca Verde do prêmio Americar 2015, promovido pela associação de jornalistas automotivos latino-americanos - 52 profissionais de imprensa de 11 países.



Inaugurada em abril de 2014, a fábrica de Resende (que produz March e Versa, com os motores 1.0 12v três cilindros e 1.6 16v quatro cilindros), recebeu investimentos de R$ 2,6 bilhões e conta com ciclo de produção completo, da área de estamparia até as pistas de testes, incluindo chaparia, pintura, injeção de plásticos, montagem e inspeção de qualidade.

Os prédios da montadora apresentam sistemas de iluminação e ventilação naturais, que reduzem o consumo de energia. O sistema de tratamento de resíduos utilizados no processo produtivo visa a reutilização da água e separação de resíduos sólidos para destinação ao descarte. O objetivo é reduzir constantemente as emissões de dióxido de carbono e a geração de compostos orgânicos voláteis provocados pela produção.


Durante o processo de pintura (com uso de água como base), a aplicação da base e do verniz é feita logo em seguida da aplicação do primer, tornando o processo mais curto e reduzindo o consumo de energia. Os robôs utilizam cartuchos para a pintura, o que reduz a perda de tinta e solventes, diminuindo a emissão dos compostos orgânicos voláteis.

Além disso, uma área plantada em torno do complexo visa reduzir emissões e ruídos, respeitando o bioma original da região e ocupando, quando completo, uma área de mais de cinco hectares. A Nissan cuida da implantação de uma Unidade de Conservação Ambiental na área da Lagoa da Turfeira, que fica ao lado de seu complexo industrial e é habitat de mais de 150 espécies de aves.

Comentários