Quatro motivos para verificar o histórico do carro quando optar por um usado

Seat apresenta Ateca, primeiro SUV da marca espanhola


Com base na arquitetura do novo Volkswagen Tiguan, a Seat revela o Ateca, seu primeiro utilitário esportivo, na onda do crescimento geral do mercado de SUVs. As linhas do Ateca carregam o DNA característico da montadora espanhola controlada pelo Grupo VW. Os faróis com arestas "pontudas" são Full LED, com luzes de condução diurna em seu entorno. Ao abrir a porta, uma iluminação com o nome do carro é projetada no chão. A lateral exibe um porte atlético, enquanto a traseira traz lanternas que se infiltram na tampa do porta-malas. O nome Ateca remete a uma vila da Espanha a oeste de Zaragoza.


Por dentro, o Ateca também traz cantos vivos nas formas do painel e oferece equipamentos como central multimídia MediaSystem com tela de 8 polegadas sensível ao toque e ConnectApp com espelhamento da tela de smartphones compatíveis com Android Auto e Apple CarPlay; teto solar panorâmico, freio de estacionamento elétrico, seletor de modos de condução para terrenos variados e recarregador de bateria sem fio.



Com 4,36 metros de comprimento, o Seat Ateca possui capacidade do porta-malas de 510 litros para as versões com tração dianteira. Os modelos com tração nas quatro rodas trazem 485 litros de capacidade.


Todas as motorizações do Ateca são turbinadas. Movidas a diesel, existem as opções 1.6 TDI de 115 cavalos, que chega à marca de consumo de até 23,3 km/l, e 2.0 TDI (com 150 ou 190 cv). Também haverá o motor 1.0 TSI a gasolina, de 115 cavalos, e o 1.4 TSI (com desativação de cilindros de acordo com o peso a bordo do veículo), que gera 150 cavalos.


Entre os recursos disponíveis de segurança estão o controlador automático de velocidade ACC com Front Assist, reconhecimento de placas de trânsito, detector de veículos de pontos cegos e Top View, que mostra o que se passa no entorno da carroceria.


Comentários