Expedição Nissan Frontier visita as riquezas arqueológicas do Pará

Ford apresenta Ka Hatch e Sedan 2019, com face-lift, mais itens e câmbio automático



A linha 2019 do Ford Ka finalmente surge completa no mercado brasileiro. Hatch e sedan, lançados no Brasil há quase exatos quatro anos, passam por sua primeira reestilização, com as mesmas modificações que recebeu em mercados como o europeu e o indiano, onde também é comercializado. A grade agora traz cantos mais vivos, os faróis e lanternas ganharam um leve redesenho interno e os para-choques passam a contar com molduras de plástico preto (com cromados na versão Titanium). Para arrematar, todas as versões trazem novas rodas e calotas, de 14 ou 15 polegadas.



Na gama de versões, os modelos SEL (hatch), Tecno (hatch), Trail (hatch) e Advanced (sedã) saíram de cena; em compensação, a linha Ka ganha a opção da versão topo-de-linha Titanium, vendida somente com câmbio automático e que traz comodidades antes impensáveis num Ka, como chave presencial e partida por botão, bancos de couro, câmera de ré e seis airbags, entre outros itens. Porém, a nova grade de versões restringe os controles de estabilidade e tração ao modelo mais completo possível - um verdadeiro contrassenso se lembrarmos que, antes, o modelo SEL e depois o Tecno 1.0 já traziam estes importantes auxílios de segurança.



O câmbio automático de 6 marchas similar ao do EcoSport, com conversor de torque (não confundir com o câmbio automatizado, com dupla embreagem, ainda mantido no Fiesta e Focus), conta com opção de trocas sequenciais por botão no topo da alavanca, ao estilo de seu principal rival, o Chevrolet Onix. Conta também com posição Sport para as trocas de marcha automáticas ocorrerem em rotações mais altas do motor. Este câmbio estará disponível como opcional para todas as versões com motor 1.5.



Este motor, aliás, também é novo: o 1.5 Ti-VCT Flex de três cilindros é similar ao da versão básica do EcoSport, com rendimento de 128 cavalos com gasolina e 136 cavalos com etanol. O câmbio manual MX65 também recebeu aprimoramentos, oferecendo engates mais precisos e ficando 35 quilos mais leve (!). A direção, com assistência elétrica, está mais direta. Já o motor 1.0 Ti-VCT Flex de 80 cavalos com gasolina e 85 cv com etanol foi mantido sem alterações. A carroceria recebeu reforços estruturais para aprimorar rigidez torcional e a segurança, a suspensão traz uma nova calibração e a cabine agora está mais silenciosa, com a ajuda de itens como o para-brisa acústico.



O interior do Ka teve alterações no console para abrigar o novo rádio da versão SE e a central multimídia dos demais modelos. Os bancos passam a trazer revestimento de couro na versão Titanium e numa mescla de couro e tecido para o Ka FreeStyle, que vem ainda com painel parcialmente pintado de marrom e forro de teto escurecido.



A linha oferece sete opções de cores para a carroceria: as sólidas vermelho Arpoador (única sem custo adicional) e branco Ártico, a metálica prata Dublin e as perolizadas cinza Moscou, cinza Copenhagen, preto Bristol e marrom Trancoso, esta última exclusiva do FreeStyle.

As três primeiras revisões anuais durante o período de garantia somam R$ 1308 para os modelos com motor 1.0 e, curiosamente, R$ 1276 para os modelos 1.5. O cliente também tem a opção de contratar um dos planos Ford Protect, com três, quatro ou cinco revisões, que nestes últimos casos ampliam a garantia de fábrica em mais um ou dois anos, respectivamente. Todos podem ter o valor incluso no financiamento.



S 1.0 (R$ 45 490)
A versão mais básica do Ka, voltada a frotistas, vem de série com ar-condicionado, direção elétrica, rodas de 14 polegadas de aço com calotas, travas e vidros dianteiros elétricos (até a linha 2018, os quatro vidros eram acionados por manivela), além de computador de bordo, ajuste de altura do banco do motorista, preparação para som com 4 alto-falantes e porta-luvas iluminado. Em termos de segurança, além dos airbags frontais e freios ABS, traz fixação ISOFIX para cadeirinhas infantis, cintos de 3 pontos e apoios de cabeça para todos os ocupantes.


SE 1.0 (R$ 45 990)
Por 500 reais a mais, o Ka traz pintura nas capas dos retrovisores externos e maçanetas, som com Bluetooth, entrada USB, comandos de voz, banco traseiro bipartido rebatível e o "My Ford Dock" (um recipiente ajustável para o celular, com entradas auxiliar e USB para carregamento).


SE Plus 1.0 (R$ 48 490)
A partir desta versão, vem de série o sistema multimídia Sync 3 com tela de 6,5 polegadas, com espelhamento de tela de dispositivos compatíveis com Apple CarPlay e Android Auto, duas entradas USB, faróis de neblina, sensor de ré, retrovisores com ajuste elétrico e vidros elétricos nas 4 portas.


SE 1.5 manual (R$ 51 990)
Traz os mesmos equipamentos de série da versão SE 1.0, mas vem com o motor 1.5 de 136 cavalos.


SE Plus 1.5 manual (R$ 54.490)
Vem com os itens de série da versão SE Plus 1.0.

FreeStyle 1.5 manual (R$ 63 490)
Além dos equipamentos do Ka SE Plus 1.5, a versão aventureira vem com 6 airbags (frontais, laterais dianteiros e de cortina), controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistente de partida em ladeiras, bancos revestidos parcialmente em couro, câmera de ré, rack de teto com capacidade de 50 quilos e rodas de liga leve de 15 polegadas.


SE 1.5 automático (R$ 56 490)
Traz o câmbio automático com conversor de torque e 6 marchas, além de controlador de velocidade de cruzeiro e rodas de aço de 15 polegadas.


SE Plus 1.5 automático (R$ 58 990)
Traz todos os itens do SE Plus 1.5, além do câmbio automático e do controlador de velocidade de cruzeiro.

FreeStyle 1.5 automático (R$ 67 990)
Vem com os itens do FreeStyle 1.5 manual, além do cruise-control e do câmbio automático.

Titanium 1.5 automático (R$ 68 990)
Além dos itens da versão SE Plus 1.5 automática, vem ainda com 6 airbags (frontais, laterais dianteiros e de cortina), controles de estabilidade e tração, alarme volumétrico, assistente de partida em ladeiras, bancos revestidos em couro, câmera de ré, chave presencial e partida do motor por botão, além de rodas de liga leve de 15 polegadas.


O Ka Sedan tem bem menos versões, mas manteve a opção SEL, que na linha 2019 só será vendida com câmbio manual.


SE 1.0 (R$ 49 490)
A versão inicial do Ka sedã vem de fábrica com ar-condicionado, direção elétrica, som MyConnection com comandos de voz, Bluetooth, entrada USB, vidros dianteiros elétricos e o My Ford Dock (com entrada USB para carregamento e auxiliar.

SE Plus 1.0 (R$ 51 990)
Traz itens como a central multimídia Sync 3 com tela touchscreen de 6,5 polegadas, espelhamento de tela de celulares compatíveis com Apple CarPlay e Android Auto, duas entradas USB, retrovisores elétricos, sensor de ré e vidros elétricos nas 4 portas.

SE 1.5 manual (R$ 55 490)
Fora o motor mais potente, traz os mesmos itens de série da versão SE 1.0.

SE Plus 1.5 manual (R$ 57 990)
Os itens de série são os mesmos da versão SE Plus 1.0.



SEL 1.5 manual (R$ 65 990)
É a alternativa para quem faz questão de uma boa gama de equipamentos mas abre mão do câmbio automático. Traz os itens do SE Plus 1.5 manual, mais 6 airbags, controles de estabilidade e tração, alarme volumétrico, assistente de partida em ladeiras, bancos revestidos parcialmente em couro, câmera de ré e rodas de liga leve de 15 polegadas. Em relação ao Titanium só fica devendo a chave presencial e a partida do motor por botão.


SE 1.5 automático (R$ 59 990)
Por 4500 reais a mais que o SE 1.5 manual, traz "piloto automático", rodas de aço com calotas de 15 polegadas e o câmbio automático de 6 marchas.

SE Plus 1.5 automático (R$ 62 490)
Mesmos itens do SE Plus 1.5 manual, mais controle de velocidade de cruzeiro e câmbio automático.


Titanium 1.5 automático (R$ 70 990)
Vendido somente com câmbio automático, o Ka Sedan mais completo vem com 6 airbags, controles de tração e estabilidade, alarme volumétrico, bancos revestidos em couro, assistente de partida em ladeiras, câmera de ré, partida por botão, chave presencial e rodas de liga leve de 15 polegadas.


Comentários