Ford lança EcoSport 1.5 Titanium, sem estepe atrás, por R$ 103 890


A Ford inicia em fevereiro a venda da linha 2020 do EcoSport. A principal novidade é a versão 1.5 Titanium, que passa a contar com pneus Run Flat, dispensando o estepe. Apresentado no último Salão do Automóvel, o EcoSport Titanium traz pneus Michelin ZP com laterais reforçadas, que podem percorrer até 80 quilômetros à velocidade de 80 km/h com pressão zero. Usando o kit de reparo que acompanha o veículo, essa distância é ampliada para 200 km, porém com o mesmo limite de velocidade. Assim, o Eco não traz macaco nem chave de roda.


Com a eliminação do estepe fixado à tampa traseira, o EcoSport Titanium ficou 5 quilos mais leve (chegando ao peso em ordem de marcha de 1310 kg) e 17,3 cm mais curto (o comprimento passa a ser de 4,096 metros). Tampa e para-choque traseiro foram redesenhados. “Durante o Salão do Automóvel em São Paulo, quando explicamos essa tecnologia para as pessoas, 72% disseram que comprariam o veículo devido à segurança que ele traz”, diz Adriana Carradori, gerente de produto da marca.


O time de engenharia da Ford desenvolveu uma nova calibração da direção elétrica e revisou os sistemas de suspensão e freios, bem como o isolamento acústico da cabine. O motor 2.0 da versão Titanium foi substituído pelo 1.5 Ti-VCT Flex de três cilindros, de 137 cavalos com etanol (o mesmo das versões mais básicas), e câmbio automático de seis marchas com aletas junto ao volante para trocas sequenciais. O EcoSport Titanium faz 6,8 km/l com etanol na cidade e 9,8 km/l com gasolina. Na estrada, o modelo chega a 8,2 km/l com etanol e a 11,6 km/l com gasolina.


Por R$ 103 890, esta versão manteve o pacote de equipamentos existente até então, composto por: teto solar elétrico, sete airbags (frontais, laterais, de cortina e para os joelhos do motorista), monitoramento de veículos em pontos cegos e tráfego cruzado, painel com parte superior macia ao toque, bancos de couro ecológico em bege, chave presencial e partida por botão, central multimídia SYNC 3 com tela sensível ao toque de 8 polegadas com som Sony de 9 alto-falantes, banco do motorista com ajuste lombar, faróis de xenônio com luzes diurnas de LED, acendimento automático dos faróis, sensor de chuva, espelho retrovisor eletrocrômico e rodas de liga leve de 17 polegadas.


A linha EcoSport 2020 inicia com a versão SE, com motor 1.5, controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistente de partida em ladeira, sistema anticapotamento com sensor de deriva, rodas de liga leve de 15 polegadas e central multimídia SYNC "2.5" com tela sensível ao toque de 7 polegadas. Seu preço é de R$ 78 990 com câmbio manual e R$ 84 990 com transmissão automática.


O modelo FreeStyle, com motor 1.5 e estilo externo diferenciado, acrescenta ar-condicionado automático digital, câmera traseira e sensor de ré, bancos que mesclam couro "ecológico" e tecido, além de rodas de liga leve de 16 polegadas, por R$ 85 890 na versão manual e R$ 91 890 na automática.


O EcoSport Storm é o único da nova linha equipado com motor 2.0, de 176 cavalos, e tração 4WD de acionamento eletrônico. Vem com capa de estepe rígida personalizada, câmbio automático, teto solar elétrico e outros equipamentos da versão Titanium, por R$ 108 390.


As três revisões anuais do EcoSport Titanium, cobrindo o período de 3 anos de garantia, saem por R$ 1837 pelo esquema de preço fixo da Ford. Como promoção de lançamento, válida por 3 meses, clientes que financiarem o carro pela Ford Credit podem contratar o seguro da Mapfre por 2,01% do valor do veículo.


Comentários