Os detalhes da Nissan Frontier XE 4x4, a versão "quase" topo-de-linha


A linha 2019 da picape Nissan Frontier, agora fabricada na Argentina, ganhou versões para atender melhor às necessidades dos consumidores e rivalizar de forma mais direta com as outras representantes deste segmento. A marca vislumbrou a possibilidade de criar a opção XE para quem não faz questão de todos os itens da versão LE ou prefere fazer uma economia significativa na hora da compra, já que a "distância" entre as versões XE e LE é de 20.410 reais.


Por fora, a Frontier XE parece bastante com a LE mexicana, exceto pela ausência dos racks de teto (existentes na versão LE argentina) e pela pintura da grade superior, agora no tom bronze. A picape conta com faróis de LED, inclusive nas luzes de posição, bem como estribos laterais, detalhes cromados (grade, capas dos retrovisores, maçanetas, para-choque traseiro, filete na base das janelas laterais) e rodas de 16 polegadas com pneus 255/70 All Terrain, no lugar das rodas de 18 polegadas e pneus 255/60 All Season da LE 2019.


Internamente, a Frontier XE se parece muito com a versão top LE. Os equipamentos que não estão disponíveis são: câmeras de visão em 360 graus, teto solar elétrico e os airbags e de cortina. No mais, a versão XE manteve todos os outros equipamentos. No quadro de instrumentos, uma tela colorida de 5 polegadas exibe as informações do computador de bordo - as mesmas já existentes, além de velocidade instantânea, temperatura externa e bússola.


O volante revestido de couro é ajustável em altura e conta com comandos de computador de bordo e controle do volume no lado esquerdo, além dos botões de controlador automático de velocidade e para chamadas de telefone no canto direito. 


O sistema multimídia I-AVI com tela sensível ao toque de 8 polegadas traz a mais, em relação à versão Attack, a funcionalidade do GPS nativo com pontos de interesse e dispensa a necessidade de conectar seu celular a um cabo e usar o aplicativo de mapas através do Android Auto ou Apple CarPlay. Há ainda a funcionalidade Door-to-Door, que após marcar um destino no celular, faz o trajeto ser mostrado também no GPS do carro. 


Apesar de não haver as câmeras na grade frontal e abaixo dos retrovisores, foi mantida a câmera traseira com linhas de guia, que é complementada pelo alerta do sensor de estacionamento traseiro, inexistente na versão Attack. Há ainda duas entradas USB (uma exclusiva para carregamento dentro do porta-objetos no apoio de braço dianteiro), uma auxiliar, além de Bluetooth e tomada 12 Volts no console.


O ar-condicionado automático digital de duas zonas conta com ajuste de meio em meio grau Celsius, bem como saídas traseiras. No console, o espaço que abrigava os botões de aquecimento dos bancos na versão mexicana foi eliminado e virou um espaço sob medida para acomodar a chave, que é presencial (faz a picape ligar ao toque de um botão, uma vez que esteja detectada na cabine).


A Frontier XE também traz a mais, em relação à versão Attack, equipamentos como banco do motorista com ajustes elétricos (inclusive lombar), som com 6 alto-falantes (4 falantes + 2 tweeters - a Attack não traz alto-falantes atrás), revestimentos de couro nos bancos e painéis das portas, retrovisores externos com ajuste e rebatimento elétrico por botão ou ao travar o veículo, bem como luzes de seta de LED incorporadas.


O motor 2.3 16 válvulas Biturbo Diesel rende 190 cavalos a 3750 rpm e torque de 45,9 kgfm entre 1500 e 2500 rpm. Aliado a ele está o câmbio automático sequencial com conversor de torque e 7 marchas, que possui um trilho à esquerda da posição Drive para trocas pelo motorista. Houve aprimoramentos na direção hidráulica, para torná-la mais suave em manobras (seu diâmetro de giro é de cerca de 12 metros). Esta versão dispõe de seletor giratório de tração (traseira, 4x4 high e 4x4 com reduzida) que pode ser acionado a até 100 km/h.

Conforme dados de fábrica, esta versão da Frontier faz 9,2 km/l de diesel na cidade e 10,5 km/l na estrada. Seu tanque de combustível possui a capacidade de 80 litros.



A Frontier XE 4x4 custa R$ 172.880. Seu preço a posiciona como rival da Chevrolet S10 Midnight (R$ 172.890) e Ford Ranger XLT 3.2 (R$ 173.990). A picape da Nissan é a única do grupo a trazer faróis de LED com acendimento automático, chave presencial e partida por botão. Mas S10 e Ranger contra-atacam com motores de 200 cavalos, rodas de 18 polegadas e assistência elétrica da direção. E para o consumidor, resta definir quais são suas prioridades na hora de adquirir uma pick-up.


Comentários