Finalmente: as primeiras imagens do SUV da Fiat revelado na final do BBB 21


A Fiat não esperou a final do BBB 21 (que ocorre na noite desta terça-feira, 04 de maio) e revelou as primeiras imagens de seu novo SUV compacto, concebido sobre a plataforma veicular MLA. Segundo a marca, os internautas poderão ajudar na escolha do nome de seu SUV por meio de enquete em seu hotsite (https://suv.fiat.com.br/). São três opções: Tuo, Domo e Pulse. Os brothers Camilla de Lucas, Fiuk e Juliette Freire escolheram, por unanimidade, o nome Pulse.

O SUV da Fiat terá opções de pinturas em dois tons: uma cor predominante para a carroceria e outra contrastante para teto, colunas externas, capas dos retrovisores e aerofólio traseiro. Analisando detidamente o formato de para-brisa, janelas laterais, vincos do teto, barras de teto, antena e portas, fica evidente o parentesco que o 363 possui com o Argo. 


Frente e traseira, no entanto, são totalmente novos. No 363, o capô é menor e com vincos mais fortes que o do Argo. A parte frontal possui um amplo friso cromado fixado à parte superior da grade frontal e dos faróis, com iluminação Full LED. A grade frontal possui três barras frontais, como na Fiat Strada, além de contar com o atual símbolo da Fiat (em maior tamanho) e o detalhe da "Fiat Flag" com as cores da Itália. O para-choque dianteiro possui sensores, molduras elevadas para as luzes auxiliares e parte inferior central prateada. 


Lateralmente, se destacam as rodas de 17 polegadas com cinco raios vazados serão calçadas por pneus Pirelli 205/50. As molduras nas caixas de roda são significativamente mais robustas que no Argo Trekking, inclusive na parte inferior das portas. Já os retrovisores possuem formato inédito e são mais retilíneos em comparação com os espelhos do Argo.


A traseira possui lanternas com LEDs que se infiltram para a tampa do porta-malas, mas no 363 essas peças ficam bem mais delgadas à medida que avançam para a área reservada para a placa do veículo, que também acomoda a câmera de ré. O para-choque possui refletores, sensores de estacionamento, detalhe central prateado e duas molduras cromadas que lembram saídas de escapamento.


Feito em Betim (MG), o novo SUV da Fiat será o primeiro carro da Fiat no Brasil a ter o motor 1.0 GSE Turbo "T3", com injeção direta de combustível, bloco de alumínio e comando de válvulas variável (MultiAir III). Outra novidade aguardada é o câmbio automático continuamente variável (CVT). O rendimento do propulsor Turbo, no entanto, ainda é um mistério. Porém, o novo motor não estará em todas as versões do 363: haverá ao menos uma versão do modelo com o motor 1.3 Firefly de 101/109 cavalos que já equipa versões do Argo e da Strada.


Com a proposta de democratizar o acesso ao público de equipamentos de assistência à condução e tecnologia, o novo modelo terá a plataforma Fiat Connect Me, com internet Wi-Fi 4G a bordo do veículo, o que permite implementar uma série de funcionalidades de segurança e comodidade. É o caso das operações do veículo via aplicativo instalado no smartphone e até por smartwatch. Pelo celular, será possível acompanhar as informações de manutenção do veículo, travar/destravar as portas, acionar buzina e luzes, ligar o veículo à distância e receber alertas de condução, caso haja violação da velocidade máxima estabelecida ou do perímetro de rodagem com o carro. Também haverá o recurso de chamada de emergência, em caso de pane ou acidente, bem como recursos de segurança e proteção, úteis na recuperação veicular em caso de roubo ou furto. Também merecem destaque os sistemas semi-autônomos para a detecção de obstáculos à frente: o pacote deverá incluir o alerta de colisão frontal em conjunto com o recurso da frenagem automática de emergência.


Comentários