Fiat Uno 2018 ganha versão Drive e monitoramento da pressão dos pneus


Ele ganhou uma boa repaginada na linha 2017 (confira tudo em nossa avaliação com a versão Sporting) - e agora, o Fiat Uno estreia o ano-modelo 2018 com novidades. A versão Attractive passa a se chamar Drive, como na gama do subcompacto Mobi, sempre com motor 1.0 e câmbio manual de 5 marchas. De modo análogo ao irmão menor, o câmbio automatizado, que era batizado Dualogic, passa a se chamar GSR-Comfort. Diferentemente do Mobi, esta transmissão monoembreagem só está disponível nas versões com motor 1.3 Firefly (Way e Sporting).


Mas a principal novidade, presente em todas as versões, é o ITPMS (Indirect tyre pressure monitoring system – monitoramento da pressão dos pneus), que detecta quando há uma pressão inadequada em um ou mais pneus, fazendo o alerta na tela do computador de bordo. A calibragem correta evita acidentes causados por perda de pressão nos pneus, reduz a possibilidade de desgaste prematuro dos pneus e ainda ajuda a economizar combustível. (A bem de verdade, o manual do proprietário do Uno já avisava que em algumas versões o monitoramento da pressão dos pneus estaria disponível em algumas versões e inclusive as situações em que seu funcionamento seria desativado, mas só agora ele está corretamente habilitado).


O Fiat Uno 2018 terá à disposição mais de 160 itens da linha de acessórios Mopar, como central multimídia com tela touchscreen de 6,2 polegadas, alarme, kit parafusos anti roubo, retrovisor interno com câmera de ré, e mais. A Mopar Vehicle Protection oferece, além da assistência 24 horas, a possibilidade de contratação de uma extensão de garantia e plano de revisão, podendo adicionar às parcelas no financiamento do carro.

Tabela de preços


Drive 1.0 – R$ 42 980
Itens de série: ar condicionado, direção elétrica com botão City para mais leveza, sinalização de frenagem de emergência, faróis de neblina, função Lane Change na chave de seta (um leve toque ativa 5 piscadas para o lado indicado), computador de bordo, vidros elétricos dianteiros com função um-toque e recurso anti-esmagamento, travas elétricas com acionamento automático a 20 km/h, iluminação do quadro de instrumentos associada à chave, conta-giros e display LCD com computador de bordo com distâncias A e B, além do volante multifuncional para comando das funções do computador de bordo.


Way 1.0 – R$ 44 150
Itens do Drive + barras longitudinais de teto, detalhes internos na cor grafite, faróis com máscara negra, suspensão elevada, molduras das caixas de roda de plástico, frisos laterais com inscrição Way, lanternas com acabamento fumê e retrovisores externos com luzes de seta.


Way 1.3 – R$ 49 120
Itens do Way 1.0 + Start&Stop (desligamento automático do motor em partidas, religando assim que se pisa na embreagem), chave do tipo canivete com botões de abertura e fechamento das portas (que também acionam os vidros ao pressionar longamente), rádio RDS com entradas auxiliar, USB e MP3/WMA Player.


Way 1.3 GSR – R$ 53 630
Itens do Way 1.3 manual + Hill Holder (assistente de partida em ladeiras), câmbio com acionamento por botões e paddle shifts, ESC (controle de estabilidade), TC (controle de tração) e ASR (sistema anti-patinação).


Sporting 1.3 – R$ 51 080
Itens do Way 1.3 + suspensão com acerto esportivo, spoiler traseiro na cor preto brilhante, rodas de liga leve de 15 polegadas, ponteira de escapamento dupla central cromada, grade dianteira na cor preto brilhante, para-choque dianteiro com detalhes vermelhos, capas dos retrovisores em preto brilhante, adesivos laterais com inscrição Sporting e detalhes do interior (maçanetas, quadro de instrumentos e aplique do volante) na cor Vermelho Royal.


Sporting 1.3 GSR – R$ 55 580
Itens do Sporting manual + câmbio GSR controlado por botões no console central, paddle shift e os sistemas eletrônicos: ESC, TC, ASR e Hill Holder.

Comentários