CAOA Chery Tiggo 7 Pro: nova geração do SUV médio chega por R$ 179.990


Já no apagar das luzes de 2021, a CAOA Chery apresenta o Tiggo 7 Pro, nova geração do SUV médio que estreia no Brasil com visual reformulado, maiores dimensões, novos equipamentos e conjunto mecânico que atende aos novos limites de emissões do Proconve L7. Produzido em Anápolis (GO), o Tiggo 7 Pro já é vendido nas concessionárias da marca de todo o País pelo valor de lançamento de R$ 179.990.

O Tiggo 7 Pro passa a ter o motor 1.6 Turbo GDI, agora movido somente a gasolina, com injeção direta de combustível, quatro cilindros, duplo comando de válvulas com duplo variador de fase (DVVT) tanto na admissão, quanto no escape, além de ser equipado com intercooler. Ele atua em conjunto com o câmbio automatizado de dupla embreagem banhada a óleo e 7 marchas, com alavanca ao estilo joystick e opção de trocas sequenciais.


O conjunto mecânico foi calibrado e desenvolvido pela engenharia brasileira da CAOA Chery que, por cerca de doze meses, trabalhou neste projeto, priorizando a performance, o que fez o modelo ter mais potência e torque. Agora, são 187 cavalos e 28 kgfm de torque na faixa de 2000 a 4000 rpm. Para efeito de comparação, o 1.5 Turbo Flex do modelo anterior, sem injeção direta de combustível, rendia 147/150 cavalos (com gasolina e etanol, respectivamente) e 21,4 kgfm a 4000 rpm com ambos os combustíveis. O Tiggo 7 Pro passa a acelerar de 0 a 100 km/h em 8,09 segundos.


O novo SUV da CAOA Chery foi desenvolvido sobre a plataforma modular T1X, baseada em um compartilhamento de tecnologia com o grupo Jaguar-Land Rover, e conta com ângulo de entrada de 21 graus e ângulo de saída de 27 graus. O conjunto de suspensão do Tiggo 7 Pro foi desenvolvido levando-se em consideração as condições das pistas brasileiras. O modelo rodou em diversas regiões do País, inclusive no Piauí. A nova geração conta com redução de até 4% no nível de ruído interno em relação ao modelo anterior.


Também visando melhoras em termos de segurança, a estrutura do Tiggo 7 PRO foi renovada e passa a contar com mais de 60% de aços de alta resistência. O controle eletrônico de estabilidade foi atualizado e o modelo conta com seis airbags (frontais, laterais e de cortina) de série. Os freios são a disco nas quatro rodas e atuam em conjunto com os sistemas ABS (antitravamento), EBD (distribuição eletrônica de frenagem), EBA (que habilita automaticamente o limite de desaceleração durante a frenagem de emergência) BOS (desacelera o veículo quando os pedais do acelerador e freio são pressionados ao mesmo tempo), BAS (assistência à frenagem, que maximiza a atuação do ABS) e ESS, que liga automaticamente o pisca-alerta para sinalizar aos motoristas que vêm atrás que está ocorrendo uma frenagem brusca. A novidade da CAOA Chery traz ainda freio de estacionamento eletrônico com Auto Hold (que permite ao motorista tirar o pé do freio em paradas, mesmo com o câmbio em Drive), controlador eletrônico de velocidade em descidas e assistente de saída em aclives.


Os itens de assistência à direção incluem alerta de trafego cruzado traseiro, alarme de colisão traseira, advertência de abertura de portas (quando houver risco de colisão ao abrir uma das portas caso haja veículos próximos), detector de veículos em pontos cegos e faróis de neblina dianteiros em LED com função de assistência em curvas, que melhora a visibilidade em manobras em até 40 km/h.


O novo visual, traçado no estúdio de design da Chery em Frankfurt, na Alemanha, conta com linhas mais marcantes e algumas soluções de estilo assemelhadas às do seu irmão maior, o Tiggo 8. A grade frontal traz elementos tridimensionais e se unem com os faróis Full LED, com luzes diurnas também em LED. 


Na lateral, três linhas bem demarcadas combinam as impressões de que há elementos dinâmicos e estáticos, e o SUV também possui rodas de liga leve de 18", de desenho exclusivo também foram pensadas especialmente para compor o design como um elemento requintado. Já na traseira, as lanternas se prolongam pela tampa do porta-malas e há duas saídas de escapamento adornando o para-choque.


O interior conta com luzes ambiente em LED com sete opções de cores. O console central elevado, inspirado no do Tiggo 8 está mais integrado ao painel do SUV, que passa a trazer comandos sensíveis ao toque do ar-condicionado de duas zonas com saídas de ar traseiras.


Os bancos são revestidos em couro sintético e possuem encosto de cabeça para todos os cinco ocupantes. O banco do motorista é ajustável eletricamente em seis posições (inclusive lombar) e o assento do passageiro é ajustável eletricamente em quatro direções. O mesmo material reveste o aro do volante, com ajustes manuais de profundidade e altura.


Com 4,50 metros de comprimento, 1,84 m de largura sem retrovisores, 1,705 metro de altura e distância entre-eixos de 2,67 metros, o Tiggo 7 Pro encolheu 5 milímetros em comprimento e manteve o entre-eixos em comparação com a geração anterior, mas cresceu 3,5 centímetros em altura e 5 mm no comprimento. O porta-malas passou de 414 para 475 litros. Além disso, o modelo traz abertura e fechamento da tampa motorizados, com sensor de presença, sistema anti-esmagamento e regulagem de altura de acordo com a preferência do condutor.


O SUV também dispõe de teto solar panorâmico com área de 1,13 m² e abertura basculante da parte frontal, chave com comando para partida remota do motor, carregador de celular sem fio de 15 Watts, alerta em caso de esquecimento de objetos dentro do veículo, chave presencial, partida do motor por botão, além de retrovisores externos com ajustes elétricos, rebatimento automático e desembaçadores.


O Tiggo 7 Pro traz tela do sistema multimídia com 10,25 polegadas, quadro de instrumentos digital com tela de 12,3 polegadas e câmeras de visão em 360 graus em torno do veículo, que trabalham em conjunto com os sensores de estacionamento e exibem na tela do sistema multimídia guias estáticas e dinâmicas durante as manobras.


O Tiggo 7 PRO estreia a cor Midnight Blue (metalizada) no portfólio da CAOA Chery no Brasil. Ele também será comercializado nos tons Branco Perolizado, Preto Metálico, Prata Metálico e Cinza Metálico. A garantia é de três anos para o veículo e de cinco anos para motor e câmbio.





Comentários